RIO OPEN 2017

 

Favorito Dominic Thiem derrota Pablo Carreño Busta e conquista Rio Open pela primeira vez

Austríaco, número 8 do mundo, vence ATP 500 no saibro, seu oitavo título da carreira

 

O austríaco Dominic Thiem, 8o colocado no ranking mundial e cabeça-de-chave número 2, venceu o espanhol Pablo Carreño Busta, cabeça 4 e 24o. na ATP, neste domingo, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/4, em 1h34min de jogo e conquistou pela primeira vez na carreira o Rio Open apresentado pela Claro. Foi o oitavo título de Thiem como profissional, o primeiro de um ATP 500 no saibro. Com a vitória o tenista da Áustria recebeu premiação de R$ 976.128, e vai somar 500 pontos no ranking. Thiem entrou para a lista dos campeões do Rio Open, que em sua quarta edição coroou o terceiro campeão top 10. Rafael Nadal, número 1 do mundo venceu em 2014, David Ferrer, número 9 ganhou em 2015 e Thiem se consagrou neste domingo.

Aos 23 anos, o austríaco já havia vencido um ATP 500, mas na quadra dura, em Acapulco-2016. O título no Rio Open é o primeiro dele nesta temporada. "Esse torneio é especial, estou muito feliz por vencer aqui. Foi uma honra jogar a final diante de Guga, um dos maiores campeões da história do tênis no saibro. Espero voltar no ano que vem, sem jogar um torneio antes ou depois, para curtir mais a cidade e o carnaval. Não tive tempo de fazer muitas coisas no Rio, mas vi o carnaval do hotel e foi impressionante a quantidade de pessoas nas ruas", disse o simpático jogador, que vestiu uma camisa de futebol do Brasil para receber o troféu criado pelo designer de jóias Antonio Bernardo, das mãos do ídolo Gustavo Kuerten, tricampeão de Roland Garros e ex-número 1 do mundo.

O tenista austríaco, que conquistou o primeiro troféu como profissional aos 21 anos - o ATP 250 de Nice-2015 -, entrou para o seleto grupo dos top 10 no ano passado, após conquistar quatro títulos e alcançar a semifinal de Roland Garros. Semifinalista do Rio Open-2016, Thiem já venceu nomes como do suíço Roger Federer e de Nadal, e busca alcançar objetivos mais altos na carreira. "Gostei como joguei esta semana, me sinto à vontade no saibro. Quero fazer uma boa temporada nos torneios de quadras rápidas, depois me manter assim na temporada europeia do saibro, e principalmente em Roland Garros" disse o jogador.

Thiem entrou na final contra Carreño Busta com a mesma firmeza dos outros jogos, mas encontrou um rival embalado pelo título da chave de duplas conquistado no dia anterior. O espanhol quebrou o saque do austríaco, abrindo 3 a 2, teve a chance de ampliar, mas o austríaco deu o troco e se manteve vivo. A partida, com longas trocas de bolas, seguiu equilibrada e Carreño Busta desperdiçou a chance de levá-la para o tiebreak. Com golpes fortes e precisos nos cantos, Thiem forçou erros do espanhol, quebrou o serviço dele de novo, e fechou o primeiro set por 7/5.

Carreño Busta não desanimou e seguiu incomodando Thiem no segundo set. Chegou a subir à rede algumas vezes com sucesso, mas a maior consistência do austríaco o fez abrir 4 a 2. O espanhol deu o troco e fez 4 a 4. Thiem confirmou seu saque e mostrou sua superioridade para fechar no 6/4 com mais uma quebra. O austríaco conquistou o título sem perder um set no torneio.

Mesmo derrotado na final, Carreño Busta comemorou a semana no Rio, com um título de duplas e o vice-campeonato nas simples. "Foi uma semana incrível. Provei que tenho nível para enfrentar os melhores tenistas do circuito. Estou vivendo meu melhor momento na carreira", disse o jogador de 25 anos, que tem dois troféus de simples no currículo, e disputou sua primeira decisão em um torneio ATP 500.

Diretor do Rio Open comemora melhor edição em quatro anos de disputa

O diretor do Rio Open, Luiz Carvalho, recebeu avaliação muito positiva da ATP em relação à quarta edição do maior torneio de tênis da América do Sul. "O relatório da ATP foi bem positivo, eles disseram que foi a melhor edição do torneio. Os jogadores também elogiaram muito. As melhorias nos vestiários, os lugares onde ficavam, a mudança de horário para início das partidas 16h30 e um ambiente no clube muito especial, com todo mundo assistindo treino, aproveitando os shows e o Leblon Boulevard. Também elogiaram o comportamento do público e a quantidade de gente assistindo aos jogos", contou.

Lui, como é conhecido, comemorou as mudanças positivas que o torneio trouxe para 2017. "Conseguimos cumprir com o que planejamos. Trouxemos dois top 10 pelo quarto ano, tivemos jogos de altíssimo nível, acho que melhor do que nos outros anos. Também foi positivo as novidades que trouxemos de entretenimento, com shows de música, além de todas as opções que oferecemos no Leblon Boulevard".



Fotos disponíveis em https://www.flickr.com/photos/rioopen2017

CAMINHO DE THIEM PARA O TÍTULO:
1ª rodada - Janko Tipsarevic (SER) - 6/4 e 7/5
Oitavas - Dusan Lajovic (SER) - 6/4 e 6/4
Quartas - Diego Schwartzman (ARG) - 6/4 e 7/6 (1)
Semifinal - Albert Ramos Vionas (ESP) - 6/2 e 6/3
Final - Pablo Carreño Busta (ESP) - 7/5 e 6/4

RESULTADO FINAL DE SIMPLES:
Dominic Thiem (AUT) 2 x 0 Pablo Carreño Busta (ESP) - 7/5 e 6/4

CAMPEÕES CHAVE DE SIMPLES DO RIO OPEN:
2017 - Dominic Thiem (AUT)
2016 - Pablo Cuevas (URU)
2015 - David Ferrer (ESP)
2014 - Rafael Nadal (ESP)

CAMPEÕES CHAVE DE DUPLAS DO RIO OPEN:
2017 - Pablo Carreño Busta (ESP)/Pablo Cuevas (URU)
2016 - Juan Sebastian Cabal (COL)/Robert Farah (COL)
2015 - Philipp Oswaldo (AUT)/Martin Klizan (SVK)
2014 - Juan Sebastian Cabal (COL)/Robert Farah (COL)

RESULTADOS FINAL DE DUPLAS:
Pablo Carreño Busta (ESP)/Pablo Cuevas (URU) 2 x 1 Juan Sebastian Cabal (COL)/Robert Farah (COL) - 6/4, 5/7 e 10/8

DATA DO RIO OPEN 2018 - 19 a 25 de fevereiro


SOBRE O RIO OPEN
O Rio Open 2017 conta com patrocínio máster da Claro, patrocínio do Itaú, Peugeot, Emirates, Fedex, Samsung e Mubadala. Também com as empresas Rolex,Tokio Marine Seguradora, Nissin, IRB Brasil RE, Daylong, Pirelli, Estácio, Stella Artois e Furnas, e ainda comBooking.com, Deloitte, Localiza, Eurofarma, Dasa, Nestlé Gelato, Raizen, Shopping Leblon e Sextante. A Rede Windsor está confirmada como rede hoteleira oficial, a Fila será a responsável pelo material esportivo e a Head, fornecedora da bola oficial do evento. A Breton irá fornecer móveis para o Corcovado Club e para o Breton Players Lounge. Lídio Carraro - a vinícola boutique brasileira-, oferecerá o espumante e vinho oficiais do Rio Open. Conta ainda com parceria da Granado, Gatorade, Antonio Bernardo, Café Orfeu, Jockey Club Brasileiro, IMG Academy e Prefeitura do Rio.

O Sportv é a emissora oficial do Rio Open e transmite em HD todos jogos da quadra central para o Brasil e mais de 160 países através da ATP Media.

O evento é incentivado pelo Ministério do Esporte - Governo Federal Brasil, através da Lei Federal de Incentivo ao Esporte.

SOBRE A IMM:
Criada no final de 2011, a IMM é uma joint venture pela empresa de investimento e desenvolvimento de Abu Dhabi, Mubadala Development Company, e a americana, WME/IMG que atua nas áreas de Esporte, Entretenimento e Venda de Ingressos.

Em Esporte, a empresa conta com o Rio Open, maior torneio de tênis da América do Sul, o consagrado torneio de vôlei de praia, o Rei e Rainha da Praia, e o Mundial de Skate Bowl, que faz parte da plataforma de eventos ao vivo do Verão Espetacular da TV Globo. Com amplo expertise nesta área, já produziu os jogos da pré-temporada da NBA, UFC, Volvo Ocean Race e uma plataforma de eventos de golfe com chancela do PGA.

No Entretenimento, a IMM tem uma sociedade com a Rock World S.A, detentora da marca Rock in Rio, uma joint venture com o Cirque Du Soleil para promover suas turnês no Brasil, é proprietária do Taste of São Paulo, o melhor festival de restaurantes do mundo e recentemente criou a área de Family entertainment para desenvolver projetos com foco em grandes musicais da Broadway e family shows. O primeiro espetáculo foi o musical mais querido de todos os tempos, o My Fair Lady , lançado em agosto de 2016 .

Em digital, a empresa atua com sua plataforma de ticketing TUDUS, que é responsável pela venda de ingressos online e off-line para os eventos da empresa e de terceiros. A área conta com projetos importantes, como venda de ingressos para NBA, show Paul McCartney, Circuito Banco do Brasil, Rio Open e todos os ingressos da Casa de Show Vivo Rio e Teatro Fashion Mall.

Mais informações:
www.rioopen.com
www.facebook.com/rioopenoficial
www.twitter.com/RioOpenOficial
www.instagram.com/rioopenoficial



 

Monteiro supera Bellucci e tenta colocar um brasileiro na semifinal do Rio Open

Marcelo Melo e parceiro Lukasz Kobut perdem e estão fora da competição
 
 
No primeiro duelo entre brasileiros na chave principal do Rio Open apresentado pela Claro, Thiago Monteiro levou a melhor sobre Thomaz Bellucci, nesta quinta-feira, pelas oitavas de final, em jogo que invadiu a madrugada no Jockey Club. Com o público na quadra Guga Kuerten se dividindo na torcida, o cearense de 22 anos fez 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (8), 3/6 e 6/3, alcançando seu melhor resultado em um torneio ATP 500.

O número 2 do país volta à quadra nesta sexta-feira, com boas chances de colocar um brasileiro pela primeira vez na semifinal do maior torneio de tênis da América do Sul. O adversário é o jovem norueguês Casper Ruud, de 18 anos, que recebeu convite da organização, no quarto jogo da quadra central, com rodada começando às 15h. Os últimos ingressos estão à venda no site www.tudus.com.br e na bilheteria do Jockey Club, na entrada do complexo.

Ruud alcançou as quartas com a vitória sobre o espanhol Roberto Carballes Baena, que veio do qualifying, por 6/7 (4), 6/4 e 7/6 (3), numa batalha de quase três horas.

A partida entre Monteiro e Bellucci foi a primeira entre os dois no circuito. Eles se conhecem há quase dez anos, e fizeram a pré-temporada juntos. Embora Bellucci vinha de uma boa estreia - vitória sobre o japonês Kei Nishikori, número 5 do mundo -, Monteiro mostrou que o Rio Open lhe traz boas vibrações. No ano passado, venceu o francês Jo-Wilfried Tsonga, então 9º colocado do ranking, na estreia, e ficou conhecido do público. Atualmente, 85º do mundo, Monteiro chegou a ultrapassar Bellucci por uma semana, no início do mês, como número 1 do Brasil, e pode assumir a posição novamente se vencer nesta sexta.

"Infelizmente tivemos de jogar cedo no torneio, mas estou feliz com a vitória. Tracei um plano de jogo e conseguir colocar em prática, me mantendo tranquilo mesmo nos momentos em que ele foi melhor", disse Monteiro. Já Bellucci lamentou a derrota. "Não me senti fisicamente bem na partida. No segundo set já estava me sentindo mal, e no terceiro set 'morri'".

Monteiro começou a partida melhor, quebrando o saque de Bellucci e abrindo 3 a 0. O jogador de Tietê devolveu a quebra e a partida chegou no tie-break. Bellucci teve chance de fechar sacando no 6 a 4, e no 8 a 7, mas foi Monteiro que fechou, com um ace e uma bola na linha, fazendo 10/8.

No segundo set, a partida seguiu equilibrada até Bellucci, atual 76º do ranking mundial e que já figurou na 21ª posição, quebrar o saque de Monteiro no 5 a 3, para fechar na sequência. O cearense, que alcançou as quartas de final do ATP 250 de Buenos Aires na semana passada, não se abalou e começou o set decisivo melhor. Quebrou o serviço de Bellucci, abrindo 3 a 0, e se manteve na frente até fechar por 6/3.

Será a primeira vez que Monteiro enfrentará Ruud, atual 208º do mundo. O norueguês, ex-número 1 do mundo juvenil, conquistou um torneio challenger e dois futures no ano passado e subiu 900 posições no ranking. Nesta temporada, disputou seu primeiro Grand Slam, vencendo um jogo do qualifying do Australian Open. "Acompanhei o final da partida dele, que foi antes da minha. Ele está tendo uma ótima semana, joga sem pressão, tem um estilo agressivo. Então espero me recuperar bem porque vai ser uma partida difícil", avaliou Monteiro.

Marcelo Melo e parceiro perdem e estão fora da competição

O brasileiro Marcelo Melo e seu parceiro, o polonês Lukasz Kubot, estão fora do Rio Open. Eles foram derrotados pelo chileno Julio Peralta e pelo argentino Horacio Zeballos, nas quartas de final, nesta quinta-feira, por um duplo 6/4.

Melo, campeão da chave de duplas de Roland Garros 2015 e ex-número 1 do mundo, tem como melhor resultado no ATP 500 do Rio a semifinal do ano passado, quando jogou com Bruno Soares.
"Cometemos muitos erros na partida. Mesmo na primeira rodada, tivemos altos e baixos. É uma parceira nova, às vezes passa por isso no começo, mas espero solucionar o mais rápido possível", disse o brasileiro, que começou a jogar com Kubot como parceiro fixo neste ano.

Os adversários de Peralta e Zeballos, nesta sexta, por uma vaga na final, são os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah , duas vezes campeões do Rio Open, em 2014 e 2016. Os colombianos venceram o norte-americano Nicholas Monroe e o neozelandês Artem Sitak por um duplo 6/2.


Rio Open presta homenagem a brasileiro André Silva, diretor do Masters 1000 de Cincinnatti

A organização do maior torneio de tênis da América do Sul homenageou na noite desta quinta-feira o brasileiro André Silva, diretor do Masters 1000 de Cincinnati, um dos principais torneios do circuito mundial. O brasileiro, que trabalhou por anos na ATP, teve papel importante nos bastidores para a realização de um ATP 500 no Rio.

"Estou emocionado, não esperava receber uma homenagem como essa. Quero agradecer pessoas como o Meligeni (ex-jogador Fernando Meligeni), o André Sá (jogador de duplas), o Lui (diretor do Rio Open, Luiz Carvalho) e o Pardal (diretor de Relações do Rio Open, Ricardo Acioly). Sem esses nomes não chegaria onde cheguei", disse Silva, na quadra Guga Kuerten, após receber uma placa comemorativa.

Natural de Campinas, Silva jogou o circuito juvenil e seguiu o caminho do tênis universitário. Com diploma em gestão esportiva na Universidade da Carolina do Sul, passou pela IMG Academy, de Nick Bollettieri, antes de começar a trabalhar na ATP como um tour manager.

Com facilidade de comunicação e bom relacionamento com os jogadores, se tornou vice-presidente do Departamento de Relações com os Tenistas e, em 2007, assumiu o cargo de chief player officer. Também trabalhou diretamente com o Conselho da ATP e dos jogadores, além de ser diretor do ATP World Finals.

Depois de mais de uma década na ATP, Silva foi trabalhar na empresa do suíço Roger Federer, a TEAM 8, até assumir o cargo de diretor do Masters de Cincinnati, no ano passado.

