Circuito de Tênis Feminino

 

CHIRICO SAI DO QUALI E CONQUISTA
O TORNEIO INTERNACIONAL DO PINHEIROS

 

São Paulo (SP) - Na escalada para recuperar o posto de 58ª melhor tenista do mundo, a jovem norte-americana Louise Chirico voltou aos títulos neste domingo, ao conquistar no saibro do clube Pinheiros o Torneio Internacional de Tênis Feminino - Ano IV, evento de US$ 25 mil que contou pontos para o ranking profissional da WTA.

Aos 22 anos e agora apenas 380ª colocada, Chirico mostrou excelente tênis ao longo da semana. Precisou disputar o qualificatório, ganhou sete partidas seguidas e atropelou na decisão a montenegrina Danka Kovinic, ex-46ª do ranking, com o incontestável placar de 6/0 e 6/2. Mais de mil pessoas acompanharam o jogo na histórica quadra principal do Pinheiros.

"Foi uma sequência incrível", festejou ela, ao erguer o quarto título profissional da carreira. "Tive jogos duros no começo da semana, mas aos poucos a confiança cresceu. Não esperava um placar destes na final porque Danka é uma tenista experiente, mas deu tudo certo".

Chirico esteve no Brasil quatro anos atrás, conquistando o Banana Bowl, e diz se sentir muito à vontade aqui: "As condições estavam excelentes, quadras e clube maravilhosos". Em seu currículo, já constam vitórias sobre tenistas do porte de Naomi Osaka, Ana Ivanovic e Victoria Azarenka. Com a campanha em São Paulo, ela ganhou vaga direta e segue para a etapa de Curitiba do Circuito Feminino Future de Tênis.

Kovinic, de 24 anos, buscava o 10º troféu de simples. "Não jogava uma final há muito tempo e só isso já valeu a semana. Mas Louise não me deu a menor chance hoje". Danka já competiu em todos os torneios de Grand Slam e soma vitória de peso sobre Belinda Bencic, Jelena Ostapenko e Jelena Jankovic.

O tênis brasileiro também saiu com boa campanha: no sábado, Paula Gonçalves e Luísa Stefani conquistaram o primeiro título de duplas atuando lado a lado, com vitória em cima da novata Thaisa Pedretti e da italiana Martina di Giuseppe. Todas seguem para o torneio de Curitiba.

O Torneio Internacional Feminino de Tênis - Ano IV foi apresentado pelo Itaú através da Lei de Incentivo ao Esporte/Ministério da Cidadania/Secretaria  Especial do Esporte.  A realização coube ao Instituto Esperança do Amanhã. A competição recebeu as chancelas da Federação Internacional de Tênis, Confederação Brasileira de Tênis e da Federação Paulista de Tênis..

 

PAULA E STEFANI CONQUISTAM TÍTULO DE DUPLAS
NO TORNEIO INTERNACIONAL DO PINHEIROS

 

São Paulo (SP) - As paulistas Paula Gonçalves e Luísa Stefani conseguiram entrosamento perfeito e conquistaram neste sábado o Torneio Internacional de Tênis Feminino - Ano IV, evento de US$ 25 mil que conta pontos para o ranking mundial. Em partida final emocionante, superaram de virada a também paulista Thaisa Pedretti e a parceira italiana Martina di Giuseppe, com parciais de 6/7 (4-7), 6/0 e 10-8.

Ex-top 100 do ranking de duplas, Paula tem um vasto currículo de conquistas na especialidade, mas não erguia um troféu de duplas desde 2017. Stefani, de 21 anos e radicada nos EUA, já foi 162º no ranking da modalidade e ergue seu segundo troféu da temporada, repetindo Guadalupe.

"É sempre muito especial jogar em casa", garante Paula, de 28 anos. "Temos poucos torneios femininos no Brasil e foi ótimo aproveitar esta oportunidade", lembra ela, que fez parceria inédita com Luísa. "Conseguimos jogar de forma agressiva e deu certo", analisa Stefani.

