NOTÍCIAS DA CBT

 


Brasil perde para a Eslováquia por 3 a 1 no Playoff do Grupo Mundial II da Fed Cup

Time brasileiro se despediu da competição com vitória no jogo de duplas

 

Bratislava (Eslováquia), 21 de abril de 2019 – O Time Brasil perdeu para a Eslováquia na disputa do Playoff da Fed Cup. Neste domingo, a equipe europeia, mandante do confronto na AXA Arena NTC, em Bratislava, confirmou a vitória no duelo por 3 a 1. Assim, a Eslováquia retornará ao Grupo Mundial II da competição, e o Brasil voltará a disputar o Zonal Americano em 2020.
Apesar da derrota para as europeias, que contaram com duas atletas do top 50 do mundo nos jogos de simples, a equipe brasileira deu mais um passo na consolidação do trabalho que é realizado no tênis feminino. Em 2018, o grupo perdeu para o Paraguai na final do Zonal Americano da Fed Cup. Neste ano, venceu a mesma competição e ganhou o direito de enfrentar a Eslováquia no Playoff que valia um lugar entre as 16 melhores do mundo.
"É preciso reconhecer que as eslovacas fizeram grandes jogos de simples, mas é fundamental reconhecer que há uma evolução dentro do nosso time de Fed Cup. Chegar ao Playoff do Grupo Mundial II foi consequência deste progresso. Agora, nossa missão é continuar oferecendo a estrutura necessária para que a Roberta Burzagli siga o trabalho com a equipe para os próximos desafios", frisa o presidente Rafael Westrupp.
Neste domingo, no jogo que abriu a disputa, a canhota Beatriz Haddad Maia (número 124 do mundo) perdeu para Dominika Cibulkova (33) por 2 sets a 0, em partida que teve uma hora e 44 minutos de duração. No primeiro set, a eslovaca conseguiu uma quebra logo no segundo game, que Bia devolveu na sequência para colocar 2 a 2 no placar. Com um jogo sólido e mais agressivo do que mostrou no sábado, a paulista voltou a quebrar o serviço de Cibulkova no sétimo game, fazendo 4 a 3. Mas a europeia reagiu na partida e conseguiu forçar o tie-break, que venceu por 7 a 3. No segundo set, com a confiança elevada e a energia da torcida, a número 33 da WTA deu poucas chances para a brasileira e venceu por 6 a 0.
Na disputa das duplas, no que seria o último jogo do confronto, Carolina Meligeni Alves e Luisa Stefani representaram o país diante de Viktoria Kuzmova e Rebecca Sramkova. Em 55 minutos de jogo, as brasileiras mostraram superioridade e confirmaram a vitória por 2 a 0, com parciais de 6/1 e 6/3.
"Disputar o Playoff da Fed Cup foi uma grande experiência para nossas jogadoras. A atitude de todas em quadra foi excelente. Desde o começo, a gente sabia que seria difícil ganhar, mas sempre fomos para a quadra com a cabeça erguida e para dar o nosso melhor, e todo mundo deu 100%", analisa a capitã Roberta Burzagli. "O jogo de sábado foi o primeiro Playoff de todas nós, uma experiência nova para todo mundo. No sábado à noite nos reunimos e já vimos uma grande evolução de um dia para o outro, apesar do curto espaço de tempo. Muitas coisas melhoraram", completa.

 

Resultados dos jogos
 
Eslováquia 3 x 1 Brasil
 
Sábado
Dominika Cibulkova d. Carolina Meligeni Alves por 6/1 e 6/1
Viktoria Kuzmova d. Beatriz Haddad Maia por 6/3 e 6/3
Domingo
Dominika Cibulkova d. Beatriz Haddad Maia por 7/6(3) e 6/0
Carolina Meligeni Alves/Luisa Stefani d. Viktoria Kuzmova/Rebecca Sramkova por 6/1 e 6/3

 

A Confederação Brasileira de Tênis tem o patrocínio da Wilson, Peugeot e Companion SPORTS. Apoio do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e Ministério do Esporte. Siga tudo sobre a CBT em www.cbtenis.com.brwww.facebook.com/cbtoficialwww.twitter.com/cbteniswww.instagram.com/cbtoficial e www.flickr.com/cbtenis.
                   

 

 

Brasil busca lugar entre os 16 melhores do mundo na Fed Cup

Neste sábado e domingo, em Bratislava, Time Brasil
enfrenta a Eslováquia valendo vaga no Grupo Mundial II da competição

  

Bratislava (Eslováquia), 19 de abril de 2019 – Ser uma das 16 melhores equipes do tênis feminino mundial. Este é o objetivo que o Time Brasil persegue neste fim de semana. A partir deste sábado, o confronto contra a Eslováquia, em Bratislava, vale vaga no Grupo Mundial II da Fed Cup. O embate é em melhor de cinco partidas, sendo que quem vencer três confrontos é o vencedor.
 