RESULTADOS QUINTA-FEIRA:
Thiago Monteiro (BRA) 2 x 1 Thomaz Bellucci (BRA) - 7/6 (8), 3/6 e 6/3
Alexandr Dolgopolov (UCR) 2 x 1 Horacio Zeballos (ARG) - 7/6 (4), 4/6 e 6/4
Pablo Carreno Busta (ESP) 2 x 1 Victor Estrella Burgos (DOM) - 6/2, 4/6 e 6/2
Casper Ruud (NOR) 2 x 1 Robert Carballes Baena (ESP) - 6/7 (4), 6/4 e 7/6 (3)
Bruno Soares (BRA)/Jamie Murray (GBR) 2 x 1 Andres Molteni (ARG)/Diego Schwartzman (ARG) - 6/3, 5/7 e 11/9
Juan Sebastian Cabal (COL)/Robert Farah (COL) 2 x 0 Nicholas Monroe (EUA)/Artem Sitak (NZL) - 6/2 e 6/2
Julio Peralta (CHI) x Horacio Zeballos (ARG) 2 x 0 Marcelo Melo (BRA)/Lukasz Kubot (POL) - 6/4 e 6/4
Pablo Carreno Busta (ESP)/Pablo Cuevas 2 x 0 Facundo Bagnis (ARG) x Gastão Elias (POR) - 6/4 e 7/5

ORDER OF PLAY - FRIDAY, FEBRUARY 24, 2017
QUADRA GUGA KUERTEN start 3:00 pm
[5] A. Ramos-Vinolas (ESP) vs [Q] N. Kicker (ARG)

Not Before 4:00 pm
D. Schwartzman (ARG) vs [2] D. Thiem (AUT)
[4] P. Carreno Busta (ESP) vs A. Dolgopolov (UKR)
T. Monteiro (BRA) vs [WC] C. Ruud (NOR)
QUADRA 1 start 5:00 pm
[4] J. Cabal (COL) / R. Farah (COL) vs J. Peralta (CHI) / H. Zeballos (ARG
[1] J. Murray (GBR) / B. Soares (BRA) vs [3] P. Carreno Busta (ESP) / P. Cuevas (URU



INGRESSOS À VENDA
A edição de 2017 do Rio Open apresentado pela Claro tem ingressos de R$ 30 a R$ 670, vendidos através do www.tudus.com.br. De segunda-feira a quinta-feira, serão duas sessões: Sessão 1 com início às 16h30, e Sessão Noite, 19h. Já de sexta-feira a domingo, o torneio terá sessão única. A Sessão 1 será composta pelo 1º jogo da Quadra Central e mais todos os jogos das quadras externas. A Sessão Noite será formada pelos jogos que começam a partir de 19h na Quadra Central, além dos jogos nas quadras externas. Vale destacar que qualquer ingresso dá acesso ao complexo que será montado no Jockey Club Brasileiro. O torcedor também poderá assistir aos treinos, duelos das quadras externas, além de aproveitar o Leblon Boulevard.

Todas as vendas são feitas apenas online e não há cobrança de taxa de conveniência. O pagamento poderá ser feito com cartões de crédito Visa, Mastercard, Hipercard, Elo e Diners com parcelamento em até 4 vezes sem juros.

 

Dolgopolov e Carreno Busta vencem e se enfrentam nesta sexta por vaga na semifinal do Rio Open

Bruno e Jamie confirmam favoritismo e estão na semifinal da chave de duplas
 
 
Vice-campeão na primeira edição do Rio Open apresentado pela Claro, o ucraniano Alexandr Dolgopolov teve dificuldades, mas venceu o argentino Horacio Zeballos por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (4), 4/6 e 6/4, em 2h15, nesta quinta-feira. Com a vitória, Dolgopolov avançou às quartas de final e nesta sexta enfrentará o espanhol Pablo Carreno Busta, que derrotou o dominicano Victor Estrella Burgos por 6/2, 4/6 e 6/2.

A partida é a terceira da quadra central, com rodada que se inicia às 15h. Os últimos ingressos para o maior torneio de tênis da América do Sul estão à venda no site www.tudus.com.br e na bilheteria do Jockey Club Brasileiro, na entrada do complexo.

Ex-número 13 do ranking mundial, Dolgopolov vem embalado após o título do ATP 250 de Buenos Aires, no domingo. Curiosamente, em sua trajetória para a conquista, venceu Carreno Busta na semifinal por 2 sets a 0.

A partida contra Zeballos foi bem equilibrada. O primeiro set terminou no tie-break, com vitória de Dolgopolov, que pediu atendimento médico no intervalo por causa de dores na perna esquerda. A segunda série seguiu igual e Zeballos abriu 5 games a 4. Dolgopolov sacava para empatar, mas cometeu erros e viu o argentino levar a decisão para o terceiro. Na parcial decisiva, Dolgopolov quebrou o saque do rival fazendo 5 a 4, com o serviço a seu favor. Foi firme e conquistou a vitória. "A partida hoje foi bem difícil, senti dores na perna esquerda, mas melhorei, e fiquei contente por manter a calma nos momentos decisivos para conquistar a vitória", disse o ucraniano.

Carreno Busta, adversário desta sexta, vem crescendo no circuito e no ano passado conquistou seus primeiros dois títulos da ATP. Nesta temporada, foi semifinalista em Buenos Aires e deu o quinto ponto para a Espanha na vitória sobre a Croácia pela Copa Davis. "Em Buenos Aires fizemos um primeiro set bom, os dois jogaram de forma agressiva, com altos e baixos, e eu acabei vencendo. No segundo, eu estava mais confortável, mas ele continuou bem. Acho que vai ser um jogo difícil de novo".

Sensação Dominic Thiem encara argentino por vaga na semifinal

A rodada desta sexta vai ter outros duelos pelas quartas de final. O austríaco Dominic Thiem, atual número 8 do ranking mundial, enfrenta o argentino Diego Schwartzman, no segundo jogo da quadra Guga Kuerten, com rodada que começa às 15h. No jogo que abre a rodada, o espanhol Albert Ramos Vinolas enfrenta o também argentino Nicolas Kicker.

Thiem, de 23 anos, vem se destacando no circuito e, no ano passado, foi semifinalista de Roland Garros, além de conquistar quatro títulos, chegando a sete no total. O austríaco já enfrentou Schwartzman duas vezes e venceu ambas, a última nas oitavas de final do Rio Open 2016. "Ele vem evoluindo, e acho que vai ser um jogo duro como foram os outros dois", disse Thiem.

O argentino de 24 anos conquistou seu primeiro título da ATP no ano passado, o 250 de Istambul, e foi reserva da equipe campeã da Copa Davis em 2016.

Em outra partida, Vinolas terá pela frente Kicker, que veio do qualifying. Vinolas, atual 25º do mundo, foi semifinalista do ATP 250 de Quito, há duas semanas, e no ano passado alcançou as quartas de final de Roland Garros 2016, vencendo no caminho o canadense Milos Raonic, atual número 4 do mundo. Já Kicker disputa o Rio Open pela primeira vez e pode jogar sua primeira quartas em torneio um ATP 500.


Bruno e Murray vencem jogo eletrizante e garantem vaga na semifinal do torneio

Estrelas do Rio Open, o brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray, que terminaram a temporada 2016 na primeira posição do ranking de duplas, estão na semifinal do ATP 500. Com a quadra 1 lotada, em um jogo decidido nos detalhes, eles venceram nesta quinta os argentinos Andres Molteni e Diego Schwartzman por 6/3, 5/7 e 11/9. Foi a vitória de número 300 de Murray no circuito.

A luta pela vaga na final será nesta sexta, no segundo jogo da quadra 1, com rodada começando às 17h, contra o espanhol Carreno Busta, que também joga as quartas em simples, e seu parceiro, o uruguaio Pablo Cuevas. Eles derrotaram o argentino Facundo Bagnis e o português Gastão Elias por 6/4 e 7/5.

Bruno foi três vezes semifinalista do Rio Open, no ano passado jogando ao lado de Marcelo Melo. Neste ano, trouxe Murray, com quem começou a jogar no ano passado, conquistando dois Grand Slams - Australian Open e US Open.

O set decisivo contra os argentinos foi emocionante. Bruno e Murray chegaram a abrir 9 a 5 no match tie-break e viram Molteni e Schwartzman encostarem, empatando por 9 a 9. O britânico sacou bem, e no quinto match point, depois de série de troca de bolas, Schwartman furou um voleio e viu Bruno e Murray comemorarem. "Foi um jogo difícil, de muita pressão, demos um grande passo, o que dá confiança para chegarmos na final", disse Bruno. "Soubemos controlar e manter o equilíbrio mesmo quando eles empataram o match tie-break. Foi uma boa vitória, uma atmosfera ótima, com a quadra lotada", acrescentou Murray.

O jogo da semifinal promete mais emoção no caldeirão do Rio Open. Cuevas foi campeão em duplas em Roland Garros 2008, e Busta também tem bons resultados. "É uma dupla perigosa. Temos de entrar agressivos para conseguir dominar os pontos", disse Bruno.

RESULTADOS QUINTA-FEIRA:
Alexandr Dolgopolov (UCR) 2 x 1 Horacio Zeballos (ARG) - 7/6 (4), 4/6 e 6/4
Pablo Carreno Busta (ESP) 2 x 1 Victor Estrella Burgos (DOM) - 6/2, 4/6 e 6/2
Bruno Soares (BRA)/Jamie Murray (GBR) 2 x 1 Andres Molteni (ARG)/Diego Schwartzman (ARG) - 6/3, 5/7 e 11/9
Juan Sebastian Cabal (COL)/Robert Farah (COL) 2 x 0 Nicholas Monroe (EUA)/Artem Sitak (NZL) - 6/2 e 6/2
Pablo Carreno Busta (ESP)/Pablo Cuevas 2 x 0 Facundo Bagnis (ARG) x Gastão Elias (POR) - 6/4 e 7/5


ORDER OF PLAY - FRIDAY, FEBRUARY 24, 2017
QUADRA GUGA KUERTEN start 3:00 pm
[5] A. Ramos-Vinolas (ESP) vs [Q] N. Kicker (ARG)

Not Before 4:00 pm
D. Schwartzman (ARG) vs [2] D. Thiem (AUT)
[4] P. Carreno Busta (ESP) vs A. Dolgopolov (UKR)
T. Bellucci (BRA) or T. Monteiro (BRA) vs [WC] C. Ruud (NOR) or [Q] R. Carballes Baena (ESP)
QUADRA 1 start 5:00 pm
[4] J. Cabal (COL) / R. Farah (COL) vs J. Peralta (CHI) / H. Zeballos (ARG) or [2] L. Kubot (POL) / M. Melo (BRA)
[1] J. Murray (GBR) / B. Soares (BRA) vs [3] P. Carreno Busta (ESP) / P. Cuevas (URU)


INGRESSOS À VENDA
A edição de 2017 do Rio Open apresentado pela Claro tem ingressos de R$ 30 a R$ 670, vendidos através do www.tudus.com.br. De segunda-feira a quinta-feira, serão duas sessões: Sessão 1 com início às 16h30, e Sessão Noite, 19h. Já de sexta-feira a domingo, o torneio terá sessão única. A Sessão 1 será composta pelo 1º jogo da Quadra Central e mais todos os jogos das quadras externas. A Sessão Noite será formada pelos jogos que começam a partir de 19h na Quadra Central, além dos jogos nas quadras externas. Vale destacar que qualquer ingresso dá acesso ao complexo que será montado no Jockey Club Brasileiro. O torcedor também poderá assistir aos treinos, duelos das quadras externas, além de aproveitar o Leblon Boulevard.

Todas as vendas são feitas apenas online e não há cobrança de taxa de conveniência. O pagamento poderá ser feito com cartões de crédito Visa, Mastercard, Hipercard, Elo e Diners com parcelamento em até 4 vezes sem juros.

SOBRE O RIO OPEN
O Rio Open 2017 conta com patrocínio máster da Claro, patrocínio do Itaú, Peugeot, Emirates, Fedex, Samsung e Mubadala. Também com as empresas Rolex,Tokio Marine Seguradora, Nissin, IRB Brasil RE, Daylong, Pirelli, Estácio, Stella Artois e Furnas, e ainda comBooking.com, Deloitte, Localiza, Eurofarma, Dasa, Nestlé Gelato, Raizen, Shopping Leblon e Sextante. A Rede Windsor está confirmada como rede hoteleira oficial, a Fila será a responsável pelo material esportivo e a Head, fornecedora da bola oficial do evento. A Breton irá fornecer móveis para o Corcovado Club e para o Breton Players Lounge. Lídio Carraro - a vinícola boutique brasileira-, oferecerá o espumante e vinho oficiais do Rio Open. Conta ainda com parceria da Granado, Gatorade, Antonio Bernardo, Café Orfeu, Jockey Club Brasileiro, IMG Academy e Prefeitura do Rio.

O Sportv é a emissora oficial do Rio Open e transmite em HD todos jogos da quadra central para o Brasil e mais de 160 países através da ATP Media.

O evento é incentivado pelo Ministério do Esporte - Governo Federal Brasil, através da Lei Federal de Incentivo ao Esporte.

SOBRE A IMM:
Criada no final de 2011, a IMM é uma joint venture pela empresa de investimento e desenvolvimento de Abu Dhabi, Mubadala Development Company, e a americana, WME/IMG que atua nas áreas de Esporte, Entretenimento e Venda de Ingressos.

Em Esporte, a empresa conta com o Rio Open, maior torneio de tênis da América do Sul, o consagrado torneio de vôlei de praia, o Rei e Rainha da Praia, e o Mundial de Skate Bowl, que faz parte da plataforma de eventos ao vivo do Verão Espetacular da TV Globo. Com amplo expertise nesta área, já produziu os jogos da pré-temporada da NBA, UFC, Volvo Ocean Race e uma plataforma de eventos de golfe com chancela do PGA.

No Entretenimento, a IMM tem uma sociedade com a Rock World S.A, detentora da marca Rock in Rio, uma joint venture com o Cirque Du Soleil para promover suas turnês no Brasil, é proprietária do Taste of São Paulo, o melhor festival de restaurantes do mundo e recentemente criou a área de Family entertainment para desenvolver projetos com foco em grandes musicais da Broadway e family shows. O primeiro espetáculo foi o musical mais querido de todos os tempos, o My Fair Lady , lançado em agosto de 2016 .

Em digital, a empresa atua com sua plataforma de ticketing TUDUS, que é responsável pela venda de ingressos online e off-line para os eventos da empresa e de terceiros. A área conta com projetos importantes, como venda de ingressos para NBA, show Paul McCartney, Circuito Banco do Brasil, Rio Open e todos os ingressos da Casa de Show Vivo Rio e Teatro Fashion Mall.

Mais informações:
www.rioopen.com
www.facebook.com/rioopenoficial
www.twitter.com/RioOpenOficial
www.instagram.com/rioopenoficial

Thiem confirma favoritismo e avança às quartas de final do Rio Open

Brasileiros das duplas estreiam com vitória e seguem em busca de inédito título
 
 
O austríaco Dominic Thiem, atual número 8 do ranking mundial, confirmou a condição de favorito e venceu o sérvio Dusan Lajovic, nesta quarta-feira, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 7/5, para avançar às quartas de final do Rio Open apresentado pela Claro. O próximo adversário do semifinalista de Roland Garros 2016 será o argentino Diego Schwartzman, que passou pelo compatriota Federico Delbonis por 6/4 e 7/6 (1). Os últimos ingressos para o maior torneio de tênis da América do Sul estão à venda no site www.tudus.com.br e na bilheteria do Jockey Club, na entrada do complexo.

Uma das novas estrelas do circuito, o jovem de 23 anos, além da semifinal do Grand Slam francês, conquistou quatro títulos no ano passado, chegando a sete no total. Ele vai ter um dia de descanso antes da partida contra Schwartzman. "Acho que fiz uma boa partida contra um adversário difícil. Agora é aproveitar que não jogo nesta quinta para descansar e me preparar bem", disse o austríaco.

