NOTÍCIAS DA CBT

 

Thiago Seyboth Wild conquista primeiro ponto no ranking da ATP

Tenista número 1º do Brasil no ranking ITF venceu o macedônio Tomislav Jotovski

 

 
Antalya (TUR) - 18 de abril de 2017 - Após vencer três jogos no qualifyng, o atual tenista número 1º do Brasil no ranking mundial juvenil da ITF, o paranaense Thiago Seyboth Wild conquistou nesta terça-feira o seu primeiro ponto no ranking da ATP no Future da Antalya, na Turquia.
 
O tenista de 17 anos e atual 47º do ranking ITF, Thiago Wild, venceu na primeira rodada o macedônio Tomislav Jotovski, 781 da ATP, em dois sets, com um duplo 6/4. Essa é a primeira competição do paranaense como profissional nesta temporada, que já conquistou o torneio de Mar Del Plata e foi vice-campeão no Banana Bowl neste ano no juvenil. Nas oitavas de finais Wild enfrenta o turco Cem Ilkel, cabeça de chave número cinco e 314º do mundo.
 
No qualyfing, Thiago Wild derrotou na primeira rodada o austríaco Bernd Kossler, cabeça de chave número seis, com um duplo 6/3, na segunda rodada bateu o romeno Calin Manda por dois sets a zero, parciais de 7/6(7) e 6/1 e na final do quali venceu o australiano James Frawley, nono pré-classificado, por 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 7/5.
 
“O primeiro ponto na ATP é o que todo juvenil busca pra fazer a transição para o profissional o mais rápido possível. Com este ponto posso entrar praticamente em qualquer Future, às vezes nem precisando jogar o quali, o que já ajuda bastante. Foi um sonho realizado. Espero vencer mais nessas semanas aqui na Turquia para subir no ranking”, afirmou o brasileiro que seguirá jogando Futures por três semanas, depois disputa o GA de Bonfiglio na Itália e depois parte para o juvenil de Roland Garros.
 
Thiago Wild também integrou o Time Correios Brasil que derrotou o Equador na Zona Americana I da Copa Davis semana passada em Ambato, no Equador.

 

A Confederação Brasileira de Tênis tem o patrocínio dos Correios, o co-patrocínio da Tretorn - bola oficial do Tênis brasileiro. Apoio  do Comitê Olímpico do Brasil, Comitê Paralímpico Brasileiro e Ministério do Esporte. Mais informações em Twitter.com/cbtenis, Facebook.com/cbtoficial, Instagram.com/CBToficial e Flickr.com/cbtenis

 

HOME