BIA HADDAD MAIA

 

Bia Haddad Maia ajusta calendário e joga torneios maiores
Depois de Wimbledon, tenista número 1 do Brasil volta ao circuito no WTA de San Jose, no final deste mês

 

São Paulo – Os bons resultados nas últimas duas semanas fizeram a tenista Beatriz Haddad Maia (Eurofarma/ SantoDigital/ Generali/ Booking.com/ BV/ Joma/ Head/ Solinco/ CBT/ IMG) alterar seu calendário, incluindo torneios de maior pontuação até o US Open.
No ranking da próxima segunda-feira, Bia voltará a figurar no top 100, provavelmente ocupando a 95a posição, o que lhe possibilitará entrar direto na chave de torneios maiores.
A tenista número 1 do Brasil e atual 121o do mundo passou o qualifying e chegou à segunda rodada da chave principal de Wimbledon.
Bia retornou ao Brasil para alguns dias de folga e iniciará sua preparação para os próximos torneios. Ela voltará ao circuito no WTA Premier de San Jose (29 de julho) e depois disputará o WTA Premier 5 de Toronto (5 de agosto), o WTA Premier de Cincinnati (12 de agosto) e o US Open (26 de agosto).

 

 

"Saio de cabeça erguida", afirma Bia Haddad Maia
Tenista número 1 do Brasil foi superada, na segunda rodada de Wimbledon, pela britânica Harriet Dart

 

Londres (Inglaterra) – A tenista Beatriz Haddad Maia (Eurofarma/ SantoDigital/ Generali/ Booking.com/ BV/ Joma/ Head/ Solinco/ CBT/ IMG) foi superada, nesta quinta-feira, pela britânica Harriet Dart, por 7/6(4) 3/6 6/1, após 2h24min de partida válida pela segunda rodada de Wimbledon.
 
A tenista número 1 do Brasil deixa a chave de Wimbledon com bons motivos para comemorar. Além de furar o qualifying, Bia conquistou uma vitória incrível na estreia sobre a espanhola Garbiñe Muguruza, ex-número 1 do mundo, e na próxima segunda-feira voltará a figurar no top 100, provavelmente na 95a colocação.
 
“Foi uma semana muito positiva, saio de cabeça erguida”, admitiu Bia. “Já conversei bastante com a minha equipe e temos muito a comemorar. Viemos pra jogar o quali e acabei tendo duas boas semanas em quadra de grama (Ilkley e Wimbledon). Sem expectativa nenhuma de resultado, vindo do qualifying, de jogos que estava set e break abaixos, três jogos de virada. Fico feliz por isso, por conseguir estar melhorando, seguindo com os meu objetivos na quadra e agora focada para os próximos torneios”, completou a brasileira.
 
“Também estou muito contente porquê há um ano atrás eu estava na chave aqui e não pude competir (por causa da cirurgia nas costas) e depois de um ano estou de volta, consegui passar o quali, jogar contra grandes jogadoras de alto de nível de igual para igual. Não é fácil, foi um feito muito legal, minha equipe e eu estamos muito felizes. Entramos novamente no top 100, tem muita coisa boa vindo e estou animada para o resto do ano”, afirmou Bia.
 
Contra Dart, Bia não conseguiu repetir o mesmo nível que vinha jogando. “Hoje foi um jogo duro, a menina jogou muito bem. Foi mérito dela, ela foi agressiva, muito sólida, eu um pouquinho menos do que eu vinha jogando de agressividade. Acaba que, nesses torneios na grama e em torneios grandes, cada erro e cada bola que você acaba deixando ou a menina vem pra cima, depois é muito difícil voltar o break, mas parabenizo ela e a equipe pela vitória”, analisou a tenista número 1.
 
O próximo torneio de Bia será o WTA 125K de Bastad, na próxima semana.