Em outra partida desta quarta, o italiano Fabio Fognini foi eliminado pelo espanhol Albert Ramos Vinolas por 6/2 e 6/3. O adversário de Vinolas, nas quartas de final, será o argentino Nicolas Kicker, que veio do qualifying e nesta quarta venceu o belga Arthur De Greef por um duplo 6/3.

Vice-campeão na edição 2015, Fognini não teve chances contra o canhoto Vinolas, semifinalista do ATP 250 de Quito, há duas semanas. O espanhol, atual 25º do mundo, alcançou as quartas de final de Roland Garros 2016, vencendo no caminho o canadense Milos Raonic, atual número 4 do mundo.

Favoritos Bruno e Murray vencem na estreia e voltam à quadra nesta quinta-feira

Depois da vitória de Marcelo Melo e seu parceiro polonês Lukasz Kubot, na rodada da tarde, foi a vez de Bruno Soares e o britânico Jamie Murray estrearem com resultado positivo no Rio Open. Os campeões de dois Grand Slams em 2016 e dupla número 1 da temporada derrotaram o brasileiro Marcelo Demoliner e o neozelandês Marcus Daniell por 6/4 e 6/2. Os cabeças de chave nº 1 voltam à quadra 1 nesta quinta-feira, no segundo jogo da rodada que começa às 16h30, para enfrentar a parceria formada pelos argentinos Andres Molteni e Diego Schwartzman.

Bruno foi três vezes semifinalista do Rio Open, no ano passado jogando ao lado de Marcelo. Neste ano, trouxe Murray, o irmão mais velho de Andy Murray, atual número 1 de simples. Eles começaram a jogar juntos no ano passado e conquistaram o Australian Open e o US Open -, feitos que os levaram ao topo do ranking.
"Foi uma estreia boa, um dos melhores jogos que fiz aqui no Rio Open. Se continuarmos assim, temos boas chances de buscar o título", disse Bruno.

Bem ambientado ao clima do Brasil, Murray agradeceu o apoio do público. "Está sendo divertido jogar aqui, recebo apoio todos os dias do público brasileiro. Não costuma ser assim nos outros torneios, então está sendo bem legal", disse o britânico.

Molteni e Schwartzman garantiram o direito de enfrentar Bruno e Murray com a vitória sobre o brasileiro André Sá e o espanhol Tommy Robredo por 6/4 e 6/3. Em outro jogo, o argentino Facundo Bagnis e o português Gastão Elias venceram o italiano Paolo Lorenzi e o português João Sousa por 2/6, 7/6 (8) e 10/5.


RESULTADOS:
Dominic Thiem (AUT) x Dusan Lajovic (SER) - 6/2 e 7/5
Albert Ramos Vinolas (ESP) 2 x 0 Fabio Fognini (ITA) - 6/2 e 6/3
Diego Schwartzman (ARG) 2 x 0 Federico Delbonis (ARG) - 6/4 e 7/6 (1)
Nicolas Kicker (ARG) 2 x 0 Arthur De Greef (BEL) - 6/3 e 6/3
J. Sebastian Cabal (COL)/Robert Farah (COL) 2 x 0 Thomaz Bellucci (BRA)/Thiago Monteiro (BRA) x - 6/1 e 6/4
Marcelo Melo (BRA)/Lukasz Kubot (POL) 2 x 0 Fabrício Neis (BRA)/João Souza (BRA) - 6/1 e 7/6 (4)
Bruno Soares (BRA)/Jamie Murray (GBR) 2 x 0 Marcelo Demoliner (BRA)/Marcus Daniell (NZL) - 6/4 e 6/2
Andres Molteni (ARG)/Diego Schwartzman (ARG) 2 x 0 André Sá (BRA)/Tommy Robredo (ESP) - 6/4 e 6/3
Pablo C. Busta (ESP)/Pablo Cuevas (URU) x Santiago Gonzalez (MEX)/David Marrero (ESP) - 6/3 e 6/3
Facundo Bagnis (ARG)/Gastão Elias (POR) 2 x 1 Paolo Lorenzi (ITA)/João Sousa (POR) - 2/6, 7/6 (8) e 10/5

ORDER OF PLAY - THURSDAY, FEBRUARY 23, 2017
QUADRA GUGA KUERTEN start 4:30 pm
H. Zeballos (ARG) vs A. Dolgopolov (UKR)

Not Before 7:00 pm
[WC] C. Ruud (NOR) vs [Q] R. Carballes Baena (ESP)
T. Bellucci (BRA) vs T. Monteiro (BRA)
QUADRA 1 start 4:30 pm
[4] P. Carreno Busta (ESP) vs [LL] V. Estrella Burgos (DOM)
[1] J. Murray (GBR) / B. Soares (BRA) vs A. Molteni (ARG) / D. Schwartzman (ARG)
J. Peralta (CHI) / H. Zeballos (ARG) vs [2] L. Kubot (POL) / M. Melo (BRA)
QUADRA 2 start 5:00 pm
N. Monroe (USA) / A. Sitak (NZL) vs [4] J. Cabal (COL) / R. Farah (COL)
After Suitable Rest - [3] P. Carreno Busta (ESP) / P. Cuevas (URU) vs [Q] F. Bagnis (ARG) / G. Elias (POR)

INGRESSOS À VENDA
A edição de 2017 do Rio Open apresentado pela Claro tem ingressos de R$ 30 a R$ 670, vendidos através do www.tudus.com.br. De segunda-feira a quinta-feira, serão duas sessões: Sessão 1 com início às 16h30, e Sessão Noite, 19h. Já de sexta-feira a domingo, o torneio terá sessão única. A Sessão 1 será composta pelo 1º jogo da Quadra Central e mais todos os jogos das quadras externas. A Sessão Noite será formada pelos jogos que começam a partir de 19h na Quadra Central, além dos jogos nas quadras externas. Vale destacar que qualquer ingresso dá acesso ao complexo que será montado no Jockey Club Brasileiro. O torcedor também poderá assistir aos treinos, duelos das quadras externas, além de aproveitar o Leblon Boulevard.

Todas as vendas são feitas apenas online e não há cobrança de taxa de conveniência. O pagamento poderá ser feito com cartões de crédito Visa, Mastercard, Hipercard, Elo e Diners com parcelamento em até 4 vezes sem juros.

SOBRE O RIO OPEN
O Rio Open 2017 conta com patrocínio máster da Claro, patrocínio do Itaú, Peugeot, Emirates, Fedex, Samsung e Mubadala. Também com as empresas Rolex,Tokio Marine Seguradora, Nissin, IRB Brasil RE, Daylong, Pirelli, Estácio, Stella Artois e Furnas, e ainda comBooking.com, Deloitte, Localiza, Eurofarma, Dasa, Nestlé Gelato, Raizen, Shopping Leblon e Sextante. A Rede Windsor está confirmada como rede hoteleira oficial, a Fila será a responsável pelo material esportivo e a Head, fornecedora da bola oficial do evento. A Breton irá fornecer móveis para o Corcovado Club e para o Breton Players Lounge. Lídio Carraro - a vinícola boutique brasileira-, oferecerá o espumante e vinho oficiais do Rio Open. Conta ainda com parceria da Granado, Gatorade, Antonio Bernardo, Café Orfeu, Jockey Club Brasileiro, IMG Academy e Prefeitura do Rio.

O Sportv é a emissora oficial do Rio Open e transmite em HD todos jogos da quadra central para o Brasil e mais de 160 países através da ATP Media.

O evento é incentivado pelo Ministério do Esporte - Governo Federal Brasil, através da Lei Federal de Incentivo ao Esporte.

SOBRE A IMM:
Criada no final de 2011, a IMM é uma joint venture pela empresa de investimento e desenvolvimento de Abu Dhabi, Mubadala Development Company, e a americana, WME/IMG que atua nas áreas de Esporte, Entretenimento e Venda de Ingressos.

Em Esporte, a empresa conta com o Rio Open, maior torneio de tênis da América do Sul, o consagrado torneio de vôlei de praia, o Rei e Rainha da Praia, e o Mundial de Skate Bowl, que faz parte da plataforma de eventos ao vivo do Verão Espetacular da TV Globo. Com amplo expertise nesta área, já produziu os jogos da pré-temporada da NBA, UFC, Volvo Ocean Race e uma plataforma de eventos de golfe com chancela do PGA.

No Entretenimento, a IMM tem uma sociedade com a Rock World S.A, detentora da marca Rock in Rio, uma joint venture com o Cirque Du Soleil para promover suas turnês no Brasil, é proprietária do Taste of São Paulo, o melhor festival de restaurantes do mundo e recentemente criou a área de Family entertainment para desenvolver projetos com foco em grandes musicais da Broadway e family shows. O primeiro espetáculo foi o musical mais querido de todos os tempos, o My Fair Lady , lançado em agosto de 2016 .

Em digital, a empresa atua com sua plataforma de ticketing TUDUS, que é responsável pela venda de ingressos online e off-line para os eventos da empresa e de terceiros. A área conta com projetos importantes, como venda de ingressos para NBA, show Paul McCartney, Circuito Banco do Brasil, Rio Open e todos os ingressos da Casa de Show Vivo Rio e Teatro Fashion Mall.

Mais informações:
www.rioopen.com
www.facebook.com/rioopenoficial
www.twitter.com/RioOpenOficial
www.instagram.com/rioopenoficial

 

Guga elogia mais um ano de sucesso de Rio Open e convida público para Monteiro x Bellucci

Duelo brasileiro acontece na noite desta 5a. e vale vaga nas 4as. do maior torneio da América do Sul
 
 
Eles são amigos, fizeram a pré-temporada juntos, jogam a chave de duplas em parceria, mas nesta quinta-feira serão rivais. Os brasileiros Thomaz Bellucci e Thiago Monteiro se enfrentam no segundo jogo da quadra Guga Kuerten, com rodada que se inicia às 19h, por uma vaga nas quartas de final do Rio Open apresentado pela Claro. Os últimos ingressos para o maior torneio de tênis da América do Sul estão à venda no site www.tudus.com.br e na bilheteria do Jockey Club, na entrada do complexo.

Pela primeira vez nos quatro anos de Rio Open dois brasileiros vão duelar na chave principal de simples. Também será o primeiro jogo entre os dois no circuito. "Vai ser difícil para nós dois, nos conhecemos muito bem, treinamos juntos. Conheço o Thiago desde que ele tinha uns 14 anos, quando treinei com o Larri Passos. Claro que seria melhor se a partida fosse a final do torneio, mas aconteceu agora e espero que a gente faça um grande jogo para o público. É muito legal ver dois brasileiros se enfrentando em um ATP 500 em casa", disse Bellucci, que tem como melhor resultado no Rio Open as quartas de final de 2014.

Atual 76º do ranking mundial, Bellucci já figurou na 21ª posição, o segundo melhor brasileiro na lista depois de Gustavo Kuerten. Em sua estreia no Rio Open, o canhoto de 29 anos surpreendeu o japonês Kei Nishikori, número 5 do mundo. O paulista tem quatro títulos de ATP na carreira, e nesta temporada foi vice-campeão em Quito.

Já Monteiro, que chegou a ultrapassar Bellucci por uma semana, no início do mês, como número 1 do Brasil, ficou conhecido do público após virar sensação do Rio Open 2016. O cearense de 22 anos alcançou as oitavas de final, com direito a vitória sobre o francês Jo-Wilfried Tsonga, então 9º colocado do ranking, na estreia. O também canhoto ocupa a 85ª posição no ranking. No ano passado, subiu 400 posições, foi às quartas de dois ATPs 250, e defendeu o Brasil pela primeira vez na Copa Davis. "Torci para o Bellucci contra o Nishikori. Ele tem muito potencial, joga de forma agressiva, vai ser uma partida bem difícil", disse Monteiro, quadrifinalista do ATP 250 de Buenos Aires, na semana passada.

Nesta quarta eles jogaram juntos a chave de duplas e foram eliminados pelos colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, dupla duas vezes campeã do Rio Open, em 2014 e 2016, por 6/1 e 6/4.

Quem levar a melhor no duelo entre Bellucci e Monteiro terá pela frente o vencedor da partida entre o norueguês Casper Ruud, e o espanhol Roberto Carballes Baena, que jogam às 19h, na quadra central.


Guga elogia mais um ano de sucesso do torneio e comemora brasileiro nas quartas

A passagem de Gustavo Kuerten pelo Rio Open sempre é especial. O tricampeão de Roland Garros e ex-número 1 do mundo chegou nesta quarta ao Jockey Club Brasileiro e, mais uma vez, comemorou a realização de um ATP 500 no Brasil.

"O país vive um momento delicado, enfrenta dificuldades, então é um mérito conseguirmos fazer um torneio desse nível, de sucesso, pelo quarto ano consecutivo, com bons jogadores, com a boa presença do público", disse o maior ídolo do tênis nacional.

Guga acha positivo o duelo entre dois brasileiros na competição. "Somos poucos brasileiros no circuito e esporadicamente acontece de enfrentar um compatriota. Enfrentei o Meligeni (Fernando Meligeni) algumas vezes também, era estranho. O lado positivo é que vamos ter um brasileiro nas quartas de final. Acho que amanhã, o Thiago vai entrar mais solto e o Bellucci assumindo o favoritismo. Vai servir de teste para os dois", disse o ex-número 1.

Como sempre, o ex-jogador sofre por não estar em quadra. "Essa vontade de jogar, mesmo sem ter condições físicas (ainda sofre com problema no quadril), simboliza que foi muito bom tudo que fiz, que teve muito valor. Tento tirar proveito disso vindo aqui, de estar próximo, contribuir de alguma forma", disse Guga, que comemora em 2017 os 20 anos da primeira conquista do primeiro título no Grand Slam francês. "É um ano especial, faz tempo, muita coisa mudou, evoluiu. Mas acho importante resgatar essa história, é algo fundamental para inspirar a garotada".

Questionado na coletiva de imprensa sobre a possibilidade de virar treinador, Guga manteve a decisão já tomada há alguns anos. "Ser treinador está fora dos planos. Sei que tenho muito o que passar, mas a maneira que encontrei é com minhas escolinhas pelo país, investindo nas crianças, em formar bons treinadores. O Thiago passou pela escolinha, quando tinha uns 13 anos, hoje está no profissional", contou.

Sobre o Rio Open sair do Jockey para o Parque Olímpico, mudando do piso de saibro para a quadra dura, Guga acha que ainda é cedo para isso. "Temos um Parque Olímpico pronto, na mesma cidade, é normal pensarmos nisso. Mas consigo visualizar, pela dimensão que é o parque olímpico, um torneio na quadra dura, sendo um Masters 1000", disse.


Vice-campeão de 2014, Dolgopolov enfrenta argentino Zeballos também nesta quinta

O ucraniano Alexandr Dolgopolov, vice-campeão da primeira edição do Rio Open, pega o argentino Horacio Zeballos, às 16h30, na quadra central, pelas oitavas de final.

Ex-número 13 do ranking mundial, Dolgopolov vem embalado após o título do ATP 250 de Buenos Aires, no domingo. Depois de sofrer com lesões nos últimos três anos, o jogador, atual 50º, que já foi elogiado pelo espanhol Rafael Nadal e pelo suíço Roger Federer, vem mostrando que pode voltar às primeiras posições do ranking.

Será o terceiro confronto entre o ucraniano e Zeballos, e o argentino tem a vantagem: venceu os dois primeiros, ambos em quadra rápida.

Quem vencer terá pela frente o melhor entre o dominicano Victor Estrella Burgos e o espanhol Pablo Carreno Busta, que jogam às 16h30, na quadra 1.


Argentinos são os primeiros a garantir vaga nas quartas da competição

No duelo entre argentinos, nesta quarta-feira, Diego Schwartzman levou a melhor sobre Federico Delbonis por 6/4 e 7/6 (1), e garantiu vaga nas quartas de final. Já o também argentino Nicolas Kicker passou pelo belga Arthur De Greef por um duplo 6/3 e também avançou.