Nesta sexta-feira, foi realizado o sorteio que definiu a ordem dos confrontos. A estreia, a partir das 8h (horário de Brasília) deste sábado, é entre Carolina Meligeni Alves (número 354 do ranking da WTA) contra Dominika Cibulkova (33). O jogo será seguido pelo duelo da número 1 do Brasil e 124 da WTA, Beatriz Haddad Maia, e Viktoria Kuzmova (45). No domingo, também a partir das 8h, Bia Haddad Maia enfrenta Cibulkova, e Carol e Kuzmova fazem a quarta partida. O quinto confronto, valendo como desempate, é entre duplas. O Brasil terá Bia e Luisa Stefani, enquanto a Eslováquia jogará com Kuzmova e Magdalena Rybarikova.
 
"Fed Cup é mais sobre a energia, mais sobre como o time se sente junto, estando unido. Na verdade, o ranking não importa muito. Se fosse pelo ranking, nem precisaria haver competição. Quem está aqui merece estar aqui. Estou muito confiante sobre o nosso time e acredito que poderemos mostrar o nosso melhor tênis em quadra", destaca Bia Haddad Maia.
 
As partidas serão realizadas na AXA Arena NTC, um complexo de tênis localizado em Bratislava, capital da Eslováquia, que é o centro de referência da modalidade no país. Por escolha da equipe mandante, os duelos serão realizados em quadra de saibro coberta. A escolha agradou a equipe brasileira, que treinou desde segunda-feira no local para se ambientar ao piso.
 
"No Brasil, estamos mais acostumadas a jogar no saibro. Na Fed da Colômbia, também jogamos no saibro. A diferença é que lá havia altitude. Mas tivemos uma boa semana de treinamentos, estão todas as atletas se sentindo bem e acreditamos no nosso potencial. Também acreditamos muito em outro fator, que é a união que nosso time vem demonstrando desde a fase anterior da Fed Cup e que, numa competição como esta, pode fazer a diferença a nosso favor", afirma a capitã Roberta Burzagli.
 
Para chegar ao Playoff do Grupo Mundial II da Fed Cup, o Brasil precisou passar pelo Zonal Americano, disputado entre 6 e 9 de fevereiro, em Medellín. Antes de vencer a final sobre o Paraguai, o time superou Argentina, Chile e Porto Rico, garantindo direito de avançar na competição. Já a Eslováquia perdeu a disputa no Grupo Mundial II por 4 a 0 para a Letônia. Por isso, defenderá a posição entre as 16 melhores do mundo neste sábado e domingo. Capitão do time europeu, Matej Liptak prega respeito às brasileiras antes do confronto.
 
"Eu tenho minhas ideias sobre como enfrentar o Brasil, mas não vou revelar. Em termos de ranking, a Eslováquia é favorita, mas ranking não importa numa competição como a Fed Cup. Temos que respeitar o nosso adversário, que se classificou pelo Zonal Americano e merece estar aqui. Nós esperamos uma disputa difícil em quadra", aponta.
Os jogos deste sábado e domingo terão transmissão ao vivo pela BandSports, a partir das 8h (no horário de Brasília).
 
Ordem dos jogos
Sábado
8h - Carolina Meligeni Alves vs. Dominika Cibulkova
Seguido por Beatriz Haddad Maia vs. Viktoria Kuzmova
Domingo
8h - Beatriz Haddad Maia vs. Dominika Cibulkova
Seguido por Carolina Meligeni Alves vs. Viktoria Kuzmova
Seguido por Batriz Haddad Maia e Luisa Stefani vs. Viktoria Kuzmova e Magdalena Rybarikova

 

 

Com a chegada de Beatriz Haddad Maia, Time Brasil
está completo para confronto na Fed Cup

Equipe treina na Eslováquia desde segunda-feira para
duelo pelo Playoff do Grupo Mundial II

 