 

 

 

Bia Haddad Maia elimina Muguruza e avança em Wimbledon
Tenista número 1 do Brasil conquistou uma de suas maiores vitórias na carreira, vencendo a ex-número 1 do mundo

 

Londres (Inglaterra) – A tenista Beatriz Haddad Maia (Eurofarma/ SantoDigital/ Generali/ Booking.com/ BV/ Joma/ Head/ Solinco/ CBT/ IMG) conquistou, nesta terça-feira, uma de suas maiores vitórias na carreira ao eliminar espanhola Garbiñe Muguruza, ex-número 1 do mundo e atual 27, na estreia de Wimbledon, em 1h29min de partida, por 6x4 6x4. Muguruza também foi campeã de Wimbedon em 2014 e vice em 2015.
 
Foi a terceira maior vitória de Bia até aqui na carreira. Antes, ela havia derrotado em Acapulco, este ano, a norte-americana Sloane Stephens, então número 4 do mundo, e a australiana Samantha Stosur, que era 19a colocada, em Praga, em 2017.
 
“Foi um jogo duro, contra uma jogadora que eu já havia perdido antes e em outras condições. Minha tática hoje era jogar solta. Os dois primeiros games, ela começou com uma intensidade muito boa e eu ainda estava com um pouco de frio na barriga. Eu sabia que estava jogando contra uma menina muito boa e que qualquer bola ia contar muito durante a partida. Fiquei muito contente com o meu desempenho no jogo. Principalmente, nos momentos importantes da partida, usei muito meu saque e joguei confiante”, explicou Bia, que havia perdido de Muguruza em Cincinnati, em 2017.
 
“Pra mim foi uma conquista pessoal, eu já vinha jogando contra essas grandes jogadoras já fazia um tempo e hoje consegui passar por cima, controlar as minhas emoções”, comemorou a tenista número 1 do Brasil e 121o do mundo. “Eu buscava energia do meu boxe no jogo. Obviamente, eu escutava muito mais gente apoiando ela.
 
Eu a respeito muito, já a vi ganhar muitos torneios, mas eu não tinha nada a perder, estava jogando bem, passei um quali duro e estou muito feliz com o tênis que venho jogando. Vou seguir confiando em mim, independente da adversária. Meu próximo objetivo é minha próxima partida e ver o que acontece daqui pra frente”, acrescentou Bia.
 
Bia repete seu resultado de 2017 na chave de Wimbledon e buscará uma vaga inédita na terceira fase contra a britânica Harriet Dart que derrotou a norte-americana Christina McHale, em 2 sets a 1.

 

 

Bia Haddad Maia fura quali de Wimbledon e disputa pela segunda vez o Grand Slam
Nesta quinta, a tenista número 1 do Brasil venceu a sérvia Olga Danilovic em 2 sets a 0 e se garantiu na chave principal de Wimbledon

 

Londres (Inglaterra) – A tenista Beatriz Haddad Maia (Eurofarma/ SantoDigital/ Generali/ Booking.com/ BV/ Joma/ Head/ Solinco/ CBT/ IMG) vai disputar pela segunda vez na carreira a chave principal de Wimbledon.
Nesta quinta-feira, Bia bateu a sérvia Olga Danilovic em dois 2 sets a 0, duplo 6/4, em 1h25min, pela terceira e última rodada do qualifying.
“Foi o quali do controle emocional. Três jogos duríssimos, as meninas sacando muito bem... Comecei abaixo em todos os jogos e o principal foi a minha mente. Estive firme em todos os momentos, ponto a ponto, independente de quanto estava o jogo”, afirmou a tenista número 1 do Brasil e 121 do mundo.
“Estou muito contente de estar de volta à chave de Wimbledon, depois de ter tido que me retirar no ano passado por conta de uma cirurgia. Estou muito orgulhosa e feliz de tudo que eu e minha equipe estamos passando”, completou Bia.
A primeira participação da brasileira em Wimbledon foi em 2017, quando ela também conquistou sua primeira vitória em Grand Slam – contra a britânica Laura Robson.