Marcelo Melo e Lukasz Kubot estreiam com vitória na chave de duplas

A quadra 1 do Rio Open, que já ficou conhecida por ser um caldeirão pela proximidade do público, ferveu nesta quarta-feira. Campeão da chave de duplas de Roland Garros 2015, o brasileiro Marcelo Melo, e seu novo parceiro no circuito, o polonês Lukasz Kubot, campeão do Australian Open 2014, estrearam com vitória. Com a arquibancada lotada, eles derrotaram os brasileiros João Souza, o Feijão, e Fabrício Neis, por 6/1 e 7/6 (4). Nas quartas de final, nesta quinta, no terceiro jogo da quadra 1, eles enfrentarão a dupla formada pelo chileno Julio Peralta e o argentino Horacio Zeballos.


RESULTADOS:
Diego Schwartzman (ARG) 2 x 0 Federico Delbonis (ARG) - 6/4 e 7/6 (1)
Nicolas Kicker (ARG) 2 x 0 Arthur De Greef (BEL) - 6/3 e 6/3
J. Sebastian Cabal (COL)/Robert Farah (COL) 2 x 0 Thomaz Bellucci (BRA)/Thiago Monteiro (BRA) x - 6/1 e 6/4
Marcelo Melo (BRA)/Lukasz Kubot (POL) x Fabrício Neis (BRA)/João Souza (BRA) - 6/1 e 7/6 (4)

ORDER OF PLAY - THURSDAY, FEBRUARY 23, 2017
QUADRA GUGA KUERTEN start 4:30 pm
H. Zeballos (ARG) vs A. Dolgopolov (UKR)

Not Before 7:00 pm
[WC] C. Ruud (NOR) vs [Q] R. Carballes Baena (ESP)
T. Bellucci (BRA) vs T. Monteiro (BRA)

QUADRA 1 start 4:30 pm
[4] P. Carreno Busta (ESP) vs [LL] V. Estrella Burgos (DOM)
[1] J. Murray (GBR) / B. Soares (BRA) or M. Daniell (NZL) / M. Demoliner (BRA) vs [PR] T. Robredo (ESP) / A. Sa (BRA) or A. Molteni (ARG) / D. Schwartzman (ARG)
J. Peralta (CHI) / H. Zeballos (ARG) vs [2] L. Kubot (POL) / M. Melo (BRA)

QUADRA 2 start 5:00 pm
N. Monroe (USA) / A. Sitak (NZL) vs [4] J. Cabal (COL) / R. Farah (COL)
After Suitable Rest - [3] P. Carreno Busta (ESP) / P. Cuevas (URU) vs P. Lorenzi (ITA) / J. Sousa (POR) or [Q] F. Bagnis (ARG) / G. Elias (POR)




 

Bellucci surpreende favorito Nishikori e faz a alegria do público no Rio Open

Dolgopolov e Thiem também avançam às oitavas de final do ATP 500
 
 
Dessa vez o brasileiro Thomaz Bellucci não se intimidou ao enfrentar o favorito ao título do Rio Open apresentado pela Claro. O número 1 do país fez uma boa exibição e derrotou o japonês Kei Nishikori, número 5 do ranking mundial, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3, na noite desta terça-feira, na quadra Guga Kuerten, no Jockey Club Brasileiro. O público que encheu as arquibancadas comemorou muito a vitória do brasileiro, que terá agora pela frente o compatriota Thiago Monteiro, na quinta-feira, por vaga nas quartas de final. Os últimos ingressos estão à venda no www.tudus.com.br e na bilheteria do Jockey Clube, na entrada do complexo.

Na edição 2015 do maior torneio de tênis da América do Sul, Bellucci enfrentou o espanhol Rafael Nadal e foi derrotado. "Acho que a chave hoje foi me manter concentrado desde o primeiro game. Mesmo sofrendo a quebra no segundo set, não me abati. Joguei bem taticamente, soube me defender, coisa que às vezes não faço bem, e ele teve dificuldade para jogar", analisou o atual 76º e ex-número 21 da lista.

Foi a segunda vitória de Bellucci sobre um jogador top 5 na carreira - a outra foi contra o britânico Andy Murray, no Masters Series de Madri, em 2011. Nishikori tem 11 títulos na carreira, foi vice-campeão do US Open 2014, medalha de bronze nas Olimpíadas do Rio, e na semana passada foi vice do ATP 250 de Buenos Aires, na Argentina. "Foi uma grande vitória, uma emoção jogar com a torcida a meu favor, comemorando ponto como se fosse gol. Não é todo dia que vencemos jogadores como ele, mas tenho que seguir trabalhando".

Dono de quatro títulos na carreira, Bellucci já tinha enfrentado Nishikori em 2015, em Roland Garros, quando foi derrotado por 3 sets a 0. Neste ano, seu melhor resultado foi a semifinal do ATP 250 de Quito. Na quinta enfrentará Monteiro, que faz parte da sua equipe e com quem treinou a pré-temporada. "Conheço o Thiago desde que ele tinha 14 anos, torci para ele hoje e espero que a gente faça um grande jogo para o público", disse Bellucci, que jogará a chave de duplas com Monteiro.

Se Bellucci comemorou a vitória, Nishikori lamentou a derrota em sua primeira participação no Rio Open. "Foi uma das minhas piores partidas nos últimos anos, nada funcionou. As condições eram diferentes das de Buenos Aires, e não consegui me adaptar. Fiquei frustrado com meu jogo", lamentou.


Quem também avançou às oitavas de final foi o ucraniano Alexandr Dolgopolov, vice-campeão do Rio Open 2014. Campeão do ATP 250 de Buenos Aires, no domingo, o ex-número 13 manteve o embalo e eliminou o espanhol David Ferrer, campeão da edição 2015, com a vitória por um duplo 6/4.

Ferrer, ex-número 3 do mundo, tinha um recorde de nove vitórias contra duas derrotas contra o ucraniano, mas não conseguiu manter o retrospecto. Assim como no Rio Open 2014, Dolgopolov foi responsável pela eliminação do vice-campeão de Roland Garros 2013.

O próximo adversário do ucraniano será o argentino Horacio Zeballos, que venceu o duelo com o compatriota Carlos Berlocq por 6/2 e 6/3.

Thiem passa por Tipsarevic e volta à quadra nesta quarta contra Lajovic

O austríaco Dominic Thiem estreou no Rio Open com vitória sobre o sérvio Janko Tipsarevic por 6/4 e 7/5. Semifinalista no ano passado, Thiem é o atual oitavo do mundo e uma das novas estrelas do circuito. No ano passado, alcançou a semifinal de Roland Garros, e conquistou quatro títulos. O jovem de 23 anos volta à quadra central nesta quarta-feira, no segundo jogo da rodada noturna, para enfrentar outro sérvio, Dusan Lajovic.

"Estou feliz pela vitória, porque não foi fácil. Ainda estou sentindo os efeitos do jet lag (chegou de Roterdã na segunda-feira), estou um pouco cansado. Mas estou feliz de estar jogando no saibro, de voltar ao Rio", disse.

Tipsarevic já foi número 8 do mundo, mas passou por quatro cirurgias nos últimos anos, e tenta voltar a seus melhores dias. O campeão da Copa Davis com a Sérvia em 2010 recebeu convite da organização para jogar o Rio Open.

Também nesta terça, o dominicano Victor Estrella Burgos entrou na chave de última hora, como lucky-loser após desistência do austríaco Gerald Melzer, e venceu o argentino Guido Pella, vice-campeão do último Rio Open, por 6/2 e 7/5. O adversário nas oitavas será o espanhol Pablo Carreno Busta.

PROGRAMAÇÃO
22/02/ 2017
QUADRA CENTRAL start 4:30 pm
[7] P. Lorenzi (ITA) or F. Delbonis (ARG) vs D. Schwartzman (ARG)

Not Before 7:00 pm
[5] A. Ramos-Vinolas (ESP) vs F. Fognini (ITA)
D. Lajovic (SRB) vs [WC] J. Tipsarevic (SRB) or [2] D. Thiem (AUT)
QUADRA 1 start 4:30 pm
[WC] T. Bellucci (BRA) / T. Monteiro (BRA) vs [4] J. Cabal (COL) / R. Farah (COL)
[WC] F. Neis (BRA) / J. Souza (BRA) vs [2] L. Kubot (POL) / M. Melo (BRA)
[1] J. Murray (GBR) / B. Soares (BRA) vs M. Daniell (NZL) / M. Demoliner (BRA)
[PR] T. Robredo (ESP) / A. Sa (BRA) vs A. Molteni (ARG) / D. Schwartzman (ARG)
QUADRA 2 start 4:30 pm
[Q] N. Kicker (ARG) vs [Q] A. De Greef (BEL)
[3] P. Carreno Busta (ESP) / P. Cuevas (URU) vs S. Gonzalez (MEX) / D. Marrero (ESP)
P. Lorenzi (ITA) / J. Sousa (POR) vs [Q] F. Bagnis (ARG) / G. Elias (POR)

RESULTADOS DA TERÇA-FEIRA:
Thomaz Bellucci (BRA) 2 x 0 Kei Nishikori (JAP) - 6/4 e 6/3
Thiago Monteiro (BRA) 2 x 1 Gastão Elias (POR) - 2/6, 7/6 (4) e 6/4
Fabio Fognini (ITA) 2 x 0 Tommy Robredo (ESP) - 6/2 e 6/4
Pablo Carreno Busta (ESP) 2 x 0 João Souza (BRA) - 6/3 e 6/4
Alberto Ramos Vinolas (ESP) 2 x 0 Stephane Robert (FRA) - 6/2 e 6/0
Federico Delbonis (ARG) 2 x 1 Paolo Lorenzi (ARG) - 4/6, 6/1 e 6/4
Dominic Thiem (AUT) x Janko Tipsarevic (SER) - 6/4 e 7/5
Alexandr Dolgopolov (UCR) 2 x 0 David Ferrer (ESP) - 6/4 e 6/4
Horacio Zeballos (ARG) 2 x 0 Carlos Berlocq (ARG) - 6/2 e 6/3
Victor Estrella Burgos (DOM) 2 x 0 Guido Pella (ARG) - 6/2 e 7/5


INGRESSOS À VENDA
A edição de 2017 do Rio Open apresentado pela Claro tem ingressos de R$ 30 a R$ 670, vendidos através do www.tudus.com.br. De segunda-feira a quinta-feira, serão duas sessões: Sessão 1 com início às 16h30, e Sessão Noite, 19h. Já de sexta-feira a domingo, o torneio terá sessão única. A Sessão 1 será composta pelo 1º jogo da Quadra Central e mais todos os jogos das quadras externas. A Sessão Noite será formada pelos jogos que começam a partir de 19h na Quadra Central, além dos jogos nas quadras externas. Vale destacar que qualquer ingresso dá acesso ao complexo que será montado no Jockey Club Brasileiro. O torcedor também poderá assistir aos treinos, duelos das quadras externas, além de aproveitar o Leblon Boulevard.

Todas as vendas são feitas apenas online e não há cobrança de taxa de conveniência. O pagamento poderá ser feito com cartões de crédito Visa, Mastercard, Hipercard, Elo e Diners com parcelamento em até 4 vezes sem juros.

SOBRE O RIO OPEN
O Rio Open 2017 conta com patrocínio máster da Claro, patrocínio do Itaú, Peugeot, Emirates, Fedex, Samsung e Mubadala. Também com as empresas Rolex,Tokio Marine Seguradora, Nissin, IRB Brasil RE, Daylong, Pirelli, Estácio, Stella Artois e Furnas, e ainda comBooking.com, Deloitte, Localiza, Eurofarma, Dasa, Nestlé Gelato, Raizen, Shopping Leblon e Sextante. A Rede Windsor está confirmada como rede hoteleira oficial, a Fila será a responsável pelo material esportivo e a Head, fornecedora da bola oficial do evento. A Breton irá fornecer móveis para o Corcovado Club e para o Breton Players Lounge. Lídio Carraro - a vinícola boutique brasileira-, oferecerá o espumante e vinho oficiais do Rio Open. Conta ainda com parceria da Granado, Gatorade, Antonio Bernardo, Café Orfeu, Jockey Club Brasileiro, IMG Academy e Prefeitura do Rio.

O Sportv é a emissora oficial do Rio Open e transmite em HD todos jogos da quadra central para o Brasil e mais de 160 países através da ATP Media.

O evento é incentivado pelo Ministério do Esporte - Governo Federal Brasil, através da Lei Federal de Incentivo ao Esporte.

SOBRE A IMM:
Criada no final de 2011, a IMM é uma joint venture pela empresa de investimento e desenvolvimento de Abu Dhabi, Mubadala Development Company, e a americana, WME/IMG que atua nas áreas de Esporte, Entretenimento e Venda de Ingressos.

Em Esporte, a empresa conta com o Rio Open, maior torneio de tênis da América do Sul, o consagrado torneio de vôlei de praia, o Rei e Rainha da Praia, e o Mundial de Skate Bowl, que faz parte da plataforma de eventos ao vivo do Verão Espetacular da TV Globo. Com amplo expertise nesta área, já produziu os jogos da pré-temporada da NBA, UFC, Volvo Ocean Race e uma plataforma de eventos de golfe com chancela do PGA.

No Entretenimento, a IMM tem uma sociedade com a Rock World S.A, detentora da marca Rock in Rio, uma joint venture com o Cirque Du Soleil para promover suas turnês no Brasil, é proprietária do Taste of São Paulo, o melhor festival de restaurantes do mundo e recentemente criou a área de Family entertainment para desenvolver projetos com foco em grandes musicais da Broadway e family shows. O primeiro espetáculo foi o musical mais querido de todos os tempos, o My Fair Lady , lançado em agosto de 2016 .

Em digital, a empresa atua com sua plataforma de ticketing TUDUS, que é responsável pela venda de ingressos online e off-line para os eventos da empresa e de terceiros. A área conta com projetos importantes, como venda de ingressos para NBA, show Paul McCartney, Circuito Banco do Brasil, Rio Open e todos os ingressos da Casa de Show Vivo Rio e Teatro Fashion Mall.

Mais informações:
www.rioopen.com
www.facebook.com/rioopenoficial
www.twitter.com/RioOpenOficial
www.instagram.com/rioopenoficial


 

Thiago Monteiro arranca virada sobre português e avança às oitavas de final do Rio Open

Quarta-feira tem estreia dos campeões de Grand Slams Bruno Soares/Jamie Murray e Marcelo Melo/ Lukasz Kubot
 
 
Sensação da edição passada do Rio Open apresentado pela Claro, o brasileiro Thiago Monteiro mais uma vez levantou o público que foi à quadra Guga Kuerten, nesta terça-feira, ao avançar às oitavas de final da edição 2017 do ATP 500. Monteiro venceu, de virada, o português Gastão Elias por 2 sets a 1, com parciais de 2/6, 7/6 (4) e 6/4, e terá pela frente o vencedor entre o japonês Kei Nishikori e o brasileiro Thomaz Bellucci, que jogam ainda nesta terça-feira.

No ano passado, ainda não muito conhecido do público, o cearense de 22 anos também alcançou as oitavas, com direito a vitória sobre o francês Jo-Wilfried Tsonga, então 9º colocado do ranking, na estreia.
Segundo melhor brasileiro da lista mundial, na 85ª posição, o canhoto demorou para "entrar" na partida. No primeiro set, Elias começou sacando bem e jogando mais agressivo. O brasileiro alternava boas jogadas com erros não-forçados, e viu o português quebrar seu saque duas vezes para fechar por 6/2. No segundo, houve mais equilíbrio. Monteiro foi mais preciso e, com o apoio da torcida, levou o set para o tiebreak. Abriu 5 a 4 e, no momento decisivo, viu o português cometer uma dupla falta e jogar uma bola para fora. No set decisivo, soube usar o apoio da torcida para manter o embalo e garantir sua vaga na segunda rodada.

Ao vencer, comemorou muito com o público. "Ele começou jogando melhor, errava pouco e eu dei alguns pontos de graça. Mas aos poucos fui entrando na partida, melhorando mentalmente e, com o apoio dos torcedores, com a atmosfera fantástica na quadra central, ganhei ainda mais confiança para buscar a vitória", disse Monteiro, que na semana passada foi às quartas de final no ATP 250 de Buenos Aires.

