TORNEIOS

 

Juvenil Maria Carle conquista título em São José dos Campos
Ainda aos 18 anos, argentina alcança segundo troféu de nível 'future' de sua carreira

 

São José dos Campos (SP) - A argentina Maria Lourdes Carle confirmou a expectativa por uma grande carreira profissional ao conquistar neste domingo a terceira e última etapa do Circuito Feminino Future de Tênis. Diante de uma adversária muito mais experiente, a também argentina Victoria Bosio, ela marcou as parciais de 7/5, 1/6 e 6/2 diante de bom público no Clube de Campo Santa Rita.
 
Aos 18 anos, Carle ainda disputa o circuito juvenil, onde ocupa nesta semana a 11ª colocação. Com pouco torneios profissionais no currículo, faturou já seu segundo título de simples em três finais alcançadas e tem outro título de duplas em nível 'future'.
 
Número 725 do ranking quando chegou a São José, Carle teve uma campanha notável ao longo da semana, superando duas cabeças de chave até a final: a gaúcha Gabriela Cé, segunda principal inscrita, e a grega Eleni Kordolaimi. Com isso, irá atingir sua mais alta classificação.
"Foi uma semana muito linda, superei partidas muito duras e apertadas", contou a campeã. "Isso tudo é fruto de tanto treinamento. Fiz uma pré-temporada de trabalho árduo e esta foi a recompensa". Ela destaca a importância de disputar torneios tão perto de casa. "Este Circuito foi muito valioso, bem organizado e com nível alto. É uma grande oportunidade para as sul-americanas".
Apesar do vice, Bosio ficou contente pelo bom retorno às quadras. "Foram quatro semanas muito competitivas no saibro brasileiro e me pareceu ótimo terminar o Circuito com uma final", afirmou a tenista de 23 anos, que ainda se recupera de uma série de problemas físicos.
 
O Circuito Feminino Future de Tênis é apresentado pelo Itaú, através da Lei de Incentivo ao Esporte/Ministério do Esporte/Governo Federal, e tem o apoio da Rede. A realização é do Instituto Esperança do Amanhã. O Circuito tem a chancela da Federação Internacional de Tênis, da Confederação Brasileira de Tênis, da Federação Paranaense de Tênis e da Federação Paulista de Tênis.
Acompanhe tudo sobre o Circuito Feminino Future de Tênis:
Site oficial: circuitotenisfeminino.com
Facebook e Instagram: @circuitotenisfeminino
Instagram: instagram.com/circuitotenisfeminino/
Facebook - facebook.com/circuitotenisfeminino/

 

 

Juvenil elimina Cé e São José terá final argentina
Promessa argentina de 18 anos sobreviveu a batalha de 3h36 e buscará segundo título de ITF contra Bosio

 

São José dos Campos (SP) - Mais uma esperança do poderoso tênis argentino, a juvenil Maria Lourdes Carle mostrou toda sua qualidade, força física e poder mental para sobreviver a uma batalha de 3h36 e eliminar a canhota gaúcha Gabriela Cé, com virada de 5/7, 6/4 e 7/6 (7-4 no tiebreak).
Na decisão da terceira etapa do Circuito Feminino Future de Tênis, Carle enfrentará a compatriota Victoria Bosio, que logo depois superou sem sustos a peruana Dominique Schaefer, por 6/1 e 6/4. A decisão acontecerá às 11 horas deste domingo no Clube de Campo Santa Rita, com entrada gratuita.
Aos 18 anos, Carle ainda disputa o circuito juvenil, onde ocupa nesta semana a 11ª colocação. Por isso mesmo, disputou poucos torneios profissionais e ainda assim tem um título de simples e outro de duplas, ambos obtidos no ITF de Buenos Aires no ano passado. Está no 725º lugar do ranking da WTA e deve atingir nesta segunda-feira sua mais alta classificação.
"A chave foi estar bem de cabeça, me concentrei bastante depois do primeiro set e esqueci o público", analisou Maria Lourdes, que ganhou pela segunda vez de Cé. "Obviamente, estou muito cansada, mas o físico foi importante".
Bosio é cinco anos mais velha e tem quatro conquistas em nível ITF, sempre sobre o saibro, a mais recente em 2016. Viveu sua melhor temporada em 2015, quando atingiu a 342ª posição do ranking. Nesta semana, é apenas a 630ª.
"Vivi um ano complicado em 2017, com muitas lesões, entre elas uma cirurgia de hérnia e também um problema na mão", explica Bosio. "Acima de tudo, estou contente por novamente competir em bom nível e sem sentir dores".
O título de duplas em São José foi brasileiro. Thaisa Pedretti chegou ao bicampeonato, desta vez ao lado de Carolina Meligeni Alves, ao derrotarem com facilidade Schaefer e a grega Eleni Kordolaimi, por 6/4 e 6/1.
 