 

 

Bia Haddad Maia vence mais uma no quali e está a uma vitória da chave de Wimbledon
Tenista número 1 do Brasil bateu a alemã Anna Zaja, em 2 sets a 1, e encara a sérvia Olga Danilovic na última rodada do quali, nesta quinta

 

Londres (Inglaterra) – A tenista Beatriz Haddad Maia (Eurofarma/ SantoDigital/ Generali/ Booking.com/ BV/ Joma/ Head/ Solinco/ CBT/ IMG) avançou à terceira e última rodada do qualifying de Wimbledon.
Nesta quarta-feira, Bia, cabeça de chave 17, derrotou de virada a alemã Anna Zaja, número 201 do mundo, em 2 sets a 1, por 3/6 6/4 6/2, após 2h12min de partida.
“Hoje joguei um pouco abaixo do que vinha jogando e não estava encontrando nenhuma chance de devolver o saque dela. Mas me mantive firme de cabeça e consegui reverter. Jogar na grama muda muito”, analisou Bia.
Em busca de uma vaga na chave principal do Grand Slam, a tenista número 1 do Brasil e 121o do mundo terá pela frente, nesta quinta-feira, não antes das 9h (horário de Brasília), a jovem canhota sérvia Olga Danilovic, de 18 anos e 119o , que na segunda rodada passou pela francesa Amandine Hesse, por 7/6(2) 6/7(4) 6/2.
“Nunca jogamos, mas já treinamos algumas vezes. Ela (Danilovic) pega bem forte, saca bem, dá bastante tiro mas, ao mesmo tempo, ela dá muito ponto de graça. Virei dois jogos duros, em que saí abaixo, o principal tem sido o meu mental essa semana e confiar em mim”, afirmou Bia.

 

 

Bia Haddad Maia vence de virada na estreia do quali de Wimbledon
Tenista número 1 do Brasil derrotou a argentina Paula Ormaechea. Na próxima rodada, nesta quarta, Bia encara a alemã Anna Zaja

 

Londres (Inglaterra) – A tenista Beatriz Haddad Maia (Eurofarma/ SantoDigital/ Generali/ Booking.com/ BV/ Joma/ Head/ Solinco/ CBT/ IMG) estreou com vitória, nesta terça-feira, no qualifying de Wimbledon.
Cabeça de chave 17, a tenista número 1 do Brasil e 121o do mundo saiu em desvantagem no primeiro set contra a argentina Paula Ormaechea, mas reagiu e virou a partida, vencendo por 6/7(4) 6/4 6/2, em 2h23min de partida.
 
“Foi um jogo duro durante todo o tempo”, desabafou Bia. “Poucas chances para cada uma e a vitória poderia ter ido para qualquer lado. Hoje foi para o meu lado. Estou feliz com a vitória e por jogar a segunda rodada”, completou a brasileira.
 
Na próxima rodada, nesta quarta-feira, por volta das 10h (horário de Brasília), Bia encara a alemã Anna Zaja, número 201 do mundo, que venceu na estreia a francesa Myrtille Georges, em 2 sets a 1, parciais de 7/6(5) 6/7(3) 6/3.
 
“Mais um jogo difícil amanhã. Ela (Zaja) saca muito bem e é muito sólida. O jeito é me manter firme de cabeça no jogo, desde o início, e positiva”, afirmou Bia, que enfrentou a alemã uma única vez no circuito, no quali de Stuttgart e perdeu.
Bia precisa de mais duas vitórias para ingressar na chave principal de Wimbledon.

 

 

Bia Haddad Maia estreia contra argentina no quali de Wimbledon nesta terça
Tenista número 1 do Brasil precisa de três vitórias para ingressar na chave principal do terceiro Grand Slam da temporada. Bia joga primeira rodada contra Paula Ormaechea

 

Londres (Inglaterra) – A tenista Beatriz Haddad Maia (Eurofarma/ SantoDigital/ Generali/ Booking.com/ BV/ Joma/ Head/ Solinco/ CBT/ IMG) conheceu, nesta segunda-feira, sua primeira adversária no qualifying de Wimbledon.
 