O título de simples será decidido às 11 horas deste domingo, com entrada gratuita ao público, entre duas tenistas da nova geração: a norte-americana Louise Chirico, de 22 anos, e a montenegrina Danka Kovinic, de 24. Ambas já estiveram em grande momento na carreira: ex-46ª do mundo, Kovinic buscará seu 10º troféu, enquanto Chirico, que figurou no 58º posto do ranking, tentará o quarto título.

Os desafios deste sábado foram desiguais. Kovinic dominou a húngara Anna Bondar, por duplo 6/3, enquanto Chirico superou a paraguaia e cabeça 2 Veronica Cepede, por 6/4, 2/6 e 6/0. Na única vez que se cruzaram no circuito, a norte-americana venceu no saibro da Flórida, em 2015.

"Todo jogo aqui tem sido duro para mim, mas tenho jogado bem", festejou Chirico, que precisou disputar o qualificatório e já soma seis vitórias na semana. "Veronica foi uma adversária bem diferente das outras, muita sólida e experiente neste tipo de quadra". Kovinic revelou ter demorado a se adaptar à altitude de São Paulo e comemora seu retorno a uma final. "Passei por uma fase difícil, em que não achava meu melhor jogo. Lutei para recuperar a parte física. Estou tentando desfrutar de cada momento nesta semana". 

A decisão do Torneio Internacional poderá ser vista em tempo real através do site tvkobertura.com/ao-vivo-1.

O Torneio Internacional Feminino de Tênis- Ano IV é apresentado pelo Itaú através da Lei de Incentivo ao Esporte/Ministério da Cidadania/Secretaria  Especial do Esporte.  A realização é do Instituto Esperança do Amanhã. A competição tem as chancelas da Federação Internacional de Tênis, Confederação Brasileira de Tênis e da Federação Paulista de Tênis.

 

 

PEDRETTI BUSCA SEU MAIOR TÍTULO DE DUPLA NO TORNEIO INTERNACIONAL DO PINHEIROS

 

São Paulo (SP) - O tênis brasileiro já garantiu ao menos uma finalista no Torneio Internacional Feminino de Tênis - Ano IV. A paulista Thaisa Pedretti buscará o título de duplas neste sábado tendo como parceira a italiana Martina di Giuseppe. As adversárias podem ser as também paulistas Paula Gonçalves e Luísa Stefani, que tiveram partida adiada pela chuva e jogarão a semi às 11 horas deste sábado no clube Pinheiros. 

Convidadas da organização, Pedretti e Di Giuseppe anotaram duríssima vitória sobre Carol Alves e Gabriela Cé, que chegaram a sacar para o jogo no segundo set, com parciais de 6/7 (5-7), 7/6 (7-5) e 10-6. "Puxa, foi uma emoção muito grande, um jogo disputado ponto a ponto", afirma Thaisa, que sentiu incômodo na perna mas aguentou. "Ela jogou muito bem na rede", elogiou a parceria.

Aos 19 anos, Pedretti tem cinco títulos de duplas na carreira, todos de nível US$ 15 mil, sendo quatro no saibro, e assim pode alcançar seu troféu mais valioso, já que o Torneio Internacional tem premiação de US$ 25 mil. Ela ocupa o 461º posto no ranking mundial da especialidade.

As semifinais de simples do Torneio Internacional terão três tenistas que já estiveram entre as 75 melhores do ranking. A montenegrina Danka Kovinic, de 24 anos e ex-46ª, derrotou a italiana Jasmine Paolini, por 6/0 e 6/3, e enfrentará a húngara Anna Bondar, três anos mais jovem e 218ª colocada, que marcou duplo 6/4 sobre a espanhola Claudia Hoste.

A outra partida terá a experiência da paraguaia Veronica Cepede, 72ª do mundo em 2017, contra a juventude da norte-americana Louise Chirico, ex-58 do mundo. Cabeça 2, Cepede passou sem sustos pela norte-americana Elizabeth Halbauer, por 6/1 e 6/1. Chirico, que saiu do qualificatório, ganhou da chilena Daniela Seguel, 7/6 (7-4) e 6/2.