O Circuito Feminino Future de Tênis é apresentado pelo Itaú, através da Lei de Incentivo ao Esporte/Ministério do Esporte/Governo Federal, e tem o apoio da Rede. A realização é do Instituto Esperança do Amanhã. O Circuito tem a chancela da Federação Internacional de Tênis, da Confederação Brasileira de Tênis, da Federação Paranaense de Tênis e da Federação Paulista de Tênis.
 
Acompanhe tudo sobre o Circuito Feminino Future de Tênis:
Site oficial: circuitotenisfeminino.com
Facebook e Instagram: @circuitotenisfeminino
Instagram: instagram.com/circuitotenisfeminino/
Facebook - facebook.com/circuitotenisfeminino/

 

 

Gabriela Cé vai à semifinal em São José dos Campos
Gaúcha dominou amplamente duelo contra Pedretti. Atual campeã, Kurata caiu no terceiro set.

 

São José dos Campos (SP) - A gaúcha Gabriela Cé será a representante brasileira nas semifinais de simples da terceira etapa do Circuito Feminino Future de Tênis. Nesta sexta-feira, ela só teve um set equilibrado diante da ex-parceira de duplas Thaisa Pedretti e venceu por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/0.
Sua adversária na penúltima rodada será a argentina Maria Lourdes Carle, que eliminou a compatriota Carla Lucero com facilidade, por 6/1 e 6/2. A atual campeã Nathaly Kurata não conseguiu superar a também argentina Victoria Bosio e perdeu por 6/4, 3/6 e 6/1. Bosio decidirá vaga na final contra a peruana Dominique Schaefer, ao superar a argentina Stephanie Petit, por 6/0, 5/7 e 7/6 (7-3). A rodada começará às 11h no Clube de Campo Santa Rita, com entrada gratuita.
Canhota de 25 anos, Gabi disputará sua primeira semifinal desde que atingiu um título e um vice em torneios consecutivos disputados sobre quadra dura do Campos do Jordão Tênis Clube, em julho do ano passado. Nesta temporada, ela só havia atingido as quartas uma vez, em Campinas, na semana anterior.
"Sabia que tinha de melhorar bastante para hoje, a Thaisa é muito competitiva e eu queria desempenhar melhor a questão mental, que era só o que estava me atrapalhando", conta Cé. "Hoje administrei tudo e joguei meu melhor tênis, como nos velhos tempos. Se mantiver isso, terei chance de chegar novamente a um nível bom".
A gaúcha diz que o salto de qualidade foi fruto de muita conversa. "Tenho uma equipe técnica maravilhosa, que me ajuda o tempo inteiro. Conversamos muito ontem e acho que entrou na minha mente". Treinada por Fernando Roese, Gabriela tem oito títulos de nível ITF em sua carreira.
A peruana Schaefer, que reside atualmente nos Estados Unidos, festejou a segunda semifinal da curta carreira. "Acho que tenho jogado de forma muito sólida nesta semana, apesar do forte calor. Sofri altos e baixos nesta transição para o circuito profissional", admite a tenista de 19 anos. "Procuramos fazer um trabalho específico para melhorar meu primeiro saque e isso está funcionando".
O Circuito Feminino Future de Tênis é apresentado pelo Itaú, através da Lei de Incentivo ao Esporte/Ministério do Esporte/Governo Federal, e tem o apoio da Rede. A realização é do Instituto Esperança do Amanhã. O Circuito tem a chancela da Federação Internacional de Tênis, da Confederação Brasileira de Tênis, da Federação Paranaense de Tênis e da Federação Paulista de Tênis.
Acompanhe tudo sobre o Circuito Feminino Future de Tênis:
Site oficial: circuitotenisfeminino.com
Facebook e Instagram: @circuitotenisfeminino
Instagram: instagram.com/circuitotenisfeminino/
Facebook - facebook.com/circuitotenisfeminino/

 

 

Pedretti, Cé e Kurata estão nas quartas em São José
Tênis brasileiro tem uma semifinalista garantida, que sai entre Cé e Pedretti. Rodada começa 12h no Santa Rita.