Designada como cabeça de chave 17 do qualificatório, Bia precisa de três vitórias para ingressar na chave principal do terceiro Grand Slam da temporada e faz sua estreia, por volta das 8h30 (horário de Brasília) desta terça-feira, diante da argentina Paula Ormaechea, número 183 do mundo.
Esse será o segundo duelo entre as duas. O primeiro aconteceu em 2014, no WTA de Florianópolis, vencido pela argentina.
 
“Jogo de estreia é sempre duro, principalmente em Grand Slam. Vou entrar em quadra tentando manter o que venho fazendo nos últimos dias, focada no meu saque e na primeira bola”, observou a tenista número 1 do Brasil e 121o do mundo.
 
Bia vem de uma ótima campanha na semana passada, na grama do ITF US$ 100 mil de Ilkley. Após chegar às quartas de final na chave de simples, ela foi campeã de duplas, ao lado da também brasileira Luisa Stefani.
 
A brasileira busca sua segunda participação na chave de Wimbledon. Em 2017, Bia conquistou no All England Club sua primeira vitória em Grand Slam da carreira.

 

 

Bia Haddad Maia conquista título de duplas na grama de Ilkley
Ao lado de Luisa Stefani, Bia venceu na final as australianas Ellen Perez e Arina Rodionova, cabeças de chave 3

 

Ilkley (Inglaterra) – A tenista Beatriz Haddad Maia (Eurofarma/ SantoDigital/ Generali/ Booking.com/ BV/ Joma/ Head/ Solinco/ CBT/ IMG) conquistou, neste sábado, o título de duplas do ITF US$ 100 mil de Ilkley.
 
Na decisão, em jogo bastante equilibrado, Bia e a paulistana Luisa Stefani derrotaram as australianas Ellen Perez e Arina Rodionova, cabeças de chave 3, por 6/4 6/7(5) 10-4.
 
“Batemos na trave em Cagnes-Sur-Mer (foram vice-campeãs), mas agora o título veio. Hoje mantivemos a nossa concentração e tudo deu certo”, comentou Bia.
 
“Estou muito feliz, principalmente pela Lu (Luisa Stefani), em poder fazer parte dessa conquista dela, o primeiro título em um torneio de US$ 100 mil. Ela merece muito, é uma menina especial, que vem fazendo bons jogos e tenho certeza que virão muitas outras boas semanas jogando juntas”, afirmou Bia.
 
Na chave de simples em Ilkley, a tenista número 1 do Brasil alcançou as quartas de final e agora segue para o qualifying de Wimbledon, na próxima semana.

 

 

Bia Haddad Maia decide título de duplas em Ilkley
Ao lado de Luisa Stefani, Bia faz segunda final no ano. Em simples, tenista número 1 do Brasil parou nas quartas de final

 

Ilkley (Inglaterra) – A tenista Beatriz Haddad Maia (Eurofarma/ SantoDigital/ Generali/ Booking.com/ BV/ Joma/ Head/ Solinco/ CBT/ IMG), ao lado de Luisa Stefani, decide neste sábado, às 11h (horário de Brasília), o título de duplas do ITF US$ 100 de Ilkley, preparatório para Wimbledon, contra as australianas Ellen Perez e Arina Rodionova, cabeças de chave 3.
 
Nas semifinais, nesta sexta-feira, a parceria nacional derrotou a russa Anna Blinkova e a chinesa Shuai Peng, cabeça de chave 4, por 7/6(4) 6/3. 
 
“Jogamos muito bem as duplas, tendo break acima, perdendo saque, break acima, perdendo saque três vezes. Conseguimos reverter, vencer o primeiro set e sair com a vitória”, explicou Bia.
 