Bratislava (Eslováquia), 17 de abril de 2019 – A equipe brasileira está completa para a disputa da Fed Cup contra a Eslováquia. No início da tarde desta quarta-feira, a paulista Beatriz Haddad Maia chegou a Bratislava, onde será realizado, no sábado e no domingo, o duelo válido pelo Playoff do Grupo Mundial II.
Com a experiência de quem já disputou 26 jogos na Fed Cup (com 18 vitórias e oito derrotas), ela espera contribuir com o seu conhecimento sobre a competição para que o Brasil tenha um bom desempenho contra as europeias.
"Esse time teve uma semana muito boa em Medellín, na Fed Cup na Colômbia. É uma equipe muito unida, entre todas nós. A gente se dá muito bem, dentro e fora de quadra, e isso conta muito", destaca a tenista. "Elas jogam em casa, onde escolheram o piso e a quadra, mas nós temos que entrar para ganhar todos os pontos, lutando e acreditando. Essa é uma competição diferente, não importa o ranking delas. Temos que lidar como a gente sempre lidou: jogar com o coração, com garra", completa a número 1 do Brasil.
Bia jogou até o último sábado no WTA de Bogotá, na Colômbia, onde avançou até a semifinal. O resultado valeu pontos preciosos para a canhota, que saltou 41 posições no ranking da WTA e assumiu o 124º lugar.
Ela se juntou ao grupo que treina em Bratislava desde segunda-feira liderado pela capitã Roberta Burzagli. Além de Bia, foram convocadas para este confronto Carolina Meligeni Alves, Gabriela Cé, Luisa Stefani e Thaísa Pedretti. Na Eslováquia, a tenista também reencontrou o fisioterapeuta Paulo Roberto Cerutti, que, além de fazer parte da comissão técnica do Time Brasil na Fed Cup, trabalha com Bia no circuito internacional.
"Ela chegou bem de viagem e já fizemos um primeiro trabalho. Está pronta para iniciar os treinamentos. Como ela vem de uma sequência de jogos e da viagem, é normal sentir um pouco mais de tensão, mas certamente estará em boas condições para o confronto diante da Eslováquia", avalia o fisioterapeuta.
Nesta quarta-feira, as atletas brasileiras treinaram em dois períodos. Bia se juntou às atividades na parte da tarde, fazendo trabalhos físicos e depois indo para a quadra da AXA Arena NTC, palco dos duelos, para se ambientar ao saibro local.
A delegação volta a treinar na quinta-feira, quando também participa do jantar oficial do confronto contra a Eslováquia. Na sexta-feira haverá o sorteio para definir a ordem dos duelo de sábado e domingo (a partir das 8h no horário de Brasília).

 

A Confederação Brasileira de Tênis tem o patrocínio da Wilson e Peugeot. Apoio do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e Ministério do Esporte. Siga tudo sobre a CBT em www.cbtenis.com.brwww.facebook.com/cbtoficialwww.twitter.com/cbteniswww.instagram.com/cbtoficial e www.flickr.com/cbtenis.

 

 

Time Brasil intensifica preparação para confronto da Fed Cup

Equipe, que enfrentará a Eslováquia no fim de semana,
treinou em três sessões nesta terça-feira

 

Bratislava (Eslováquia), 16 de abril de 2019 – O time brasileiro que está na Eslováquia para o confronto da Fed Cup contra a equipe local aproveitou o segundo dia de preparação para intensificar os trabalhos físicos. Nesta terça-feira, as tenistas brasileiras treinaram em três períodos. Pela manhã, elas realizaram atividades com o preparador físico Miguel Cantori. À tarde, foram em duas sessões para a quadra central da AXA Arena NTC, em Bratislava.
Depois de desembarcar na Europa no domingo, o grupo tem uma semana praticamente cheia para trabalhar. O objetivo da comissão técnica é aproveitar bem este período para deixá-las na melhor forma possível para o confronto válido pelo Playoff do Grupo Mundial II da Fed Cup.
 
"É uma preparação diferente da que fizemos para jogar a Fed Cup na Colômbia", aponta Cantori. "Lá, os jogos começavam na quarta-feira e se estendiam até o fim de semana. Tivemos dois dias de preparação. Aqui, temos a semana inteira para trabalhar com calma e fazer tudo da melhor maneira possível para que elas possam fazer um bom confronto no fim de semana", completa.
 
Cantori explica que, embora os trabalhos sejam realizados de maneira coletiva, é preciso respeitar as rotinas individuais de cada jogadora durante a preparação. "Nessa semana de preparação, a gente procura não fazer coisas que elas não estejam acostumadas, tenta interferir o menos possível com coisas diferentes para elas. Todas têm um programa de treinamentos ao qual estão acostumadas, então tentamos contemplar essa questão individual de cada uma", destaca.
 
O mesmo vai se aplicar para Beatriz Haddad Maia. A tenista número 1 do Brasil e 124 do ranking da WTA chega nesta quarta-feira à Eslováquia, pois estava, até o último sábado, disputando o WTA de Bogotá, em que foi semifinalista. "A Bia vai chegar com um programa de trabalho para esses três dias de preparação. Vamos ajustar isso para a estrutura e as condições que temos aqui para que ela esteja em sua melhor forma para o confronto contra a Eslováquia", afirma.
 