 

São José dos Campos (SP) - O tênis brasileiro já tem uma semifinalista garantida na terceira etapa do Circuito Feminino Future de Tênis. A gaúcha Gabriela Cé enfrentará a paulista Thaisa Pedretti nesta sexta-feira no Clube de Campo Santa Rita. Ao mesmo tempo, a atual campeã Nathaly Kurata tenta dar mais um passo rumo ao bicampeonato.
Cé se favoreceu do abandono da chilena Daniela López quando o jogo estava empatado no terceiro set. Cé havia perdido por 3/6, mas reagia com 6/0 e 1/1 quando López sofreu leve rompimento de tendão do pé direito. Mais exigente ainda foi a vitória de Pedretti sobre a paraguaia Camila Campiz, sétima principal inscrita, com placar final de 6/7 (4-7), 6/2 e 6/3.
"Era jogo chato e comecei errando muito, sem me encontrar. Aos poucos fiquei mais sólida e aí o jogo passou a virar", analisou Cé. "Estou precisando ficar com mais sangue no olho". Parceiras de duplas no ano passado com muito sucesso, Cé e Pedretti se enfrentaram apenas uma vez em simples, com vitória da gaúcha, em 2014. "Já havia jogado várias vezes contra Campiz e sempre foi duro. O primeiro set escapou, mas o importante foi que mantive a calma e me motivei ainda mais. Lembrei de tudo que venho treinando e me esforçando, não desanimei. Meu saque ajudou muito nas horas decisivas", contou Pedretti.
Quem avançar do duelo brasileiro, terá certamente uma argentina como adversária das semifinais, que sairá do confronto entre Carla Lucero e Maria Lourdes Carle. As duas eliminaram cabeças de chave nesta quinta-feira: Lucero superou a chilena e quarta favorita Barbara Gatica, duplo 6/2, e Carle tirou a grega e cabeça 5 Eleni Kordolaimi, por 6/2 e 7/5.
Kurata por sua vez precisou de toda sua experiência diante da juvenil Ana Paula Melilo. A carioca radicada em São Paulo venceu o primeiro set por 5/7, mas Kurata conseguiu reagir e marcar 6/0 e 6/4. Sua adversária agora será a argentina Victoria Bosio, que passou pela norte-americana Stephanie Nemtsova, 6/2 e 6/2. "Senti muito o calor hoje, estava bem mais exausta que o normal e dei uma caída no final do primeiro set. Aí consegui reagir. O terceiro set foi tenso", afirmou Kurata. "Fiquei feliz porque consegui me manter com a cabeça firme. Gosto muito de jogar no Brasil, algo que a gente só valoriza depois que está lá fora".
A outra vaga na semifinal ficará entre a peruana Dominique Schaefer e a argentina Stephanie Petit. Com grande atuação, Schaefer derrotou a chilena e cabeça 1 Fernanda Brito, por 6/1 e 7/5, enquanto Petit precisou ganhar duas vezes. Primeiro completou a vitória de segunda rodada sobre Marina Figueiredo, por 6/2 e 6/1, e depois tirou a norte-americana Akiko Okuda, 6/1 e 6/2.
A rodada desta sexta-feira começará às 12 horas com Pedretti x Cé e Schaefer x Petit, seguindo-se Kurata x Bosio e Carle x Lucero. O título de duplas será decidido às 17h30 e pode ser brasileiro: Pedretti, que é a atual campeã de duplas em São José, e Carolina Meligeni Alves enfrentarão Kordolaimi e Schaefer.
 
O Circuito Feminino Future de Tênis é apresentado pelo Itaú, através da Lei de Incentivo ao Esporte/Ministério do Esporte/Governo Federal, e tem o apoio da Rede. A realização é do Instituto Esperança do Amanhã. O Circuito tem a chancela da Federação Internacional de Tênis, da Confederação Brasileira de Tênis, da Federação Paranaense de Tênis e da Federação Paulista de Tênis.
 
