TELIANA PEREIRA

 

Teliana passa o qualifying e entra na chave principal de torneio na Itália
Ela enfrenta italiana na estreia da chave em Padova

 

A tenista brasileira Teliana Pereira venceu a segunda partida seguida no torneio de Padova, na Itália, com premiação de U$ 25 mil e entrou para a chave principal da competição. Ela derrotou, nesta segunda, a italiana Lucrezia Stefanini por duplo 7/5. Teliana volta a jogar nesta terça, já na chave, contra a cabeça-de-chave número 4, também da Itália, Georgia Brescia, 250a colocada no ranking mundial.
"Estou muito feliz por poder jogar outra chave principal de torneio. Estou conseguindo fazer o que vim buscar nesta gira da Europa, vários jogos duros. Mas, ainda preciso ganhar mais ritmo," analisou Teliana, que está na sua quinta semana de viagem e retorna ao Brasil após a disputa em Padova.
 
SOBRE TELIANA PEREIRA - Natural do município de Águas Belas, no sertão pernambucano, Teliana, nascida em 20/07/1988, migrou para o Paraná ainda criança. Iniciou a carreira profissional em 2005, depois de ótimas atuações como juvenil, e em 2007 deu um pulo na carreira, conquistando a medalha de Bronze no Pan do Rio, ao lado de Joana Cortez, nas duplas.
 Em 2013, se tornou a primeira brasileira a alcançar a semifinal de um WTA - em Bogotá -  desde 1989. Ainda naquele ano, se tornou a primeira tenista do Brasil a chegar no top 100 da WTA, desde 1990.
Dentro do top 100, em 2014, Teliana conseguiu disputar, pela primeira vez na carreira, todos os Grand Slams na chave principal, chegou a ganhar uma rodada em Roland Garros.
Agora em 2015 quebrou um jejum de 27 anos do Brasil ao conquistar o primeiro título da carreira no WTA de Bogotá, em abril. Em agosto conquistou o segundo trofeu de WTA, em Florianópolis e entrou para o top 50  - 43a. -pela primeira vez, se tornando a 3a. tenista mais bem classificada da história no Brasil, atrás apenas de Maria Esther Bueno e Niege Dias. Atualmente é a 684a. colocada no ranking mundial.
Teliana conta com os patrocínios da Elemídia, Asics, Talento Olímpico Paraná 2020 e tem a sua carreira gerenciada pela LinkinFirm, do ex-tenista profissional Marcio Torres.

 

 

Teliana estreia com vitória no ITF de Caserta
Brasileira joga por vaga nas quartas, na 4a. feira

 

Teliana Pereira estreou com vitória no ITF de Caserta, na Itália, com premiação de U$ 25 mil, no saibro. Ela derrotou a italiana Lucia Bronzetti (568a), por 2 sets a 0, parciais de 6/3 6/0 e volta a jogar na quarta-feira, contra a vencedora do confronto entre a cabeça-de-chave 2, a australiana Ellen Perez e a belga Marie Benoit, valendo vaga nas quartas-de-final da competição.
"Esses dias em Barcelona me fizeram muito bem. Cheguei descansada, bem fisicamente e pronta para essa nova gira. Tenho um jogo duro na próxima rodada, mas vamos com tudo,"disse Teliana, 591a colocada no ranking mundial, que ganhou um convite para jogar a chave principal neste primeiro ITF na Itália.
 