O brasileiro, ainda tímido nas entrevistas coletivas, falou que a campanha no Rio Open no ano passado e a sequência de bons resultados na temporada fizeram com que ele passasse a ser mais conhecido do público e dos jogadores. "Ainda não sou tão assediado como os jogadores famosos, mas mudou um pouco. Também estou conversando mais com os jogadores, alguns vieram me dar parabéns após a vitória, antes isso não acontecia", contou.

Sobre o adversário de quinta-feira, disse que iria torcer para Bellucci vencer Nishikori. "Ele tem muito potencial, vou tentar ver a partida e me recuperar para o próximo jogo. Independentemente de quem vencer, são dois jogadores difíceis de enfrentar".

O outro brasileiro em quadra na sessão da tarde desta terça, João Souza, o Feijão, foi eliminado pelo espanhol Pablo Carreno Busta por 6/3 e 6/2.

Convidado pela organização, Feijão teve dificuldades contra Busta, que vem crescendo no circuito e no ano passado conquistou seus primeiros dois títulos da ATP. O espanhol enfrentará nas oitavas o vencedor da partida entre o argentino Guido Pella, vice-campeão do Rio Open no ano passado, e o dominicano Victor Estrella Burgos. Burgos entrou na chave principal de lucky-loser após desistência do austríaco Gerald Melzer.

Fognini vence Robredo e pega outro espanhol nesta quarta-feira

O italiano Fabio Fognini deu o troco no espanhol Tommy Robredo, que o venceu há uma semana, no ATP 250 de Buenos Aires, e avançou às oitavas de final com a vitória por 6/2 e 6/4. Fognini volta à quadra nesta quarta-feira, às 19h, na quadra central, para enfrentar o espanhol Albert Ramos Vinolas, que passou pelo francês Stephane Robert por 6/2 e 6/0.

Foi a décima vez que Fognini, vice-campeão da edição 2015, e Robredo se enfrentaram, e com a vitória, o italiano empatou a série.

Antes do jogo de Fognini contra Vinolas, às 16h30, o argentino Federico Delbonis enfrentará seu compatriota Diego Schwartzman pela vaga nas quartas. Delbonis venceu o italiano Paolo Lorenzi, de virada, por 4/6, 6/1 e 6/4.

Também nesta quarta, o belga Arthur De Greef, responsável por eliminar o atual campeão Pablo Cuevas na estreia, encara, às 16h30, na quadra 2, o argentino Nicolas Kicker, que assim como ele passou pelo quali.


Bruno Soares/Jamie Murray e Marcelo Melo/Lukasz Kubot estreiam na chave de duplas

A dupla formada pelo brasileiro Bruno Soares e pelo britânico Jamie Murray, campeã de dois Grand Slams em 2016 e que terminou a temporada como a melhor do mundo, estreia nesta quarta-feira no Rio Open. Bruno e Murray enfrentarão o brasileiro Marcelo Demoliner e o neozelandês Marcus Daniell no terceiro jogo da quadra 1, com rodada que começa às 16h30.

Quem também estreia é o campeão da chave de duplas de Roland Garros 2015, o brasileiro Marcelo Melo, e seu novo parceiro no circuito, o polonês Lukasz Kubot, campeão do Australian Open 2014. Melo e Kubot pegam os brasileiros Feijão e Fabrício Neis, no segundo jogo da quadra 1, o famoso caldeirão do Rio Open, por lotar de torcedores, fãs das estrelas brasileiras nas duplas.

Bruno foi três vezes semifinalista do Rio Open, no ano passado jogando ao lado de Marcelo. Neste ano, trouxe Murray, o irmão mais velho de Andy Murray, atual número 1 de simples. Eles começaram a jogar juntos no ano passado e conquistaram dois Grand Slams - Australian Open e US Open -, feitos que os levaram ao topo do ranking.

Bruno e Murray estão treinando desde quinta-feira passada nas quadras do Jockey Club Brasileiro para se adaptar às condições do Rio e ao piso de saibro. Eles não jogavam nesta superfície desde Roland Garros, em junho do ano passado. "Nosso começo de temporada foi decepcionante, mas é um longo ano com muitos torneios para jogar e vamos tentar começar a vencer aqui", disse Murray. Em 2017, eles pararam na estreia do Australian Open, foram vice no ATP 250 de Sydney e semifinalistas em Doha.

Marcelo também ainda não foi campeão do Rio Open e veio com seu novo parceiro de circuito para buscar o feito. Neste ano, eles alcançaram as oitavas do Australian Open, as quartas no ATP 250 de Roterdã e a primeira rodada do ATP 250 de Sydney.

Em outro jogo, a dupla duas vezes campeã do Rio Open, em 2014 e 2016, formada pelos colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah enfrenta os brasileiros Thomaz Bellucci e Thiago Monteiro, às 16h30, na quadra 1. Outro brasileiro estará em quadra. O veterano André Sá e seu parceiro no Rio Open, o espanhol Tommy Robredo, pegam os argentinos Diego Schwartzman e Andres Molteni, no último jogo da quadra 1.


PROGRAMAÇAO 22/02
QUADRA CENTRAL - 4:30 pm
[7] P. Lorenzi (ITA) or F. Delbonis (ARG) vs D. Schwartzman (ARG)

Não antes das 7:00 pm
[5] A. Ramos-Vinolas (ESP) vs F. Fognini (ITA)
D. Lajovic (SRB) vs [WC] J. Tipsarevic (SRB) or [2] D. Thiem (AUT)
QUADRA 1 start 4:30 pm
[WC] T. Bellucci (BRA) / T. Monteiro (BRA) vs [4] J. Cabal (COL) / R. Farah (COL)
[WC] F. Neis (BRA) / J. Souza (BRA) vs [2] L. Kubot (POL) / M. Melo (BRA)
[1] J. Murray (GBR) / B. Soares (BRA) vs M. Daniell (NZL) / M. Demoliner (BRA)
[PR] T. Robredo (ESP) / A. Sa (BRA) vs A. Molteni (ARG) / D. Schwartzman (ARG)
QUADRA 2 start 4:30 pm
[Q] N. Kicker (ARG) vs [Q] A. De Greef (BEL)
[3] P. Carreno Busta (ESP) / P. Cuevas (URU) vs S. Gonzalez (MEX) / D. Marrero (ESP)
P. Lorenzi (ITA) / J. Sousa (POR) vs [Q] F. Bagnis (ARG) / G. Elias (POR)

 

Campeão Pablo Cuevas é surpreendido na estreia do Rio Open por jogador vindo do qualifying

Brasileiro Rogério Dutra Silva perde para jovem norueguês Casper Ruud

 
 
O uruguaio Pablo Cuevas, campeão da última edição do Rio Open, foi surpreendido nesta segunda-feira pelo belga Arthur De Greef, e está fora do maior torneio de tênis da América do Sul. Vindo do qualifying, De Greef marcou 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 3/6 e 7/5, pela primeira rodada, e conquistou sua primeira vitória em um ATP 500.

"Foi a maior vitória da minha carreira. Jogar o qualifying foi bom porque ajudou a me adaptar às condições daqui, e me deixou mais preparado. Acho que ele (Cuevas) estava nervoso por defender o título, e também vinha pressionado por ter perdido na estreia em Buenos Aires (na semana passada)", disse o jogador de 24 anos. Cuevas foi responsável por eliminar o espanhol Rafael Nadal no Rio Open 2016.
O próximo adversário do tenista belga será o argentino Nicolas Kicker, que eliminou o italiano Marco Cecchinato por 7/5 e 6/0. Ambos vieram do qualifying.

Em outra partida, o brasileiro Rogério Dutra Silva foi eliminado pelo jovem norueguês Casper Ruud por 6/3 e 6/4. Foi a primeira vez na carreira que Rogerinho jogou a chave principal de um torneio de ATP 500, e lamentou a derrota na estreia. "Não consegui entrar no jogo, procurei de várias maneiras um jeito de sair da situação em que me encontrava, mas não consegui. É frustrante sair daqui sem ter conseguido dar o meu melhor em quadra", disse o 88º colocado no ranking mundial e terceiro melhor brasileiro na lista.

Rudd, por sua vez, comemorou sua primeira vitória em um torneio nível ATP, a primeira de um tenista da Noruega desde 2004. "Foi muito bom conquistar essa vitória, o que trará ainda mais confiança para os meus próximos jogos", disse o jovem de 18 anos, ex-número um juvenil, que recebeu convite da organização para jogar a chave principal. Na temporada passada, Ruud subiu 900 posições no ranking.

O próximo adversário do norueguês será o espanhol Roberto Carballes Baena, que veio do qualifying, e surpreendeu o português João Sousa, cabeça de chave número 8, por 6/3 e 6/1.

Em outros jogos, o sérvio Dusan Lajovic venceu o argentino Facundo Bagnis por um duplo 6/4, e o argentino Diego Schwartzman eliminou o compatriota Renzo Olivo por 6/2, 3/6 e 6/4.


Italianos Fognini e Bolelli caem na estreia da chave de duplas

Os italianos Fabio Fognini e Simone Bolelli, campeões do Australian Open 2015, perderam na estreia da chave de duplas do Rio Open. Os responsáveis pela derrota foram o chileno Julio Peralta e o argentino Horacio Zeballos, que marcaram 4/6, 7/6 (2) e 10/8.

Na outra partida, o norte-americano Nicholas Monroe e neozelandês Artem Sitak venceram o argentino Guillermo Duran e o espanhol Alberto Ramos Vinolas por 7/6 (5) e 7/6 (5).


Resultados:
Casper Rudd (NOR) 2 x 0 Rogério Dutra Silva (BRA) - 6/3 e 6/4
Arthur De Greef (BEL) 2 x 1 Pablo Cuevas (URU) x - 6/3, 3/6 e 7/5
Dusan Lajovic (SER) 2 x 0 Facundo Bagnis (ARG) - 6/4 e 6/4
Diego Schwartzman (ARG) 2 x 1 Renzo Olivo (ARG) - 6/2, 3/6 e 6/4
Roberto Carballes Baena (ESP) 2 x 0 João Sousa (POR) x 6/3 e 6/1
Nicolas Kicker (ARG) 2 x 0 Marco Cecchinato (ITA) - 7/5 e 6/0
Julio Peralta (CHI)/Horacio Zeballos (ARG) 2 x 1 Simone Bolelli (ITA)/Fabio Fognini (ITA) - 4/6, 7/6 (2) e 10/8
Nicholas Monroe (EUA)/Artem Sitak (NZL) 2 x 0 Guillermo Duran (ARG)/Albert Ramos Vinolas (ESP) - 7/6 (5) e 7/6 (5)



Estrelas do tênis feminino do Brasil recebem homenagem no Rio Open

As tenistas do Brasil que figuraram entre as top 100 do ranking mundial receberam homenagem na quadra Guga Kuerten, nesta segunda-feira. Maria Esther Bueno, a rainha do tênis brasileiro, campeã de 19 Grand Slams, entregou placas comemorativas para Gisele Miró (99ª), Andrea Vieira (76ª), Patrícia Medrado (48ª) e Teliana Pereira (43ª). Niege Dias (31ª) e Claudia Monteiro (72ª), que também seriam homenageadas, não puderam comparecer. "Temos uma história de superação, de passar por muitos obstáculos para deixarmos nossos nomes na história do tênis feminino brasileiro", disse Medrado.

Antes da cerimônia, as tenistas fizeram a alegria dos fãs ao bater bola nas quadras do Jockey com o público. Quem apareceu com sua raquete treinou com as jogadoras e viveu uma experiência inesquecível. Além disso, os fãs de tênis doaram raquetes antigas numa campanha do Rio Open para ajudar projetos sociais. As raquetes arrecadadas serão entregues para os cinco projetos que fazem parte do programa de incentivo a causas sociais do Rio Open: Instituto Futuro Bom, Tênis na Lagoa, Tênis Solidário, Escolinha de Tênis Fabiano de Paula e Arremessar para o Futuro.


Rio Open proporciona treinos na IMG Academy a jovem de projeto social

O jovem Cauã Paulino, de 12 anos, viveu um dia especial nesta segunda-feira, no Jockey Club Brasileiro. O garoto venceu o Torneio Winners, que reuniu 110 crianças de projetos sociais apoiados pelo Rio Open, em sua categoria, e foi sorteado para treinar na IMG Academy, no segundo semestre. O complexo multiesportivo pertence a Nick Bollettieri, considerado um "mago" do tênis por descobrir e lapidar nomes como do norte-americano Andre Agassi e da russa Maria Sharapova.

Outras cinco crianças vão ser contempladas com o prêmio - um pacote com passagem para os Estados Unidos para uma semana de treinos, com todas as despesas pagas. Elas serão indicadas pelos projetos das quais fazem parte. As crianças também ganharam ingressos para assistirem às partidas do maior torneio de tênis da América do Sul e algumas delas farão parte da equipe de Pegadores de Bola, os famosos "boleiros".

Cauã se emocionou com a oportunidade de viver essa experiência nos Estados Unidos. "É muita felicidade, quero aproveitar cada segundo que estiver lá", disse o garoto, que recebeu o prêmio das mãos da tenista Teliana Pereira, e do secretário de Esportes, Lazer e Juventude do Rio de Janeiro, Thiago Pampolha.

Os cinco projetos que fazem parte do programa de incentivo a causas sociais do Rio Open são Instituto Futuro Bom, Tênis na Lagoa, Tênis Solidário, Escolinha de Tênis Fabiano de Paula e Arremessar para o Futuro. Este último começou a ser apoiado neste ano.

Na premiação do Torneio Winners também houve a entrega de um cheque de 15 mil dólares para ser dividido entre os projetos sociais que foram apoiados pelo Rio Open no ano passado. O Rio Open foi um dos quatro torneios selecionados pelo ATP Aces for Charity para receber apoio financeiro neste ano, e repassou o prêmio aos projetos.

Campeões Torneio Winners:

Categoria Feminina - Vitória Almeida
Masculino 10 anos - Antônio Vitor
12 anos - Cauã Paulino
14 anos - Julio Cabral
16 anos - Guilherme Quirino
A partir 17 anos - José André


AS CHAVES DE SIMPLES E DUPLAS estão disponíveis neste link -
http://www.atpworldtour.com/en/scores/current/rio-de-janeiro/6932/draws


INGRESSOS À VENDA
A edição de 2017 do Rio Open apresentado pela Claro tem ingressos de R$ 30 a R$ 670, vendidos através do www.tudus.com.br. De segunda-feira a quinta-feira, serão duas sessões: Sessão 1 com início às 16h30, e Sessão Noite, 19h. Já de sexta-feira a domingo, o torneio terá sessão única. A Sessão 1 será composta pelo 1º jogo da Quadra Central e mais todos os jogos das quadras externas. A Sessão Noite será formada pelos jogos que começam a partir de 19h na Quadra Central, além dos jogos nas quadras externas. Vale destacar que qualquer ingresso dá acesso ao complexo que será montado no Jockey Club Brasileiro. O torcedor também poderá assistir aos treinos, duelos das quadras externas, além de aproveitar o Leblon Boulevard.

Todas as vendas são feitas apenas online e não há cobrança de taxa de conveniência. O pagamento poderá ser feito com cartões de crédito Visa, Mastercard, Hipercard, Elo e Diners com parcelamento em até 4 vezes sem juros.

SOBRE O RIO OPEN
O Rio Open 2017 conta com patrocínio máster da Claro, patrocínio do Itaú, Peugeot, Emirates, Fedex, Samsung e Mubadala. Também com as empresas Rolex,Tokio Marine Seguradora, Nissin, IRB Brasil RE, Daylong, Pirelli, Estácio, Stella Artois e Furnas, e ainda comBooking.com, Deloitte, Localiza, Eurofarma, Dasa, Nestlé Gelato, Raizen, Shopping Leblon e Sextante. A Rede Windsor está confirmada como rede hoteleira oficial, a Fila será a responsável pelo material esportivo e a Head, fornecedora da bola oficial do evento. A Breton irá fornecer móveis para o Corcovado Club e para o Breton Players Lounge. Lídio Carraro - a vinícola boutique brasileira-, oferecerá o espumante e vinho oficiais do Rio Open. Conta ainda com parceria da Granado, Gatorade, Antonio Bernardo, Café Orfeu, Jockey Club Brasileiro, IMG Academy e Prefeitura do Rio.