A rodada deste sábado, com entrada gratuita ao público, começa às 11 horas, com Bondar x Kovinic na quadra principal e a semi de dupla das brasileiras contra a belga Marie Benoit e a austríaca Barbara Haas na quadra 13. Em seguida, jogam Chirico x Cepede e para fechar o dia acontecerá a final de duplas.

Os jogos do Torneio Internacional podem ser vistos em tempo real através do site tvkobertura.com/ao-vivo-1.

O Torneio Internacional Feminino de Tênis- Ano IV é apresentado pelo Itaú através da Lei de Incentivo ao Esporte/Ministério da Cidadania/Secretaria  Especial do Esporte.  A realização é do Instituto Esperança do Amanhã. A competição tem as chancelas da Federação Internacional de Tênis, Confederação Brasileira de Tênis e da Federação Paulista de Tênis.

 

 

PAULA CAI EM SIMPLES, BRASIL TEM CINCO NAS SEMIFINAIS DE DUPLAS DO TORNEIO INTERNACIONAL DO PINHEIROS

 

São Paulo (SP) - Última representante brasileira na chave de simples, Paula Gonçalves foi eliminada nesta quinta-feira na segunda rodada do Torneio Internacional Feminino de Tênis - Ano IV. Apesar de muitos games bem disputados, faltou consistência na hora decisiva e assim acabou eliminada pela montenegrina Danka Kovinic, cabeça 4 do torneio, por 6/4 e 6/1.

O tênis brasileiro no entanto segue firme rumo ao título de duplas e já garantiu ao menos uma representante na final. Carol Alves e Gabriela Cé venceram a francesa Chloe Paquet e a belga Kimberley Zimmermann, por 6/2, 2/6 e 13-11, e farão semi contra Thaisa Pedretti, que se juntou à italiana Martina di Giuseppe para derrotar Kovinic e a croata Tereza Mrdeza, por 6/4, 6/7 (5-7) e 10-3. Já Paula e Luísa Stefani derrotaram à noite a georgiana Ekaterine Gorgodze e a chilena Daniela Seguel, por 6/4 e 6/3, e enfrentam a belga Marie Benoit e a austríaca Barbara Haas.

"Sabia que seria jogo duro, Kovinic já foi top 100 e é experiente. Nesse nível, não se pode desperdiçar chances", lamentou Paula sobre a queda nas simples. "Tive oportunidades e aproveitei pouco. Ainda consegui voltar de 1/4 no primeiro set, mas podia ter feito mais. Sigo firme na dupla".

Ex-top 60 do ranking, a norte-americana Louise Chirico avançou. Depois de disputar o qualificatório, tirou a croata Tereza Mrdeza, cabeça 6, por 6/0 e 6/4. Outra ótima atuação teve a paraguaia Veronica Cepede, segunda maior favorita, que só permitiu um game à romena Andreea Rosca, fechando com 6/1 e 6/0. Já a italiana Jasmine Paolini mostrou um tênis sólido e superou a romena Jaqueline Cristian em grande jogo, parciais de 5/7, 6/4 e 6/4.

A rodada desta sexta-feira dá largada às 10 horas com entrada gratuita ao público e define as semifinalistas e a final de duplas. A parte superior da chave tem domínio europeu, com Kovinic contra Paolini e a húngara Anna Bondar frente a espanhola Claudia Hoster. No lado inferior, estão Cepede contra a norte-americana Elizabeth Halbauer, que jogam às 17 horas, e Chirico diante da chilena Daniela Seguel. As duplas acontecem às 15h30 e às 18h30.

Os jogos do Torneio Internacional podem ser vistos em tempo real através do site tvkobertura.com/ao-vivo-1.