Acompanhe tudo sobre o Circuito Feminino Future de Tênis:
Site oficial: circuitotenisfeminino.com
Facebook e Instagram: @circuitotenisfeminino
Instagram: instagram.com/circuitotenisfeminino/
Facebook - facebook.com/circuitotenisfeminino/

 

 

 

Kurata vence e enfrenta surpresa de 17 anos em São José
Ana Paula Melilo, de 17 anos, obteve seu primeiro ponto no ranking internacional

 

São José dos Campos (SP) - O tênis brasileiro colocou mais duas representantes nas oitavas de final da terceira etapa do Circuito Feminino Future de Tênis. Enquanto Nathaly Kurata justificou com sobras seu favoritismo, Ana Paula Melilo, que recebeu convite dos organizadores, ganhou sua primeira partida em nível profissional aos 17 anos. As duas irão se enfrentar nesta quinta-feira.
Cabeça 3 da semana e atual campeã do torneio, Kurata não cedeu um único game a Ana Luiza Cruz, anotando duplo 6/0. Melilo, por sua vez, superou Erika Pereira, saída do qualificatório, com placar de 6/3 e 6/2. "Fiz tudo que tinha de fazer, estava muito quente e por isso a experiência ajuda a administrar bem o ritmo do jogo", afirmou Kurata, que procura não pensar na defesa do título: "Prefiro pensar rodada a rodada".
Melilo disse ter controlado os nervos. "Joguei três torneios juvenis fortes nas últimas semanas e isso me deixou preparada para o Circuito. Estava focada para este torneio com o objetivo de marcar meu primeiro ponto no ranking internacional e consegui me livrar do nervosismo", conta ela, que tem 1,57m. "Sempre gostei mais de contraatacar e tenho físico para ficar três horas em quadra".
Outras quatro brasileiras ficaram no caminho. Mesmo cabeça 6, Carolina Meligeni Alves não se encontrou diante da argentina Victoria Bosio e caiu por 6/1 e 6/2, enquanto Eduarda Piai não repetiu a boa campanha de Campinas na semana passada e parou diante da peruana Dominique Schaefer, por 6/2 e 7/6 (7-2). Rebeca Pereira e Giovanna Tomita perderam de norte-americanas: Akiko Okuda marcou 6/1 e 7/6 (7-1) sobre Rebeca e Stephanie Nemtsova superou Tomita, 6/3 e 6/1.
 
A rodada desta quinta-feira terá a disputa de todos os jogos de oitavas de final de simples e as duas semifinais de duplas. A entrada é gratuita para o público. Veja a ordem:
 
Quadra principal - 11 horas
[3]Nathaly Kurata (BRA) vs. Ana Paula Melilo (BRA)
[5]Eleni Kordolaimi (GRE) vs. Maria Lourdes Carle (ARG)
Daniela Macarena (CHI) vs. [2]Gabriela Cé (BRA)
Não antes das 15h30
Nathaly Kurata/Eduarda Piai (BRA) vs. Carolina Alves/Thaisa Pedretti (BRA)
Fernanda Brito (CHI)/Camila Campiz (PAR) vs. Eleni Kordolaimi (GRE)/Dominique Schaefer (PER)

Quadra 11 - 11 horas
[1]Fernanda Brito (CHI) vs. Dominique Schaefer (PER)
Stephanie Nemtsova (EUA) vs. Victoria Bosio (ARG)
Não antes de 14 horas
Akiko Okuda (EUA) vs. Marina Figueiredo (BRA) ou [8]Stephanie Petit (ARG)
Quadra 9 - 11 horas
[7]Camila Campiz (PAR) vs. Thaisa Pedretti (BRA)
Carla Lucero (ARG) vs. [4]Barbara Gatica (CHI)
 
O Circuito Feminino Future de Tênis é apresentado pelo Itaú, através da Lei de Incentivo ao Esporte/Ministério do Esporte/Governo Federal, e tem o apoio da Rede. A realização é do Instituto Esperança do Amanhã. O Circuito tem a chancela da Federação Internacional de Tênis, da Confederação Brasileira de Tênis, da Federação Paranaense de Tênis e da Federação Paulista de Tênis.
 
Acompanhe tudo sobre o Circuito Feminino Future de Tênis:
Site oficial: circuitotenisfeminino.com
Facebook e Instagram: @circuitotenisfeminino
Instagram: instagram.com/circuitotenisfeminino/
Facebook - facebook.com/circuitotenisfeminino/

 

 

Francesa de 20 anos conquista título em Campinas
Harmony Tan completou semana perfeita e fatura o título da segunda etapa do Circuito sem perder sets

 

Campinas (SP) - Com um tênis sólido, a francesa Harmony Tan completou uma semana perfeita sobre o saibro da Sociedade Hípica e conquistou neste domingo a etapa campineira do Circuito Feminino Future de Tênis. Diante de grande público, ela gastou apenas 59 minutos para superar a compatriota Alice Rame, por 6/2 e 6/0. As duas finalistas têm apenas 20 anos.
 