“Primeira final nossa na grama. Estamos pegando cada vez mais intimidade, nos conhecendo melhor, tentando nos comunicar da melhor forma na quadra. Me sinto muito confortável jogando com ela”, completou Bia. Essa é a segunda final delas juntas. No mês passado, Bia e Luisa ficaram com o vice do ITF de Cagnes-Sur-Mer.
 
Na chave de simples, Bia parou nas quartas de final ao ser superada, nos detalhes, pela húngara Timea Babos, número 139 do mundo, por 7/6(9) 4/6 6/4, em 2h28min de partida.

“Foi uma partida muito dura, equilibrada, estava para qualquer lado, as duas jogando muito bem, foi uma partida decidida totalmente nos detalhes. Na grama, em cada ponto, tudo pode acontecer. Foi um jogo muito lindo”, afirmou Bia, que agora joga o qualifying de Wimbledon.

 

HOME

 

Bia Haddad Maia avança à quartas de simples e às semifinais de duplas em Ilkley
Tenista número 1 do Brasil surpreendeu a cabeça de chave 1, a eslovaca Magdalena Rybarikova, na chave de simples. Nas duplas, Bia e Luisa Stefani venceram por wo nas quartas e estão nas semifinais.

 

Ilkley (Inglaterra) – Quinta-feira de 100% de aproveitamento da tenista Beatriz Haddad Maia (Eurofarma/ SantoDigital/ Generali/ Booking.com/ BV/ Joma/ Head/ Solinco/ CBT/ IMG) no ITF US$ 100 de Ilkley, preparatório para Wimbledon.
A tenista número 1 do Brasil e 125o do mundo avançou às quartas de final na chave de simples do ITF US$ 100 mil de Ilkley, ao surpreender a eslovaca Magdalena Rybarikova, cabeça de chave 1 e número 81 do mundo, por duplo 7/5, em 1h46min partida.
“Muito satisfeita com os meus resultados em simples. Hoje foi um jogo duríssimo, a menina já fez semifinal de Wimbledon e consegui impor meu jogo, ir pra rede, pra cima, muitas opções, slice, drop, usei tudo e na grama isso ajuda muito”, afirmou Bia.
Pelas quartas de final, nesta sexta-feira, Bia terá pela frente a húngara Timea Babos, número 139 do mundo. O confronto é inédito.
Nas duplas, depois de venceram na estreia a dupla formada pelas convidadas locais Maia Lumdsen e Naiktha Bains.por 6/3 2/6 10-7, Bia e Luisa Stefani nem precisaram jogar nas quartas de final. Venceram por wo a dupla formada pelas romenas Irina-Camelia Begu e Monica Niculescu, cabeças de chave 1.
“Ganhamos de wo. Mais uma vez jogando com a Lu (Luisa Stefani). Estamos gostando cada vez mais de jogarmos juntas, uma experiência muito boa, ela é uma menina que me passa muita confiança, nosso jogo combina muito. Claro que primeira vez na grama é sempre difícil, as condições são diferentes das que estamos acostumadas, mas estamos felizes”, disse Bia.
Nas semifinais, também nesta sexta, Bia e Luisa enfrentam a russa Anna Blinkova e e a chinesa Shuai Peng, cabeça de chave 4.

 

 

Bia Haddad Maia estreia com vitória na grama de Ilkley
Tenista número 1 do Brasil venceu a norte-americana Ann Li e aguarda adversária da próxima rodada


Ilkley (Inglaterra) – A tenista Beatriz Haddad Maia (Eurofarma/ SantoDigital/ Generali/ Booking.com/ BV/ Joma/ Head/ Solinco/ CBT/ IMG) começou bem sua participação na temporada de grama.

Nesta terça-feira, a tenista número 1 do Brasil e 125o do mundo estreou com vitória no ITF US$ 100 mil de Ilkley, preparatório para Wimbledon, sobre a norte-americana Ann Li, 171o do mundo, em dois sets diretos, parciais de 7/5 6/2, em 1h25min de partida.