O Sportv é a emissora oficial do Rio Open e transmite em HD todos jogos da quadra central para o Brasil e mais de 160 países através da ATP Media.

O evento é incentivado pelo Ministério do Esporte - Governo Federal Brasil, através da Lei Federal de Incentivo ao Esporte.

SOBRE A IMM:
Criada no final de 2011, a IMM é uma joint venture pela empresa de investimento e desenvolvimento de Abu Dhabi, Mubadala Development Company, e a americana, WME/IMG que atua nas áreas de Esporte, Entretenimento e Venda de Ingressos.

Em Esporte, a empresa conta com o Rio Open, maior torneio de tênis da América do Sul, o consagrado torneio de vôlei de praia, o Rei e Rainha da Praia, e o Mundial de Skate Bowl, que faz parte da plataforma de eventos ao vivo do Verão Espetacular da TV Globo. Com amplo expertise nesta área, já produziu os jogos da pré-temporada da NBA, UFC, Volvo Ocean Race e uma plataforma de eventos de golfe com chancela do PGA.

No Entretenimento, a IMM tem uma sociedade com a Rock World S.A, detentora da marca Rock in Rio, uma joint venture com o Cirque Du Soleil para promover suas turnês no Brasil, é proprietária do Taste of São Paulo, o melhor festival de restaurantes do mundo e recentemente criou a área de Family entertainment para desenvolver projetos com foco em grandes musicais da Broadway e family shows. O primeiro espetáculo foi o musical mais querido de todos os tempos, o My Fair Lady , lançado em agosto de 2016 .

Em digital, a empresa atua com sua plataforma de ticketing TUDUS, que é responsável pela venda de ingressos online e off-line para os eventos da empresa e de terceiros. A área conta com projetos importantes, como venda de ingressos para NBA, show Paul McCartney, Circuito Banco do Brasil, Rio Open e todos os ingressos da Casa de Show Vivo Rio e Teatro Fashion Mall.

Mais informações:
www.rioopen.com
www.facebook.com/rioopenoficial
www.twitter.com/RioOpenOficial
www.instagram.com/rioopenoficial


 

Super terça do Rio Open tem duelo Nishikori x Bellucci e nomes como Ferrer, Thiem e Thiago Monteiro

Segundo dia do ATP 500 do Rio será cheio de duelos disputados e muita emoção nas quadras do Jockey

 
 
Os fãs de tênis vão se deliciar com o cardápio oferecido no segundo dia de disputas do Rio Open apresentado pela Claro. A super terça vai ter o esperado duelo entre o japonês Kei Nishikori, número 5 do mundo, e o brasileiro Thomaz Bellucci, às 19h, na quadra Guga Kuerten, seguido pelo jogo entre o austríaco Dominic Thiem e o sérvio Janko Tipsarevic, além das partidas entre o espanhol David Ferrer e o ucraniano Alexandr Dolgopolov, o brasileiro Thiago Monteiro e o português Gastão Elias, o italiano Fabio Fognini e o espanhol Tommy Robredo, e o brasileiro João Souza, o Feijão, com o espanhol Pablo Carreno Busta. Os últimos ingressos estão à venda no www.tudus.com.br/riooopen e na bilheteria do Jockey.

Vice-campeão do US Open 2014 e medalha de bronze nas Olimpíadas do Rio, o maior tenista da história do Japão chegou na cidade nesta segunda-feira depois do vice-campeonato no ATP 250 de Buenos Aires, na Argentina. Dono de 11 títulos na carreira, dois deles no piso de saibro, Nishikori espera um confronto disputado com Bellucci. "Ele joga muito bem no saibro, é sua especialidade, então acho que vai ser difícil. Além de estar jogando em casa. Mas tenho evoluído no piso de saibro nos últimos anos, me sinto mais confortável, e estou animado de jogar aqui, um torneio no saibro, uma grande experiência para mim", disse Nishikori, que faz sua primeira participação no Rio Open.

Em sua segunda visita ao Rio, Nishikori espera encontrar tempo para conhecer melhor a cidade. "É muito bom voltar para o Rio, no ano passado foi uma grande experiência conquistar a medalha olímpica aqui, mas não tive tempo de conhecer muito. Dessa vez quero aproveitar melhor", disse o jogador. Perguntado na coletiva de imprensa se aproveitaria o carnaval, no final de semana, e se arriscaria um passos de samba, riu e brincou: "Se eu vencer o torneio, talvez".

Bellucci, que terá o desafio de encarar o favorito ao título em uma estreia no Rio Open pela segunda vez - em 2015 foi o espanhol Rafael Nadal -, confia que pode surpreender. "Não é a melhor primeira rodada para jogar. Mas estou em casa, com o apoio da torcida, no piso que mais gosto, então é uma oportunidade boa de surpreender. Vou ter que variar muito as jogadas, não deixar ele confortável. Ele gosta de jogar perto da linha, entrando na quadra, então vou tentar levá-lo para longe da linha de fundo", disse o 76º do mundo.

O ex-número 21 do ranking mundial e dono de quatro títulos na carreira enfrentou Nishikori em 2015, em Roland Garros, quando foi derrotado por 3 sets a 0. Nesta temporada, o canhoto tem como melhor resultado a semifinal do ATP 250 de Quito.


Thiago Monteiro, Feijão, e estrelas Ferrer, Thiem, Fognini e Robredo também estreiam

Sensação da edição passada do Rio Open, quando alcançou as oitavas de final, com direito a vitória sobre o francês Jo-Wilfried Tsonga, então 9º colocado do ranking mundial, o brasileiro Thiago Monteiro também estreia nesta terça. O adversário do cearense de 22 anos será o português Gastão Elias, 86º, às 16h30, na quadra central.

Segundo melhor brasileiro no ranking, na 85ª posição, o canhoto chega motivado após alcançar as quartas de final no ATP 250 de Buenos Aires, semana passada. O retrospecto é favorável ao brasileiro. Monteiro enfrentou Elias três vezes, em torneios da série Future, com duas vitórias do brasileiro. O último duelo foi em 2015, em Santiago, no Chile, com vitória do português.

A rodada desta terça promete ainda mais emoção. Estão confirmados os duelos do espanhol David Ferrer, campeão da edição 2015, enfrentará o ucraniano Alexandr Dolgopolov, vice em 2014 e que acaba de ser campeão do ATP 250 de Buenos Aires.

Ferrer, ex-número 3 do mundo, conhece muito bem Dolgopolov, ex-número 13. Foram 12 confrontos entre os dois, e Ferrer lidera com nove vitórias. Mas na primeira edição do Rio Open, em 2014, foi o ucraniano que venceu o espanhol na semifinal.

O vice-campeão de Roland Garros 2013 tem motivação extra em sua quarta participação no ATP 500. Ferrer está a quatro jogos da vitória número 700 da carreira, feito conquistado por 12 tenistas, sendo que apenas três deles estão em atividade - o suíço Roger Federer, o espanhol Rafael Nadal e o sérvio Novak Djokovic

Entre outro jogo desta terça, o austríaco Dominic Thiem, semifinalista no ano passado e um dos novos nomes do circuito, estreia contra o sérvio Janko Tipsarevic, ex-número 8 do mundo, na quadra central, após o jogo entre Nishikori e Bellucci.

Thiem, atual oitavo do mundo, foi semifinalista de Roland Garros no ano passado, e conquistou quatro títulos na temporada. Tipsarevic, que passou por quatro cirurgias nos últimos anos, tenta voltar a seus melhores dias. O campeão da Copa Davis com a Sérvia em 2010 recebeu convite da organização.

Quem também estreia nesta terça é o brasileiro João Souza, o Feijão, que enfrenta o espanhol Pablo Carreno Busta. Convidado pela organização, Feijão espera levantar a torcida nas arquibancadas assim como fez na edição 2015, quando alcançou as quartas de final. O rival desta terça vem crescendo no circuito. No ano passado, conquistou dois títulos, e nesta temporada deu o ponto final para a Espanha na vitória sobre a Croácia na Copa Davis, e foi semifinalista do ATP 250 de Buenos Aires.

O duelo entre espanhol Tommy Robredo e o italiano Fabio Fognini, também promete. Será a décima vez que eles se enfrentam. Robredo, ex-número 5, lidera a série com cinco vitórias, a última delas na primeira rodada do ATP 250 de Buenos Aires, na semana passada. Fognini tem como melhor participação no Rio Open o vice-campeonato em 2015.



INGRESSOS À VENDA
A edição de 2017 do Rio Open apresentado pela Claro tem ingressos de R$ 30 a R$ 670, vendidos através do www.tudus.com.br. De segunda-feira a quinta-feira, serão duas sessões: Sessão 1 com início às 16h30, e Sessão Noite, 19h. Já de sexta-feira a domingo, o torneio terá sessão única. A Sessão 1 será composta pelo 1º jogo da Quadra Central e mais todos os jogos das quadras externas. A Sessão Noite será formada pelos jogos que começam a partir de 19h na Quadra Central, além dos jogos nas quadras externas. Vale destacar que qualquer ingresso dá acesso ao complexo que será montado no Jockey Club Brasileiro. O torcedor também poderá assistir aos treinos, duelos das quadras externas, além de aproveitar o Leblon Boulevard.

Todas as vendas são feitas apenas online e não há cobrança de taxa de conveniência. O pagamento poderá ser feito com cartões de crédito Visa, Mastercard, Hipercard, Elo e Diners com parcelamento em até 4 vezes sem juros.

SOBRE O RIO OPEN
O Rio Open 2017 conta com patrocínio máster da Claro, patrocínio do Itaú, Peugeot, Emirates, Fedex, Samsung e Mubadala. Também com as empresas Rolex,Tokio Marine Seguradora, Nissin, IRB Brasil RE, Daylong, Pirelli, Estácio, Stella Artois e Furnas, e ainda comBooking.com, Deloitte, Localiza, Eurofarma, Dasa, Nestlé Gelato, Raizen, Shopping Leblon e Sextante. A Rede Windsor está confirmada como rede hoteleira oficial, a Fila será a responsável pelo material esportivo e a Head, fornecedora da bola oficial do evento. A Breton irá fornecer móveis para o Corcovado Club e para o Breton Players Lounge. Lídio Carraro - a vinícola boutique brasileira-, oferecerá o espumante e vinho oficiais do Rio Open. Conta ainda com parceria da Granado, Gatorade, Antonio Bernardo, Café Orfeu, Jockey Club Brasileiro, IMG Academy e Prefeitura do Rio.

O Sportv é a emissora oficial do Rio Open e transmite em HD todos jogos da quadra central para o Brasil e mais de 160 países através da ATP Media.

O evento é incentivado pelo Ministério do Esporte - Governo Federal Brasil, através da Lei Federal de Incentivo ao Esporte.

SOBRE A IMM:
Criada no final de 2011, a IMM é uma joint venture pela empresa de investimento e desenvolvimento de Abu Dhabi, Mubadala Development Company, e a americana, WME/IMG que atua nas áreas de Esporte, Entretenimento e Venda de Ingressos.

Em Esporte, a empresa conta com o Rio Open, maior torneio de tênis da América do Sul, o consagrado torneio de vôlei de praia, o Rei e Rainha da Praia, e o Mundial de Skate Bowl, que faz parte da plataforma de eventos ao vivo do Verão Espetacular da TV Globo. Com amplo expertise nesta área, já produziu os jogos da pré-temporada da NBA, UFC, Volvo Ocean Race e uma plataforma de eventos de golfe com chancela do PGA.

No Entretenimento, a IMM tem uma sociedade com a Rock World S.A, detentora da marca Rock in Rio, uma joint venture com o Cirque Du Soleil para promover suas turnês no Brasil, é proprietária do Taste of São Paulo, o melhor festival de restaurantes do mundo e recentemente criou a área de Family entertainment para desenvolver projetos com foco em grandes musicais da Broadway e family shows. O primeiro espetáculo foi o musical mais querido de todos os tempos, o My Fair Lady , lançado em agosto de 2016 .

Em digital, a empresa atua com sua plataforma de ticketing TUDUS, que é responsável pela venda de ingressos online e off-line para os eventos da empresa e de terceiros. A área conta com projetos importantes, como venda de ingressos para NBA, show Paul McCartney, Circuito Banco do Brasil, Rio Open e todos os ingressos da Casa de Show Vivo Rio e Teatro Fashion Mall.

Mais informações:
www.rioopen.com
www.facebook.com/rioopenoficial
www.twitter.com/RioOpenOficial
www.instagram.com/rioopenoficial

 

Campeão Pablo Cuevas e Rogério Dutra Silva abrem a disputa do Rio Open nesta segunda

Thomaz Bellucci estreia na terça-feira contra Kei Nishikori e espera apoio da torcida para surpreender

 

 
A quarta edição do Rio Open apresentado pela Claro começa nesta segunda-feira, no Jockey Club Brasileiro, com a estreia do brasileiro Rogério Dutra Silva e do último campeão do torneio, o uruguaio Pablo Cuevas. Pela chave de duplas, destaque para os campeões do Australian Open 2015, os italianos Fabio Fognini e Simone Bolelli. Na terça-feira será vez de o japonês Kei Nishikori se apresentar para o público brasileiro, em jogo contra o local Thomaz Bellucci. O ATP 500 do Rio, o maior torneio de tênis da América do Sul, tem premiação total de R$ 4,5 milhões. Ingressos á venda no site www.tudus.com.br ou na bilheteria do evento, no Jockey, a partir do meio-dia.

Rogerinho abre a competição às 16h30, na quadra central, contra o jovem norueguês Casper Ruud. Já Cuevas, responsável por eliminar o espanhol Rafael Nadal na edição passada, encara o belga Arthur De Greef, às 19h, na abertura da rodada noturna. De Greef garantiu a vaga na chave principal neste domingo, ao vencer na última rodada do qualifying o dominicano Victor Estrella Burgos por duplo 6/4.

O brasileiro, atual 82º do ranking mundial, enfrentará Ruud pela primeira vez. O jovem de 18 anos recebeu convite da organização. Na temporada passada, Ruud subiu 900 posições no ranking. "Sei que vai ser um jogo duro, ele é jovem, mas tem muito potencial. Espero fazer uma partida boa, ser agressivo, para conquistar a vitória", disse o brasileiro, que disputará pela primeira vez a chave principal de um torneio de ATP 500 na carreira.

Outro destaque da rodada que abre o Rio Open é a partida entre o cabeça de chave número 8, o português João Sousa, contra o espanhol Roberto Carballes Baena, que veio do qualifying. Baena garantiu a vaga ao vencer o brasileiro Guilherme Clezar, neste domingo, de virada, por 1/6, 6/1 e 6/4.
Pela chave de duplas, na edição mais forte do Rio Open, os italianos Fabio Fognini e Simone Bolelli, campeões do Australian Open 2015, estreiam contra o chileno Julio Peralta e Horacio Zeballos, no terceiro jogo da quadra 1.

Bellucci espera apoio da torcida para surpreender Nishikori

Pela segunda vez, o brasileiro Thomaz Bellucci terá o desafio de encarar o favorito ao título em uma estreia no Rio Open. Em 2015 foi o espanhol Rafael Nadal. Dessa vez, o japonês Kei Nishikori, atual número 5 do mundo. Apesar do azar na hora do sorteio da chave, o brasileiro está otimista para a estreia, marcada para terça-feira à noite. "Não é a melhor primeira rodada para jogar. Nos últimos anos tive um pouco de azar nos sorteios, mas encaro como uma oportunidade. A disputa é no saibro, talvez o pior piso dele, onde conquistou menos resultados. Se fosse na quadra rápida, a vantagem dele seria maior. Estou jogando em casa, no piso que mais gosto, é uma oportunidade boa de eu surpreender. Nos últimos anos a torcida me apoiou bastante, mesmo enfrentando o Nadal. Esse apoio dá uma motivação a mais, confiança na hora de entrar na quadra ", disse o ex-número 21 do mundo.

