TELIANA PEREIRA

 

Teliana Pereira vence outra e avança às quartas em Braunschweig
É o melhor resultado da brasileira desde que ela voltou ao circuito neste ano

 

A tenista brasileira Teliana Pereira está nas quartas-de-final do ITF de Braunschweig, com premiação de U$ 25 mil. Nesta quinta-feira ela derrotou a ucraniana Olga Ianchuk, por 6/3 3/0 e desistência e joga nesta sexta para ir à semi do torneio no saibro, contra a checa Anastasia Zarycka. É o melhor resultado de Teliana desde que ela voltou a competir, em março deste ano.
"Estou tendo uma ótima semana. Mesmo com a desistência da minha adversária hoje, eu estava fazendo um bom jogo, com poucos erros," disse Teliana. "Estou especialmente feliz, porque eu não vinha jogando bem e agora estou sentindo que estou no caminho certo. Quero continuar nesta direçao amanhã."
Depois do torneio na Alemanha, a tenista volta ao Brasil para comentar os jogos do US Open, na ESPN e retorna à Europa na sequência para mais uma série de torneios da categoria Challenger.
 
SOBRE TELIANA PEREIRA - Natural do município de Águas Belas, no sertão pernambucano, Teliana, nascida em 20/07/1988, migrou para o Paraná ainda criança. Iniciou a carreira profissional em 2005, depois de ótimas atuações como juvenil, e em 2007 deu um pulo na carreira, conquistando a medalha de Bronze no Pan do Rio, ao lado de Joana Cortez, nas duplas.
 Em 2013, se tornou a primeira brasileira a alcançar a semifinal de um WTA - em Bogotá -  desde 1989. Ainda naquele ano, se tornou a primeira tenista do Brasil a chegar no top 100 da WTA, desde 1990.
Dentro do top 100, em 2014, Teliana conseguiu disputar, pela primeira vez na carreira, todos os Grand Slams na chave principal, chegou a ganhar uma rodada em Roland Garros.
Agora em 2015 quebrou um jejum de 27 anos do Brasil ao conquistar o primeiro título da carreira no WTA de Bogotá, em abril. Em agosto conquistou o segundo trofeu de WTA, em Florianópolis e entrou para o top 50  - 43a. -pela primeira vez, se tornando a 3a. tenista mais bem classificada da história no Brasil, atrás apenas de Maria Esther Bueno e Niege Dias. Atualmente é a 714a. colocada no ranking mundial.
Teliana conta com os patrocínios da Elemídia, Asics, Talento Olímpico Paraná 2020 e tem a sua carreira gerenciada pela LinkinFirm, do ex-tenista profissional Marcio Torres.

 

 

Teliana vence a 1a. na chave principal em Braunschweig
Brasileira venceu o 3o. jogo seguido na Alemanha

 

A tenista brasileira Teliana Pereira estreou com vitória na chave principal do ITF de U$ 25 mil em Braunschweig, na Alemanha. Teliana derrotou a convidada alemã, Shaline Doreen Pipa, por 2 sets a 0, parciais de 6/2 6/3 depois de ter vencido outros dois jogos no qualifying da competição no saibro.
"Estou bem feliz com essas três vitórias. Especialmente hoje fiz um bom jogo, me mantendo sólida e agressiva e conseguindo colocar em prática o que eu não estava conseguindo, que era transferir do treino para o jogo," analisou a brasileira que não jogará nesta quarta e terá tempo para treinar e se preparar para o desafio das oitavas-de-final. Ela enfrenta a vencedora do confronto entre Diana Marcinkevica, da Letônia e Olga Ianchuk da Ucrânia.
 
SOBRE TELIANA PEREIRA - Natural do município de Águas Belas, no sertão pernambucano, Teliana, nascida em 20/07/1988, migrou para o Paraná ainda criança. Iniciou a carreira profissional em 2005, depois de ótimas atuações como juvenil, e em 2007 deu um pulo na carreira, conquistando a medalha de Bronze no Pan do Rio, ao lado de Joana Cortez, nas duplas.
 Em 2013, se tornou a primeira brasileira a alcançar a semifinal de um WTA - em Bogotá -  desde 1989. Ainda naquele ano, se tornou a primeira tenista do Brasil a chegar no top 100 da WTA, desde 1990.
Dentro do top 100, em 2014, Teliana conseguiu disputar, pela primeira vez na carreira, todos os Grand Slams na chave principal, chegou a ganhar uma rodada em Roland Garros.
Agora em 2015 quebrou um jejum de 27 anos do Brasil ao conquistar o primeiro título da carreira no WTA de Bogotá, em abril. Em agosto conquistou o segundo trofeu de WTA, em Florianópolis e entrou para o top 50  - 43a. -pela primeira vez, se tornando a 3a. tenista mais bem classificada da história no Brasil, atrás apenas de Maria Esther Bueno e Niege Dias. Atualmente é a 714a. colocada no ranking mundial.
Teliana conta com os patrocínios da Elemídia, Asics, Talento Olímpico Paraná 2020 e tem a sua carreira gerenciada pela LinkinFirm, do ex-tenista profissional Marcio Torres.