"Foi uma boa estreia. Havia dois anos que eu não jogava na grama. A menina é boa jogadora, já tinha sido campeã juvenil de Wimbledon, joga bem na grama, é rápida...", avaliou a brasileira.

Bia aguarda a adversária da próxima rodada que sairá do confronto entre a eslovaca Magdalena Rybarikova, cabeça de chave 1 e número 81 do mundo, e a suíça Conny Perrin. "Vou aproveitar para assistir ao jogo delas. Independente de quem ganhar, vou manter meu jogo", afirmou Bia.

Bia e a paulistana Luisa Stefani jogam duplas nesta quarta-feira. Elas estreiam contra as convidadas locais Maia Lumdsen e Naiktha Bains.

 

 

Bia Haddad Maia joga primeiro torneio de grama da temporada
Tenista número 1 do Brasil estreia nesta terça no ITF de Ilkley, preparatório para o duro quali de Wimbledon

 

Ilkley (Inglaterra) – A tenista número 1 do Brasil e 125o do mundo, Beatriz Haddad Maia (Eurofarma/ SantoDigital/ Generali/ Booking.com/ BV/ Joma/ Head/ Solinco/ CBT/ IMG), inicia a temporada de grama nesta terça-feira.
 
Bia faz sua estreia no ITF US$ 100 mil de Ilkley, preparatório para o duro qualifying de Wimbledon, contra a norte-americana Ann Li, 171o do mundo, por volta do meio-dia (horário de Brasília). O confronto é inédito.
 
“Nunca nos enfrentamos, mas esteve em alguns challengers que joguei no ano passado e deu pra ver que ela joga bem. Meu primeiro torneio de grama deste ano, é bem diferente, estou ansiosa, mas preparada para fazer o meu jogo”, afirmou Bia.
 
Bia também jogará a chave de duplas ao lado da paulistana Luisa Stefani. Elas estreiam contra as convidadas locais Maia Lumdsen e Naiktha Bains.

 

 

Bia Haddad visita projeto social antes de encarar a grama inglesa

 

São Paulo (SP) - Às vésperas do embarque para a Inglaterra, onde disputará uma curta temporada sobre as tradicionais quadra de grama, a tenista número 1 do Brasil Beatriz Haddad Maia (Eurofarma/ SantoDigital/ Generali/ Booking.com/ BV/ Joma/ Head/ Solinco/ CBT/ IMG) bateu bola e deu dicas para as crianças do Instituto Próxima Geração, projeto social coordenado pelo ex-profissional Mauro Menezes, em São Paulo.

Diante de 30 atentos alunos, Bia contou um pouco de seu início no esporte, ainda aos quatro anos, e que praticou várias modalidades até se decidir por sua real paixão, que era o tênis. Explicou a importância da dedicação aos treinamentos, da boa alimentação e de encarar os desafios com otimismo e perseverança.

"É sempre um momento incrível estar ao lado das crianças do Instituto", garante Bia, que tem sido embaixadora do Projeto Próxima Geração desde fevereiro, quando assinou contrato com a BV Esportes, a principal apoiadora. "É fácil perceber como elas estão motivadas com o tênis".

Enquanto a número 125 do mundo exibia detalhadamente seus golpes, Mauro Menezes explicava a mecânica utilizada. E agradeceu a presença de Bia: "É um incentivo muito grande às crianças, que tiveram oportunidade de bater bola com ela, tirar fotos, ter sua camiseta autografada. A meta do Instituto é a socialização e a abertura de oportunidades através do tênis, que hoje não se limita à carreira profissional em si, mas a diversas profissões periféricas e também importantes".

Bia passou os últimos dias treinando sobre uma quadra de grama particular em São José dos Campos e embarca nesta quinta-feira para disputar o ITF de US$ 100 mil que acontecerá em Ilkley. Este será um dos preparativos para encarar depois o duro qualificatório de Wimbledon e tentar sua segunda participação no centenário torneio.