O Torneio Internacional Feminino de Tênis- Ano IV é apresentado pelo Itaú através da Lei de Incentivo ao Esporte/Ministério da Cidadania/Secretaria  Especial do Esporte.  A realização é do Instituto Esperança do Amanhã. A competição tem as chancelas da Federação Internacional de Tênis, Confederação Brasileira de Tênis e da Federação Paulista de Tênis.


 

 

CHUVA INTERROMPE ESTREIA DE STEFANI NO TORNEIO INTERNACIONAL DO PINHEIROS

 

São Paulo (SP) - Primeira brasileira a entrar em quadra para o Torneio Internacional Feminino de Tênis- Ano IV, a paulista Luísa Stefani viu seu jogo ser suspenso ainda no primeiro set e adiado para a quarta-feira, quando outras quatro tenistas nacionais farão sua estreia no torneio de US$ 25 mil que vale pontos para o ranking mundial. Convidada da organização, Stefani perdia para a espanhola Claudia Hoste Ferrer por 2/5 quando a chuva caiu forte no clube Pinheiros.

A programação desta quarta-feira larga às 10 horas e terá Thaisa Pedretti diante da montenegrina Danka Kovinic, 188º do mundo. Em seguida, Carol Meligeni Alves terá pela frente a croata Tereza Mrdeza, 193ª colocada. Stefani retorna à quadra à tarde, depois do jogo entre a paraguaia Veronica Cepede e a italiana Jessica Pieri.

Na quadra 13, mais duas brasileiras jogam: Paula Gonçalves enfrenta às 10 horas a chilena Fernanda Brito e a canhota Gabriela Cé desafia por volta das 13h30 a norte-americana Louise Chirico, saída do qualificatório mas que já esteve entre as 60 do ranking. A entrada é gratuita para o público.

"Venci neste final de semana o CNIP, que me garantiu o convite para a chave principal, e isso foi importante para me readaptar ao saibro, já que venho de uma temporada muito longa no piso sintético", conta Paula, de 28 anos e ex-top 200 do ranking, que hoje ocupa o 483º posto. "Conheço de longa data a Brito, e sei que será difícil, ainda mais numa primeira rodada onde tudo é um pouco mais complicado", afirma. "Mas estou focada e me sentindo muito bem fisicamente".

Nos jogos encerrados desta terça-feira, duas favoritas caíram: a francesa Chloe Paquet surpreendeu a italiana e cabeça 5 Martina di Giuseppe, por 6/3, 3/6 e 6/4, e a norte-americana Elizabeth Halbauer eliminou a ciprioca e oitava pré-classificada ]Raluca Serban, por 6/0 e 6/0. Já a italiana Anastasia Grymalska tirou a croata Lea Boskovic, por 6/1 e 6/3.

Os jogos do Torneio Internacional podem ser vistos em tempo real através do site tvkobertura.com/ao-vivo-1.

O Torneio Internacional Feminino de Tênis- Ano IV é apresentado pelo Itaú através da Lei de Incentivo ao Esporte/Ministério da Cidadania/Secretaria  Especial do Esporte.  A realização é do Instituto Esperança do Amanhã. A competição tem as chancelas da Federação Internacional de Tênis, Confederação Brasileira de Tênis e da Federação Paulista de Tênis.

 

 

CINCO BRASILEIRAS GARANTEM VAGA NO TORNEIO INTERNACIONAL DO PINHEIROS

 
São Paulo (SP) - Tenistas experientes como Paula Gonçalves, Carolina Meligeni Alves e Gabriela Cé e a nova geração representada por Thaisa Pedretti e Luísa Stefani formam o grupo das cinco brasileiras que garantiram vaga direta na chave principal do forte Torneio Internacional Feminino de Tênis- Ano IV, competição que distribuirá US$ 25 mil de premiação e importantes pontos para a classificação internacional, a partir desta terça-feira, no clube Pinheiros.

Cé foi a única que obteve lugar através do ranking da Federação Internacional. Paula ganhou o CNIP organizado pela Confederação Brasileira deste fim de semana, Thaisa passou o quali regional da Federação Paulista e as outras  ganharam convite da organização. 