SOBRE TELIANA PEREIRA - Natural do município de Águas Belas, no sertão pernambucano, Teliana, nascida em 20/07/1988, migrou para o Paraná ainda criança. Iniciou a carreira profissional em 2005, depois de ótimas atuações como juvenil, e em 2007 deu um pulo na carreira, conquistando a medalha de Bronze no Pan do Rio, ao lado de Joana Cortez, nas duplas.
 Em 2013, se tornou a primeira brasileira a alcançar a semifinal de um WTA - em Bogotá -  desde 1989. Ainda naquele ano, se tornou a primeira tenista do Brasil a chegar no top 100 da WTA, desde 1990.
Dentro do top 100, em 2014, Teliana conseguiu disputar, pela primeira vez na carreira, todos os Grand Slams na chave principal, chegou a ganhar uma rodada em Roland Garros.
Agora em 2015 quebrou um jejum de 27 anos do Brasil ao conquistar o primeiro título da carreira no WTA de Bogotá, em abril. Em agosto conquistou o segundo trofeu de WTA, em Florianópolis e entrou para o top 50  - 43a. -pela primeira vez, se tornando a 3a. tenista mais bem classificada da história no Brasil, atrás apenas de Maria Esther Bueno e Niege Dias. Atualmente é a 591a. colocada no ranking mundial.
Teliana conta com os patrocínios da Elemídia, Asics, Talento Olímpico Paraná 2020 e tem a sua carreira gerenciada pela LinkinFirm, do ex-tenista profissional Marcio Torres.

 

 

Teliana disputa nova série de torneios na Europa
Primeiro desafio é o ITF de Caserta, na Itália

 

A tenista brasileira Teliana Pereira disputa a partir da semana que vem uma nova série de torneios na Europa, com início em Caserta, na Itália, onde ganhou um convite para disputar a chave principal da competição no saibro, com premiação de U$ 25 mil.
Depois de Caserta, Teliana segue para outros dois torneios italianos, em Grado e na Brescia e na sequência decide se jogará outro na Itália ou volta para Barcelona, ou joga na Hungria. Na sequência, ainda decide se jogará em Madri e Stuttgart ou disputar dois torneios na França (Montpellier e Perigueux).
"Passei ótimos dias em Barcelona, depois dessa gira inicial que fiz. Foram dias importantes para descansar e treinar algumas coisas importantes. Espero estar bem fisicamente nesses torneios, que é o mais importante," disse Teliana.
 
Calendário:
21/5 - ITF de Caserta (Itália) 25k
28/5 - ITF de Grado (Itália) 25k
04/6 - ITF de Brescia (Itália) 60k
11/6 - ITF de Padova (Itália) 25k ou Barcelona-treino ou ITF da Hungria(60k)
18/6 - ITF de Madri (Espanha) 25k ou ITF de Montpellier (França) 25k+H
25/6 - ITF de Perigueux (França) 25k ou ITF de Stuttgart (Alemanha) 25k
 
SOBRE TELIANA PEREIRA - Natural do município de Águas Belas, no sertão pernambucano, Teliana, nascida em 20/07/1988, migrou para o Paraná ainda criança. Iniciou a carreira profissional em 2005, depois de ótimas atuações como juvenil, e em 2007 deu um pulo na carreira, conquistando a medalha de Bronze no Pan do Rio, ao lado de Joana Cortez, nas duplas.
 
Em 2013, se tornou a primeira brasileira a alcançar a semifinal de um WTA - em Bogotá -  desde 1989. Ainda naquele ano, se tornou a primeira tenista do Brasil a chegar no top 100 da WTA, desde 1990.
Dentro do top 100, em 2014, Teliana conseguiu disputar, pela primeira vez na carreira, todos os Grand Slams na chave principal, chegou a ganhar uma rodada em Roland Garros.
 
Em 2015 quebrou um jejum de 27 anos do Brasil ao conquistar o primeiro título da carreira no WTA de Bogotá, em abril. Em agosto conquistou o segundo trofeu de WTA, em Florianópolis e entrou para o top 50  - 43a. -pela primeira vez, se tornando a 3a. tenista mais bem classificada da história no Brasil, atrás apenas de Maria Esther Bueno e Niege Dias. Atualmente é a 591a. colocada no ranking mundial.
Teliana conta com os patrocínios da Elemídia, Asics, Talento Olímpico Paraná 2020 e tem a sua carreira gerenciada pela LinkinFirm, do ex-tenista profissional Marcio Torres.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

Voltar

 

HOME