Dono de quatro títulos na carreira, Bellucci tem como melhor resultado nesta temporada a semifinal do ATP 250 de Quito. Atual 75º do mundo, o brasileiro enfrentou Nishikori em 2015, em Roland Garros, quando foi derrotado por 3 sets a 0. "Eu vinha de Genebra, onde fui campeão, e tive pouco tempo para me adaptar. É um jogo difícil, ele tem uma esquerda muito boa, uns dos tenistas mais atléticos do circuito, corre muito. Tem um primeiro saque bem colocado. É um jogo em que vou ter que variar muito as jogadas, não deixar ele confortável".

Lutadores do UFC vivem dia de tenista na quadra central do Rio Open

Os lutadores do UFC José Aldo e Rogério "Minotouro" Nogueira atacaram de tenistas neste domingo, na quadra central do Rio Open apresentado pela Claro. O diretor do maior torneio de tênis da América do Sul, Luiz Carvalho, recebeu os lutadores na quadra Guga Kuerten e bateu bola com os dois. José Aldo, campeão do UFC na categoria peso pena, mostrou talento com a raquete, e até imitou o jeito do espanhol Rafael Nadal, campeão no Rio em 2014. Já o peso pesado sofreu mais para se adaptar ao novo esporte.

Para deixar a brincadeira mais divertida, a dupla favorita ao título do Rio Open, formada pelo brasileiro Bruno Soares e Jamie Murray, entrou em quadra para ajudar os lutadores. Os quatro bateram bola juntos e no final os tenistas que "sofreram" nas mãos dos lutadores. José Aldo chegou a dar um mata-leão em Murray. Para completar, o italiano Fabio Fognini, que iria treinar logo em seguida, entrou na quadra para brincar também. Fã de lutas, conversou com os brasileiros e fez a tradicional foto provocativa no momento em que os lutadores se pesam para as disputas.


Rio Open faz homenagem para destaques do tênis feminino do Brasil

As tenistas do Brasil que figuraram entre as top 100 do ranking mundial serão homenageadas na quadra Guga Kuerten, nesta segunda-feira, após o primeiro jogo noturno, que começa às 19h.

Maria Esther Bueno, a rainha do tênis brasileiro, a bailarina do tênis mundial, campeã de 19 Grand Slams, entregará a homenagem para Gisele Miró (99ª), Andrea Vieira (76ª), Patrícia Medrado (48ª) e Teliana Pereira (43ª). Niege Dias (31ª) e Claudia Monteiro (72ª), que também seriam homenageadas, não poderão comparecer.

Antes da cerimônia, às 18h, as tenistas vão jogar com fãs que vierem preparados para um bate bola. E pode ser com aquela raquete antiga que depois pode ficar para doação, uma campanha do Rio Open. As raquetes arrecadadas serão doadas para os cinco projetos que fazem parte do programa de incentivo a causas sociais do Rio Open: Instituto Futuro Bom, Tênis na Lagoa, Tênis Solidário, Escolinha de Tênis Fabiano de Paula e Arremessar para o Futuro.

Crianças disputam finais do Torneio Winners

As finais do Torneio Winners, que reuniu 110 crianças de projetos sociais apoiados pelo Rio Open, serão nesta segunda-feira, às 12h30. São decisões de cinco categorias masculinas (até 10 anos, 12, 14, 16, e de 17 a 23 anos) e uma feminina (até 16 anos). Seis crianças serão contempladas com uma semana de treinamento na IMG Academy.

O prêmio - uma passagem para os Estados Unidos no segundo semestre de 2017 para uma semana de treinos na IMG Academy com todas as despesas pagas - será distribuído da seguinte maneira: um pacote será sorteado entre os campeões das seis categorias e os outros cinco serão preenchidos por tenistas indicados pelo projetos. O complexo multiesportivo é referência mundial e os jovens talentos terão a oportunidade de treinar com Nick Bollettieri, considerado um "mago" do tênis.

As crianças também ganharão ingressos para assistirem às partidas do maior torneio de tênis da América do Sul e alguns deles farão parte da equipe de Pegadores de Bola, os famosos "boleiros"; função tradicionalmente desempenhada por crianças e adolescentes nos maiores torneios de tênis do mundo. Os projetos ainda receberão bolas usadas no Rio Open para utilização nos treinamentos.


AS CHAVES DE SIMPLES E DUPLAS estão disponíveis neste link - http://www.atpworldtour.com/en/scores/current/rio-de-janeiro/6932/draws

Fotos de divulgação disponíveis no https://www.flickr.com/photos/rioopen2017


PROGRAMAÇÃO - segunda, 20/02
QUADRA CENTRAL - 4:30 pm
[WC] C. Ruud (NOR) vs R. Dutra Silva (BRA)
Nåo antes das 7:00 pm
[Q] A. De Greef (BEL) vs [3] P. Cuevas (URU)
[Q] R. Carballes Baena (ESP) vs [8] J. Sousa (POR)

QUADRA 1 - 4:30 pm
F. Bagnis (ARG) vs D. Lajovic (SRB)
D. Schwartzman (ARG) vs R. Olivo (ARG)
[PR] S. Bolelli (ITA) / F. Fognini (ITA) vs J. Peralta (CHI) / H. Zeballos (ARG)

QUADRA 2 - 7:00 pm
[Q] N. Kicker (ARG) vs [Q] M. Cecchinato (ITA)
G. Duran (ARG) / A. Ramos-Vinolas (ESP) vs N. Monroe (USA) / A. Sitak (NZL)


INGRESSOS À VENDA
A edição de 2017 do Rio Open apresentado pela Claro tem ingressos de R$ 30 a R$ 670, vendidos através do www.tudus.com.br. De segunda-feira a quinta-feira, serão duas sessões: Sessão 1 com início às 16h30, e Sessão Noite, 19h. Já de sexta-feira a domingo, o torneio terá sessão única. A Sessão 1 será composta pelo 1º jogo da Quadra Central e mais todos os jogos das quadras externas. A Sessão Noite será formada pelos jogos que começam a partir de 19h na Quadra Central, além dos jogos nas quadras externas. Vale destacar que qualquer ingresso dá acesso ao complexo que será montado no Jockey Club Brasileiro. O torcedor também poderá assistir aos treinos, duelos das quadras externas, além de aproveitar o Leblon Boulevard.

Todas as vendas são feitas apenas online e não há cobrança de taxa de conveniência. O pagamento poderá ser feito com cartões de crédito Visa, Mastercard, Hipercard, Elo e Diners com parcelamento em até 4 vezes sem juros.

SOBRE O RIO OPEN
O Rio Open 2017 conta com patrocínio máster da Claro, patrocínio do Itaú, Peugeot, Emirates, Fedex, Samsung e Mubadala. Também com as empresas Rolex,Tokio Marine Seguradora, Nissin, IRB Brasil RE, Daylong, Pirelli, Estácio, Stella Artois e Furnas, e ainda comBooking.com, Deloitte, Localiza, Eurofarma, Dasa, Nestlé Gelato, Raizen, Shopping Leblon e Sextante. A Rede Windsor está confirmada como rede hoteleira oficial, a Fila será a responsável pelo material esportivo e a Head, fornecedora da bola oficial do evento. A Breton irá fornecer móveis para o Corcovado Club e para o Breton Players Lounge. Lídio Carraro - a vinícola boutique brasileira-, oferecerá o espumante e vinho oficiais do Rio Open. Conta ainda com parceria da Granado, Gatorade, Antonio Bernardo, Café Orfeu, Jockey Club Brasileiro, IMG Academy e Prefeitura do Rio.

O Sportv é a emissora oficial do Rio Open e transmite em HD todos jogos da quadra central para o Brasil e mais de 160 países através da ATP Media.

O evento é incentivado pelo Ministério do Esporte - Governo Federal Brasil, através da Lei Federal de Incentivo ao Esporte.

SOBRE A IMM:
Criada no final de 2011, a IMM é uma joint venture pela empresa de investimento e desenvolvimento de Abu Dhabi, Mubadala Development Company, e a americana, WME/IMG que atua nas áreas de Esporte, Entretenimento e Venda de Ingressos.

Em Esporte, a empresa conta com o Rio Open, maior torneio de tênis da América do Sul, o consagrado torneio de vôlei de praia, o Rei e Rainha da Praia, e o Mundial de Skate Bowl, que faz parte da plataforma de eventos ao vivo do Verão Espetacular da TV Globo. Com amplo expertise nesta área, já produziu os jogos da pré-temporada da NBA, UFC, Volvo Ocean Race e uma plataforma de eventos de golfe com chancela do PGA.

No Entretenimento, a IMM tem uma sociedade com a Rock World S.A, detentora da marca Rock in Rio, uma joint venture com o Cirque Du Soleil para promover suas turnês no Brasil, é proprietária do Taste of São Paulo, o melhor festival de restaurantes do mundo e recentemente criou a área de Family entertainment para desenvolver projetos com foco em grandes musicais da Broadway e family shows. O primeiro espetáculo foi o musical mais querido de todos os tempos, o My Fair Lady , lançado em agosto de 2016 .

Em digital, a empresa atua com sua plataforma de ticketing TUDUS, que é responsável pela venda de ingressos online e off-line para os eventos da empresa e de terceiros. A área conta com projetos importantes, como venda de ingressos para NBA, show Paul McCartney, Circuito Banco do Brasil, Rio Open e todos os ingressos da Casa de Show Vivo Rio e Teatro Fashion Mall.

Mais informações:
www.rioopen.com
www.facebook.com/rioopenoficial
www.twitter.com/RioOpenOficial
www.instagram.com/rioopenoficial

 

Kei Nishikori encara Thomaz Bellucci em primeira rodada recheada de bons jogos no Rio Open

Na chave de duplas, favoritos Bruno Soares e Jamie Murray enfrentam brasileiro Marcelo Demolliner e neozelandês Marcus Daniell
 
 
A primeira rodada do Rio Open apresentado pela Claro promete grandes confrontos e muita emoção nas quadras do Jockey Club Brasileiro. O sorteio realizado neste sábado, no Shopping Leblon, colocou o japonês Kei Nishikori, top 5 do mundo, para enfrentar o brasileiro Thomaz Bellucci, em jogo programado para a noite de terça-feira. O Rio Open vai de 20 a 26 de fevereiro e os ingressos estão à venda no www.tudus.com.br/riooopen.

Campeão da edição 2015, o espanhol David Ferrer jogará com o vice de 2014, o ucraniano Alexandr Dolgopolov. Em outra partida, o austríaco Dominic Thiem, número 8 do ranking mundial, terá pela frente o sérvio Janko Tipsarevic, ex-número 8 e que tenta voltar aos seus melhores dias depois de uma série de problemas físicos. A partida entre o espanhol Tommy Robredo e o italiano Fabio Fognini também promete muita emoção.

Dos outros brasileiros já garantidos na chave, o cearense Thiago Monteiro enfrentará o português Gastão Elias, o paulista João Souza, o Feijão, convidado pela organização, terá pela frente o espanhol Pablo Carreno Busta, e o também paulista Rogério Dutra Silva encara o jovem norueguês Casper Rudd, outro wild card. Já o uruguaio Pablo Cuevas, campeão da última edição do ATP 500 do Rio, o maior torneio de tênis da América do Sul, aguarda um jogador vindo do qualifying.

Bellucci já enfrentou Nishikori uma vez na carreira, em Roland Garros 2015, quando o japonês levou a melhor por 3 sets a 0. A partida de Thiago com Elias será a primeira entre eles, assim como de Rogerinho contra Ruud. Feijão tem retrospecto de uma vitória diante de Busta, no Brasil Open 2015. O espanhol vem evoluindo no circuito e vive boa fase. "Em ATP 500 já sabemos que a chave é dura, difícil, não tem como escolher adversário. Tenho prazer de jogar em casa, faço de tudo para usar o fator torcida a meu favor, e é isso que vou fazer na estreia", disse Feijão.

Chave de duplas terá confrontos entre brasileiros

A dupla favorita ao título do Rio Open, formada pelo brasileiro Bruno Soares e pelo britânico Jamie Murray, estreia na competição contra a parceria formada pelo brasileiro Marcelo Demoliner e pelo neozelandês Marcus Daniell. Campeões de dois Grand Slams no ano passado, o Australian Open e o US Open, Bruno e Jamie buscam o título no Rio.

"Fizemos a melhor preparação possível, chegando cedo para nos adaptarmos ao saibro. Estamos bem confiantes. É uma pena enfrentarmos um brasileiro, porque a torcida vai se dividir, mas contamos com o apoio de todos para termos um caldeirão nos nossos jogos na quadra 1", disse Bruno.

A dupla cabeça de chave número 2, formada por Marcelo Melo e pelo polonês Lukasz Kobut, estreia contra os brasileiros Feijão e Fabricio Neis. Já Bellucci e Thiago terão o desafio de encarar os bicampeões colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah. O brasileiro André Sá e Robredo estreiam contra os argentinos Andres Molteni e Diego Schwartzman. Já os italianos Fognini e Simone Bollelli, campeões do Australian Open 2015, pegam o chileno Julio Peralto e o argentino Horacio Zeballos.

AS CHAVES DE SIMPLES E DUPLAS estão disponíveis neste link - http://www.atpworldtour.com/en/scores/current/rio-de-janeiro/6932/draws

Lançamento do livro "Rio Open-3 anos"

Após o sorteio das chaves do torneio, Feijão e Bruno participaram do lançamento do livro "Rio Open-3 anos", na Livraria Travessa. Os tenistas brasileiros deram autógrafos aos fãs no livro que comemora o sucesso do torneio nesses três anos de história.

Fotos de divulgação disponíveis no https://www.flickr.com/photos/rioopen2017

INGRESSOS À VENDA
A edição de 2017 do Rio Open apresentado pela Claro tem ingressos de R$ 30 a R$ 670, vendidos através do www.tudus.com.br. De segunda-feira a quinta-feira, serão duas sessões: Sessão 1 com início às 16h30, e Sessão Noite, 19h. Já de sexta-feira a domingo, o torneio terá sessão única. A Sessão 1 será composta pelo 1º jogo da Quadra Central e mais todos os jogos das quadras externas. A Sessão Noite será formada pelos jogos que começam a partir de 19h na Quadra Central, além dos jogos nas quadras externas. Vale destacar que qualquer ingresso dá acesso ao complexo que será montado no Jockey Club Brasileiro. O torcedor também poderá assistir aos treinos, duelos das quadras externas, além de aproveitar o Leblon Boulevard.

Todas as vendas são feitas apenas online e não há cobrança de taxa de conveniência. O pagamento poderá ser feito com cartões de crédito Visa, Mastercard, Hipercard, Elo e Diners com parcelamento em até 4 vezes sem juros.

SOBRE O RIO OPEN
O Rio Open 2017 conta com patrocínio máster da Claro, patrocínio do Itaú, Peugeot, Emirates, Fedex, Samsung e Mubadala. Também com as empresas Rolex,Tokio Marine Seguradora, Nissin, IRB Brasil RE, Daylong, Pirelli, Estácio, Stella Artois e Furnas, e ainda comBooking.com, Deloitte, Localiza, Eurofarma, Dasa, Nestlé Gelato, Raizen, Shopping Leblon e Sextante. A Rede Windsor está confirmada como rede hoteleira oficial, a Fila será a responsável pelo material esportivo e a Head, fornecedora da bola oficial do evento. A Breton irá fornecer móveis para o Corcovado Club e para o Breton Players Lounge. Lídio Carraro - a vinícola boutique brasileira-, oferecerá o espumante e vinho oficiais do Rio Open. Conta ainda com parceria da Granado, Gatorade, Antonio Bernardo, Café Orfeu, Jockey Club Brasileiro, IMG Academy e Prefeitura do Rio.

O Sportv é a emissora oficial do Rio Open e transmite em HD todos jogos da quadra central para o Brasil e mais de 160 países através da ATP Media.