"Estou muito feliz com essa oportunidade", festejou Stefani, que está radicada nos EUA. "Jogar no Brasil é muito especial. Com essas regras novas da Federação Internacional, está muito difícil entrar nesses torneios de US$ 25 mil e espero aproveitar da melhor forma o convite".

Nada menos que seis das cabeças de chave do Torneio estão entre as top 200 do atual ranking e isso trará dificuldades para as brasileiras. Pedretti estreia diante da montenegrina Danka Kovinic, 188º do mundo, e Carol terá pela frente a croata Tereza Mrdeza, 193ª colocada. Maiores chances estão com Paula diante da chilena Fernanda Brito; Stefani frente a espanhola Claudia Hoste Ferrer; e Cé, que aguarda o final do qualificatório.

A cabeça 1 no Pinheiros é a georgiana Ekaterine Gordodze, 149ª do ranking mundial, e no outro extremo da chave ficou a paraguaia Veronica Cepede, 175ª.

A rodada desta terça-feira larga às 10 horas com os seis jogos decisivos do qualificatório. A partir das 12h30, acontecem quatro partidas da chave de simples e outras quatro de duplas. Stefani e Hoste Ferrer duelam às 17 horas. A entrada é gratuita para o público.

O Torneio Internacional Feminino de Tênis- Ano IV é apresentado pelo Itaú através da Lei de Incentivo ao Esporte/Ministério da Cidadania/Secretaria  Especial do Esporte.  A realização é do Instituto Esperança do Amanhã. A competição tem as chancelas da Federação Internacional de Tênis, Confederação Brasileira de Tênis e da Federação Paulista de Tênis.


 

 

CINCO BRASILEIRAS DISPUTAM O QUALIFICATÓRIO
PARA O TORNEIO INTERNACIONAL NO PINHEIROS 


São Paulo (SP) - Cinco das principais tenistas brasileiras iniciam nesta segunda-feira a luta por vaga na chave principal do Torneio Internacional Feminino de Tênis, competição que distribuirá US$ 25 mil de premiação e importantes pontos para a classificação internacional, a partir de terça-feira, no clube Pinheiros.

Nathaly Kurata, Eduarda Piai, Camila Bossi, Rebeca Pereira e Marcela Bueno estão entre as 24 participantes do qualificatório, que que terá largada às 10 horas e oferecerá seis vagas para o torneio principal. Nenhuma delas no entanto conseguiu a condição de cabeça de chave e assim todas terão adversárias difíceis.

Bossi enfrentará a principal inscrita, a chilena Daniella Seguel, enquanto Rebeca estreia contra a australiana e cabeça 2 Isabelle Wallace. Já a experiente Kurata tem a mexicana Ana Sanchez como primeira adversária, Duda encara a italiana Federica de Sarra e Bueno enfrentará a colombiana Maria Herazo. São necessárias duas vitórias para que uma tenista avance à chave principal.

Em seu quarto ano seguido de realização, o Torneio Internacional Feminino conta com a presença de 10 das 200 melhores tenistas do ranking mundial. A suíça Conny Perrin, a paraguaia Veronica Cepede, a holandesa Richel Hogenkamp e a georgiana Ekaterina Gordodze estão entre as principais favoritas ao título. A variada lista de participantes inclui representantes da Austrália, Romênia, Áustria, Monte Negro, Espanha, Croácia, Itália, França, Chipre, Bulgária e Hungria. A entrada para o público é gratuita.

O Torneio Internacional Feminino de Tênis- Ano IV é apresentado pelo Itaú através da Lei de Incentivo ao Esporte/Ministério da Cidadania/Secretaria  Especial do Esporte.  A realização é do Instituto Esperança do Amanhã. A competição tem as chancelas da Federação Internacional de Tênis, Confederação Brasileira de Tênis e da Federação Paulista de Tênis.



 

 

HOME

 

Voltar ao topo