 

 

Bia não avança em Bol e define calendário até Wimbledon
Tenista número 1 do Brasil terá uma semana de treinos em São Paulo antes de voltar ao circuito no ITF de Kley, preparatório para Wimbledon

 

Bol (Croácia) – A tenista paulista Beatriz Haddad Maia (Eurofarma/ SantoDigital/ Generali/ Booking.com/ BV/ Joma/ Head/ Solinco/ CBT/ IMG) não conseguiu avançar no WTA 125k de Bol.
Nesta terça-feira, Bia foi superada pela espanhola Sara Sorribes Tormo, 75o do mundo e cabeça de chave 2 do torneio, por 6/3 6/4, e se despediu da competição. Esse foi o terceiro confronto entre as duas. Bia havia vencido os dois anteriores no WTA de Seul-2017 e no WTA de Bogotá-2019.
 
A tenista número 1 do Brasil e 124o do mundo, junto com a sua equipe, definiu seu calendário até Wimbledon. Da Croácia, Bia volta ao Brasil para uma semana de treinos. Depois, jogará o ITF US$ 100 mil de Kley (17 de junho), na grama, preparatório para Wimbledon; o qualifying de Wimbledon (24 de junho), Wimbledon (1 de julho), caso passe o quali, e Wimbledon ou ITF US$ 100 mil de Contrexville (8 de julho).

 

 

Bia enfrenta cabeça 2 na estreia do WTA de Bol nesta terça
Tenista número 1 do Brasil terá pela frente a amiga Sara Sorribes Tormo na primeira rodada do torneio croata

 

Bol (Croácia) – A tenista paulista Beatriz Haddad Maia (Eurofarma/ SantoDigital/ Generali/ Booking.com/ BV/ Joma/ Head/ Solinco/ CBT/ IMG) inicia nesta terça-feira sua participação no WTA 125k de Bol, na Croácia, disputado no saibro.
A tenista número 1 do Brasil e 124o do mundo fará sua estreia diante da espanhola Sara Sorribes Tormo, 75o do mundo e cabeça de chave 2 do torneio, por volta das 9h30 (horário de Brasília).
Bia e Sara são amigas e passam juntas boa parte do tempo no circuito. “Já joguei duas vezes com ela, em Seul e em Bogotá. Jogo duro, ela é uma menina que passa bastante bolas, se defende bem... Vou buscar ter paciência, fazer meu jogo agressivo. Somos bem amigas, mas em quadra vou focar no meu jogo, sempre com positividade”, afirmou a brasileira.
 
O retrospecto entre as duas é favorável à brasileira. Bia venceu a espanhola nas duas que se enfrentaram: na quadra dura do WTA de Seul, em 2017, e no saibro do WTA de Bogotá, este ano.

 

 

 

Bia sofre contratura na coxa e abandona partida de estreia no quali de Roland Garros
Tenista número 1 do Brasil vencia a partida contra a ucraniana Katarina Zavatska

 

Paris (França) – A estreia no qualifying de Roland Garros não foi a esperada pela tenista paulista Beatriz Haddad Maia (Eurofarma/ SantoDigital/ Generali/ Booking.com/ BV/ Joma/ Head/ Solinco/ CBT/ IMG).
Nesta quarta-feira, a tenista número 1 do Brasil e 125o do mundo vencia a partida contra a ucraniana Katarina Zavatska, por 6/3 5/7 3/2, quando foi obrigada a desistir do jogo sentindo dores na coxa direita.
 
Bia passou por atendimento médico ao final da partida e foi constatada uma leve contratura na coxa. “Eu estava com uma boa vantagem no terceiro set (3/0), mas a dor já estava me incomodando, fiquei com receio de continuar e complicar para uma lesão mais grave. Não foi nada mais sério, é só recuperar nos próximos dias. Me custou não avançar em Roland Garros, estou triste, mas a minha saúde é prioridade 100%”, afirmou a brasileira.

 


Voltar

 

HOME