Após o treino físico pela manhã, as quatro atletas que estão em Bratislava se dividiram em duplas e foram treinar na AXA Arena NTC, no começo e no final da tarde, sob o comando da capitã Roberta Burzagli e do auxiliar técnico Luiz Peniza. 
 
O grupo tem atividades programadas para quarta e quinta-feira, quando também acontece o jantar oficial do confronto da Fed Cup com as duas equipes. Na sexta-feira, último dia de treinamento, também haverá o sorteio da ordem dos duelos que acontecerão no sábado e no domingo.

 

A Confederação Brasileira de Tênis tem o patrocínio da Wilson e Peugeot. Apoio do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e Ministério do Esporte. Siga tudo sobre a CBT em www.cbtenis.com.brwww.facebook.com/cbtoficialwww.twitter.com/cbteniswww.instagram.com/cbtoficial e www.flickr.com/cbtenis.

 

 

Time Brasil treina na Eslováquia, onde jogará playoff da Fed Cup

Equipe fez primeiro trabalho em Bratislava, local dos confrontos de sábado e domingo

  
 

Bratislava (Eslováquia), 15 de abril de 2019 – A delegação brasileira que disputará a Fed Cup já está em Bratislava, onde irá enfrentar a Eslováquia pelos playoffs do Grupo Mundial II, nos próximos sábado e domingo (20 e 21 de abril). Nesta segunda-feira, um dia após o desembarque na capital do país do leste europeu, as atletas e a comissão técnica fizeram a primeira atividade na AXA Arena NTC, local das disputas.
"Foi um trabalho bom. Como chegamos de uma viagem cansativa, escolhemos conhecer o complexo pela manhã e treinar à tarde, em dois períodos de uma hora. Foi bom para conhecermos as condições de jogo daqui: a quadra é lenta, a bola é lenta. Apesar de ser uma quadra coberta, as condições são mais lentas. Mas, para as nossas jogadoras, é bom, porque todas estão muito acostumadas a jogar no saibro e se sentiram bem aqui", destaca a capitã Roberta Burzagli.
Para este confronto, a capitã da Fed Cup convocou as mesmas tenistas que venceram o Zonal Americano: Beatriz Haddad Maia (124º do ranking da WTA), Carolina Meligeni Alves (354ª), Gabriela Cé (441ª), Luisa Stefani (446ª) e Thaísa Pedretti (672ª). Elas superaram Argentina (2 a 1), Chile (3 a 0) e Porto Rico (2 a 1). Na final contra o Paraguai a vitória foi por 2 a 0.
Nesta segunda-feira, Carolina, Gabriela, Luisa e Thaísa fizeram trabalhos físicos e bateram bola na arena dos confrontos. Bia Haddad Maia, que no sábado fez a semifinal do WTA de Bogotá, na Colômbia, se juntará à delegação para os treinos a partir de quarta-feira.
Depois da derrota por 4 a 0 para a Letônia em confronto pelo Grupo Mundial II, a Eslováquia mudou sua convocação e chamou as melhores atletas ranqueadas do país. O capitão Matej Liptak terá as tenistas Dominika Cibulkova (33ª), Viktoria Kuzmova (46ª), Magdalena Rybarikova (68ª) e Anna Karolina Schmiedlova (105ª). Em Bogotá, na última semana, Bia Haddad Maia superou Schmiedlova por 2 sets a 0: 7/6 (3) e 7/6 (6).
"Teremos uma grande semana pela frente. Tivemos uma boa recepção, com todo o processo muito bem planejado pela organização. A quadra já está pronta, com condições extremamente adequadas para um confronto deste porte, e permitindo que a Roberta e sua comissão técnica possam desenvolver bem o trabalho", frisa Eduardo Frick, gerente de Eventos e Esportes da CBT e chefe de delegação.
A equipe brasileira tem atividades programadas para todos os dias da semana. Na sexta-feira será realizado o sorteio dos confrontos desta fase da Fed Cup, com a definição da ordem dos jogos de sábado e domingo.
Além da capitã Roberta Burzagli, a comissão técnica do Time Brasil conta com o auxiliar técnico Luiz Peniza, o preparador físico Miguel Cantori, e o fisioterapeuta Paulo Cerutti.

 

A Confederação Brasileira de Tênis tem o patrocínio da Wilson, Peugeot e Companion SPORTS. Apoio do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e Ministério do Esporte. Siga tudo sobre a CBT em www.cbtenis.com.brwww.facebook.com/cbtoficialwww.twitter.com/cbteniswww.instagram.com/cbtoficial e www.flickr.com/cbtenis.

 

 

 

 


 

HOME