O evento é incentivado pelo Ministério do Esporte - Governo Federal Brasil, através da Lei Federal de Incentivo ao Esporte.

SOBRE A IMM:
Criada no final de 2011, a IMM é uma joint venture pela empresa de investimento e desenvolvimento de Abu Dhabi, Mubadala Development Company, e a americana, WME/IMG que atua nas áreas de Esporte, Entretenimento e Venda de Ingressos.

Em Esporte, a empresa conta com o Rio Open, maior torneio de tênis da América do Sul, o consagrado torneio de vôlei de praia, o Rei e Rainha da Praia, e o Mundial de Skate Bowl, que faz parte da plataforma de eventos ao vivo do Verão Espetacular da TV Globo. Com amplo expertise nesta área, já produziu os jogos da pré-temporada da NBA, UFC, Volvo Ocean Race e uma plataforma de eventos de golfe com chancela do PGA.

No Entretenimento, a IMM tem uma sociedade com a Rock World S.A, detentora da marca Rock in Rio, uma joint venture com o Cirque Du Soleil para promover suas turnês no Brasil, é proprietária do Taste of São Paulo, o melhor festival de restaurantes do mundo e recentemente criou a área de Family entertainment para desenvolver projetos com foco em grandes musicais da Broadway e family shows. O primeiro espetáculo foi o musical mais querido de todos os tempos, o My Fair Lady , lançado em agosto de 2016 .

Em digital, a empresa atua com sua plataforma de ticketing TUDUS, que é responsável pela venda de ingressos online e off-line para os eventos da empresa e de terceiros. A área conta com projetos importantes, como venda de ingressos para NBA, show Paul McCartney, Circuito Banco do Brasil, Rio Open e todos os ingressos da Casa de Show Vivo Rio e Teatro Fashion Mall.

Mais informações:
www.rioopen.com
www.facebook.com/rioopenoficial
www.twitter.com/RioOpenOficial
www.instagram.com/rioopenoficial
 

Bom retrospecto no Rio Open anima David Ferrer para disputa da quarta edição

Tenista espanhol está próximo da vitória de número 700 da carreira

 
 
Campeão da edição 2015 do Rio Open apresentado pela Claro, o espanhol David Ferrer já está treinando nas quadras do Jockey Club Brasileiro para a disputa do ATP 500, que começa na segunda-feira. As boas recordações em terras brasileiras animam o ex-top 3 e atual 27º do ranking mundial, que pode sair do Rio com a marca de 700 vitórias na carreira. Faltam quatro vitórias para o feito, algo que somente 12 jogadores conseguiram, sendo que apenas três continuam em atividade - o suíço Roger Federer, o espanhol Rafael Nadal, e o sérvio Novak Djokovic.

"Estou muito contente em voltar para o Rio pela quarta vez, tenho boas recordações do torneio", disse o habilidoso jogador, que brincou na coletiva de imprensa, neste sábado, sobre a vitória 700. "Não tinha pensado nisso. Quantas vitórias preciso?", perguntou aos repórteres. "Espero conseguir aqui, é meu próximo objetivo". Para atingir a marca, o jogador de 34 anos precisa alcançar a final. Nas outras participações no Rio Open, Ferrer foi semifinalista em 2014, e caiu nas quartas de final no ano passado.

Dono de 26 títulos na carreira, o jogador espanhol passou em branco em 2016, e teve resultados modestos no início desta temporada. Perdeu na terceira rodada no Australian Open e foi eliminado nas oitavas em Brisbane, Auckland e Buenos Aires, este último torneio nesta semana. "Preciso melhorar meu tênis. Não estou no nível que desejo, por isso espero evoluir nesta semana. Vou treinar já neste sábado, e quero me adaptar às condições daqui logo", explicou.

Conhecido por ser um guerreiro dentro de quadra, o vice-campeão de Roland Garros em 2013 tem confiança de que pode ir bem no Rio e na sequência da temporada. "É difícil perder mais do que o habitual, quando você não está acostumado a isso. Sigo jogando porque tenho confiança de que posso mudar essa situação, voltar a ganhar partidas. Sigo trabalhando, gosto do que faço".

 

Guilherme Clezar avança no Rio Open Qualifying e fica a uma vitória da chave principal

Gaúcho foi o único brasileiro a seguir na disputa para jogar ATP 500

 

 
 
O brasileiro Guilherme Clezar estreou com vitória no Rio Open Qualifying, neste sábado, e busca amanhã, por volta das 11h30, a vaga na chave principal. O atual 281º do ranking mundial vencia o eslovaco Jozef Kovalik, 121º, por 5 games a 1, no primeiro set, quando o adversário desistiu da partida. O rival do tenista gaúcho na luta pela vaga na chave principal do Rio Open será o espanhol Roberto Carballes Baena, 131º, que derrotou o brasileiro campeão juvenil do US Open de 2016 Felipe Meligeni Alves, 1097º, por 6/3, 4/6 e 6/0.

O Rio Open Qualifying dá quatro vagas no ATP 500 do Rio, o maior torneio de tênis da América do Sul, que começa na segunda-feira. A entrada no complexo do Jockey Club Brasileiro para a rodada do qualifying é gratuita.

"Entrei na chave do qualifying de última hora, então nem fiz uma preparação adequada para a disputa. Vencer dessa maneira vai ser bom para que eu tenha mais tempo de treino e adaptação para a próxima partida", disse Clezar, amigo do rival deste domingo. "Conheço mais ele do que o Felipe, que ainda está começando sua carreira no profissional. Somos amigos no circuito".

Os outros jovens brasileiros que receberam convite para jogar o Rio Open Qualifying não avançaram à segunda rodada. João Pedro Sorgi foi derrotado pelo belga Arthur De Greef por 6/4 e 6/3. E Orlando Luz fez jogo equilibrado, mas perdeu para o argentino Guido Andreozzi por 5/7, 6/3 e 6/4. "Queria fazer uma melhor apresentação do que fiz no ano passado (também jogou quali), jogar melhor, e acho que consegui. Joguei bem no primeiro set, ele foi mais efetivo na hora de fechar o jogo. Agora é treinar mais e seguir em frente", disse Orlandinho.

De Greef duela pela vaga neste domingo com o dominicano Victor Estrella Burgos, que venceu o espanhol Ruben Ramirez Hidalgo por um duplo 6/3. Já Andreozzi encara o argentino Nicolas Kicker, algoz do chileno Christian Garin por 6/3 e 7/6 (6).

Os outros dois tenistas que vão duelar pela vaga na chave principal do Rio Open são o japonês Taro Daniel e o italiano Marco Cecchinato. Daniel venceu o primeiro jogo do quali contra o italiano Federico Gaio por 6/1, 0/6 e 6/1, e Cecchinato derrotou seu compatriota Alessandro Giannessi por 7/6 (5), 6/7 (4) e 6/2.

A chave principal do Rio Open acontece de 20 a 26 de fevereiro e os ingressos estão à venda no www.tudus.com.br/rioopen

Fotos de divulgação disponíveis no ttps://www.flickr.com/photos/rioopen2017

Programação 19 de fevereiro
QUADRA 1 - 10:00
Qualifying - [1] V. Estrella Burgos (DOM) vs [7] A. De Greef (BEL)
Qualifying - G. Clezar (BRA) vs [6] R. Carballes Baena (ESP)

Não antes das 2:00 pm
Qualifying - [1] G. Clezar (BRA) / F. De Paula (BRA) or F. Gaio (ITA) / A. Giannessi (ITA) vs [WC] O. Luz (BRA) / F. Meligeni Rodrigues Alves (BRA) or [2] F. Bagnis (ARG) / G. Elias (POR)
QUADRA 2 - 10:00 am
Qualifying - [2] T. Daniel (JPN) vs M. Cecchinato (ITA)
Qualifying - [4] N. Kicker (ARG) vs [8] G. Andreozzi (ARG)

 

Soares e Murray chegam em busca do título do Rio Open

João "Feijão"Souza ganha convite para a chave principal de simples Do torneio que começa na próxima semana no Jockey Clube Brasileiro

 

 
Bruno Soares e Jamie Murray chegaram com antecedência ao Rio de Janeiro para iniciar a adaptação ao piso de saibro do Rio Open apresentado pela Claro. A dupla quer vencer o primeiro torneio do ano nas quadras do Jockey Club Brasileiro. O evento inicia na próxima segunda-feira, 20 e segue até domingo, 26, dia da final. Os ingressos estão à venda no www.tudus.com.br/rioopen

A dupla que terminou a temporada de 2016 como número 1 do mundo e venceu dois Grand Slams -Australian Open e US Open- não joga no saibro desde Roland Garros no ano passado e precisava de um tempo extra para treinar. Chegaram cedo no Rio e começaram a treinar na quinta-feira

"Fizemos questão de chegar bem antes para treinar e adaptar, porque a última vez que jogamos no saibro foi em Paris e a gente leva um tempinho para adaptar, mas vamos ter mais uns dias para treinar de noite também, por que é diferente de jogar de dia, e acho que vamos estar na ponta dos cascos", falou Bruno.

A rodada do Rio Open que começa às 16h30, já sem o horário de verão, vai favorecer bastante o parceiro de Bruno, Jamie Murray, que não precisará encarar o escaldante sol carioca.
"Hoje está pior que ontem, mas por sorte os jogos serão no final da tarde, então está duro só no treino, por que jogaremos em condições diferentes de humidade, sol e calor. Estou feliz em vir e competir na frente dos fãs brasileiros."

Bruno Soares emendou: "Aproveitamos para treinar ali, até de noite, que é diferente, a bola se comporta de outra maneira, a luz faz diferença, agora é só esperar o público lotar ali. Eu gosto muito da quadra 1, gosto de estádios menores do que maiores. Sensação é mais agradável quando o público está mais perto, tem essa intimidade, de caldeirão mesmo."

Murray, sobre carnaval não falou muito, apenas que sabe que começa na semana que vem e que vai ser bastante barulhento, mas o britânico já visitou o Cristo Redentor, local que confessou ter sido "uma experiência muito legal, a vista da cidade é incrível".

Uma das melhores duplas do mundo e um dos favoritos ao título do Rio Open que contará ainda com mais cinco campeões de Grand Slam, Murray e Soares, depois de um início de temporada sem títulos, querem começar a vencer aqui, no Rio.
"Nosso começo foi decepcionante, mas é um longo ano com muitos torneios para jogar e vamos tentar começar a vencer aqui", falou Murray.

"O Rio Open tem importância não só para o Brasil, mas para o calendário mundial, é um ATP 500, não são muitos ao longo do ano. É uma semana importantíssima e o torneio vem crescendo a cada ano, evoluindo muito. Jogar tênis com vista para o Cristo, não é toda semana que a gente pode. Esse ano trouxeram o Nishikori, um grande cara, fora de série, eu e o Jamie, o Marcelo com o Lukasz, então o carioca estará bem servido mais uma vez", finalizou Bruno.

A chave de duplas do Rio Open contará ainda com os bicampeões do Rio Open Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, os italianos Simone Boleli e Fabio Fognini, campeões do Australian Open em 2015, a dupla formada pelo uruguaio Pablo Cuevas, atual campeão de simples do Rio Open e vencedor do torneio de duplas de Roland Garros em 2008, com o espanhol Pablo Carreno Busta, que enfrentou Bruno Soares na final de duplas do US Open e o espanhol David Marrero e o mexicano Santiago Gonzalez.

João "Feijão" Souza ganha convite para chave principal de simples


Após a ausência de um Special Exempt e o Wild Card que a ATP reserva para um top 10(regras da ATP), Rogério Dutra Silva entrou direto na chave principal e a organização do Rio Open utilizou o convite dele para colocar na chave João Souza.
Desta forma, o Rio Open apresentado pela Claro, maior torneio da América do Sul terá quatro brasileiros na chave principal de simples: Thomaz Bellucci, Thiago Monteiro, Rogério Dutra Silva e João Souza.

Fotos de divulgação disponíveis no https://www.flickr.com/photos/rioopen2016

INGRESSOS
A edição de 2017 do Rio Open apresentado pela Claro tem ingressos de R$ 30 a R$ 670, vendidos através do www.tudus.com.br. De segunda-feira a quinta-feira, serão duas sessões: Sessão 1 com início às 16h30, e Sessão Noite, 19h. Já de sexta-feira a domingo, o torneio terá sessão única. A Sessão 1 será composta pelo 1º jogo da Quadra Central e mais todos os jogos das quadras externas. A Sessão Noite será formada pelos jogos que começam a partir de 19h na Quadra Central, além dos jogos nas quadras externas. Vale destacar que qualquer ingresso dá acesso ao complexo que será montado no Jockey Club Brasileiro. O torcedor também poderá assistir aos treinos, duelos das quadras externas, além de aproveitar o Leblon Boulevard.


Todas as vendas são feitas apenas online e não há cobrança de taxa de conveniência. O pagamento poderá ser feito com cartões de crédito Visa, Mastercard, Hipercard, Elo e Diners com parcelamento em até 4 vezes sem juros.

SOBRE O RIO OPEN
O Rio Open 2017 conta com patrocínio máster da Claro, patrocínio do Itaú, Peugeot, Emirates, Fedex, Samsung e Mubadala. Também com as empresas Rolex,Tokio Marine Seguradora, Nissin, IRB Brasil RE, Daylong, Pirelli, Estácio, Stella Artois e Furnas, e ainda comBooking.com, Deloitte, Localiza, Eurofarma, Dasa, Nestlé Gelato, Raizen, Shopping Leblon e Sextante. A Rede Windsor está confirmada como rede hoteleira oficial, a Fila será a responsável pelo material esportivo e a Head, fornecedora da bola oficial do evento. A Breton irá fornecer móveis para o Corcovado Club e para o Breton Players Lounge. Lídio Carraro - a vinícola boutique brasileira-, oferecerá o espumante e vinho oficiais do Rio Open. Conta ainda com parceria da Granado, Gatorade, Antonio Bernardo, Café Orfeu, Jockey Club Brasileiro, IMG Academy e Prefeitura do Rio.

O Sportv é a emissora oficial do Rio Open e transmite em HD todos jogos da quadra central para o Brasil e mais de 160 países através da ATP Media.

O evento é incentivado pelo Ministério do Esporte - Governo Federal Brasil,através da Lei de Incentivo ao Esporte. A realização é do Instituto RJ de Tênis e promoção da IMM.

SOBRE A IMM:
Criada no final de 2011, a IMM é uma joint venture pela empresa de investimento e desenvolvimento de Abu Dhabi, Mubadala Development Company, e a americana, WME/IMG que atua nas áreas de Esporte, Entretenimento e Venda de Ingressos.

Em Esporte, a empresa conta com o Rio Open, maior torneio de tênis da América do Sul, o consagrado torneio de vôlei de praia, o Rei e Rainha da Praia, e o Mundial de Skate Bowl, que faz parte da plataforma de eventos ao vivo do Verão Espetacular da TV Globo. Com amplo expertise nesta área, já produziu os jogos da pré-temporada da NBA, UFC, Volvo Ocean Race e uma plataforma de eventos de golfe com chancela do PGA.

No Entretenimento, a IMM tem uma sociedade com a Rock World S.A, detentora da marca Rock in Rio, uma joint venture com o Cirque Du Soleil para promover suas turnês no Brasil, é proprietária do Taste of São Paulo, o melhor festival de restaurantes do mundo e recentemente criou a área de Family entertainment para desenvolver projetos com foco em grandes musicais da Broadway e family shows. O primeiro espetáculo foi o musical mais querido de todos os tempos, o My Fair Lady , lançado em agosto de 2016 .

Em digital, a empresa atua com sua plataforma de ticketing TUDUS, que é responsável pela venda de ingressos online e off-line para os eventos da empresa e de terceiros. A área conta com projetos importantes, como venda de ingressos para NBA, show Paul McCartney, Circuito Banco do Brasil, Rio Open e todos os ingressos da Casa de Show Vivo Rio e Teatro Fashion Mall.

Mais informações:
www.rioopen.com
www.facebook.com/rioopenoficial
www.twitter.com/RioOpenOficial
www.instagram.com/rioopenoficial


 

 

HOME