Este foi o quinto título da curta carreira de Tan, que começou a jogar tênis com apenas seis anos e considera o saibro como seu piso mais forte. Sua última conquista havia sido sobre quadra dura em Portugal, há exatamente 12 meses. Com os pontos somados em Campinas, Tan deverá atingir o mais alto ranking da carreira, que foi o 324º posto em julho de 2017.
 
"Joguei de forma agressiva a semana toda. Estou mais forte fisicamente e isso tem feito a diferença", avaliou a campeã, que não perdeu um único set na semana e ainda aplicou quatro 'pneus', ou seja, o placar de 6/0.
"É muito chato jogar contra uma amiga, a quem conheço desde criança". Sua meta é tentar os qualificatórios para os Grand Slam ainda em 2018: "A meta é me fixar no top 200 para isso". A finalista Rame lamentou a falta de competitividade na decisão do título: "Estava realmente cansada".
 
Com o triunfo de Tan, o Circuito Feminino já teve duas campeãs europeias nesta edição, já que o título de Curitiba, há duas semanas, ficou com a eslovena Tamara Zidansek. A próxima etapa terá largada já nesta segunda-feira no Clube de Campo Santa Rita, em São José dos Campos.
O Circuito Feminino Future de Tênis é apresentado pelo Itaú, através da Lei de Incentivo ao Esporte/Ministério do Esporte/Governo Federal, e tem o apoio da Rede. A realização é do Instituto Esperança do Amanhã. O Circuito tem a chancela da Federação Internacional de Tênis, da Confederação Brasileira de Tênis, da Federação Paranaense de Tênis e da Federação Paulista de Tênis.
 
Acompanhe tudo sobre o Circuito Feminino Future de Tênis:
Site oficial: circuitotenisfeminino.com
Facebook e Instagram: @circuitotenisfeminino
Instagram: instagram.com/circuitotenisfeminino/
Facebook - facebook.com/circuitotenisfeminino/

 

Cé e Kurata lideram brasileiras em São José dos Campos
Carolina Alves é outro destaque nacional na terceira etapa do Circuito Feminino Future

 

São José dos Campos (SP) - Nove brasileiras estão garantidas na chave principal de simples da terceira e última etapa do Circuito Feminino Future de Tênis, que dá largada nesta segunda-feira nas quadras de saibro do Clube de Campo Santa Rita.
A canhota gaúcha Gabriela Cé e a paulista Nathaly Kurata são os destaques nacionais na competição que vale pontos para o ranking mundial. Cé entrou como cabeça de chave 2 e estreará diante da convidada Camila Bossi. No seu quadrante, ficou também a paulista Thaisa Pedretti, de 18 anos, que aguarda uma jogadora vinda do qualificatório.
Kurata por sua vez é a terceira principal inscrita e inicia caminhada diante da pouco experiente Ana Luiza Cruz. Há boa chance de Kurata cruzar nas quartas de final com a também paulista Carolina Alves. A sobrinha de Fernando Meligeni no entanto tem primeira partida difícil diante da argentina Victoria Bosio. No setor, entrou outra convidada dos organizadores, Ana Paula Melilo.
Destaque na segunda etapa do Circuito, tendo atingido as semifinais em Campinas, a paulista Eduarda Piai tem tarefa dura em São José. Começa diante da peruana Dominique Schaefer e, em caso de vitória, deve cruzar então com a principal favorita, a chilena Fernanda Brito. A convidada Marina Figueiredo enfrentará a argentina Stephanie Petit.
A rodada desta segunda-feira terá início às 10 horas com os oito jogos que decidem o qualificatório. A seguir, acontece toda a primeira rodada da chave de duplas. A entrada para o público é gratuita.
 
O Circuito Feminino Future de Tênis é apresentado pelo Itaú, através da Lei de Incentivo ao Esporte/Ministério do Esporte/Governo Federal, e tem o apoio da Rede. A realização é do Instituto Esperança do Amanhã. O Circuito tem a chancela da Federação Internacional de Tênis, da Confederação Brasileira de Tênis, da Federação Paranaense de Tênis e da Federação Paulista de Tênis.
 
Acompanhe tudo sobre o Circuito Feminino Future de Tênis:
Site oficial: circuitotenisfeminino.com
Facebook e Instagram: @circuitotenisfeminino
Instagram: instagram.com/circuitotenisfeminino/
Facebook - facebook.com/circuitotenisfeminino/

 

 

 

HOME

 

Voltar ao topo