 

 

Teliana passa o qualifying na Alemanha e estreia na chave nesta 3a. feira
Ela enfrenta convidada alemã

 

A tenista brasileira Teliana Pereira venceu nesta segunda-feira mais um jogo no qualifying do ITF de U$ 25 mil em Braunschweig, na Alemanha e avançou à chave principal da competição. Depois de derrotar a americana Elizabeth Halbauer, por 6/0 6/3 ela enfrenta a convidada alemã Shaline Doreen Pipa, nesta 3a. feira, na primeira rodada da chave principal. Antes no sábado, ela já havia derrotado Julia Wachaczyk, por 7/5 2/6 6/2.
"Estou precisando muito fazer o máximo de jogos possível, então cada vitória aqui é importante. Estou treinando bem e está sendo ótimo poder treinar com o meu irmão aqui, mas nem sempre estou conseguindo transferir o treinamento para o momento do jogo. Ainda preciso de ritmo de jogo e confiança," afirmou Teliana.
 
SOBRE TELIANA PEREIRA - Natural do município de Águas Belas, no sertão pernambucano, Teliana, nascida em 20/07/1988, migrou para o Paraná ainda criança. Iniciou a carreira profissional em 2005, depois de ótimas atuações como juvenil, e em 2007 deu um pulo na carreira, conquistando a medalha de Bronze no Pan do Rio, ao lado de Joana Cortez, nas duplas.
 Em 2013, se tornou a primeira brasileira a alcançar a semifinal de um WTA - em Bogotá -  desde 1989. Ainda naquele ano, se tornou a primeira tenista do Brasil a chegar no top 100 da WTA, desde 1990.
Dentro do top 100, em 2014, Teliana conseguiu disputar, pela primeira vez na carreira, todos os Grand Slams na chave principal, chegou a ganhar uma rodada em Roland Garros.
Agora em 2015 quebrou um jejum de 27 anos do Brasil ao conquistar o primeiro título da carreira no WTA de Bogotá, em abril. Em agosto conquistou o segundo trofeu de WTA, em Florianópolis e entrou para o top 50  - 43a. -pela primeira vez, se tornando a 3a. tenista mais bem classificada da história no Brasil, atrás apenas de Maria Esther Bueno e Niege Dias. Atualmente é a 714a. colocada no ranking mundial.
Teliana conta com os patrocínios da Elemídia, Asics, Talento Olímpico Paraná 2020 e tem a sua carreira gerenciada pela LinkinFirm, do ex-tenista profissional Marcio Torres.

 

 

Teliana embarca para nova série de torneios na Europa
Brasileira viaja na semana que vem

 

A tenista brasileira Teliana Pereira embarca na semana que vem para disputar uma série de novos torneios na Europa. Depois de um mês no Brasil, treinando em Curitiba, Teliana iniciará a gira com dois torneios na Espanha e depois segue para Alemanha.

Pernambucana radicada em Curitiba, Teliana viajará acompanhada do irmão Renato Pereira. “Estamos bem felizes em poder viajar juntos novamente,” contou. “Estou super empolgada para esta gira, depois dessas semanas muito boas de treinamento intenso em casa.”

Ela disputa, na semana de 06 de agosto o ITF de 25.000 de Las Palmas de Gran Canaria; na sequência outro torneio na mesma cidade e depois compete em Braunschweig, na Alemanha, em outro evento ITF de 25.000.

“Como estou com poucos pontos no ranking (713a), fazer o calendário é um desafio e o planejamento fica um pouco diferente, mais em cima da hora.”
Calendário
06/8 Las Palmas de Gran Canária ( Espanha ) 25 k

13/8 Las Palmas de Gran Canária ( Espanha ) 25k

20/8 Braunschweig ( Alemanha) 25 k
 
SOBRE TELIANA PEREIRA - Natural do município de Águas Belas, no sertão pernambucano, Teliana, nascida em 20/07/1988, migrou para o Paraná ainda criança. Iniciou a carreira profissional em 2005, depois de ótimas atuações como juvenil, e em 2007 deu um pulo na carreira, conquistando a medalha de Bronze no Pan do Rio, ao lado de Joana Cortez, nas duplas.
 Em 2013, se tornou a primeira brasileira a alcançar a semifinal de um WTA - em Bogotá -  desde 1989. Ainda naquele ano, se tornou a primeira tenista do Brasil a chegar no top 100 da WTA, desde 1990.
Dentro do top 100, em 2014, Teliana conseguiu disputar, pela primeira vez na carreira, todos os Grand Slams na chave principal, chegou a ganhar uma rodada em Roland Garros.
Agora em 2015 quebrou um jejum de 27 anos do Brasil ao conquistar o primeiro título da carreira no WTA de Bogotá, em abril. Em agosto conquistou o segundo trofeu de WTA, em Florianópolis e entrou para o top 50  - 43a. -pela primeira vez, se tornando a 3a. tenista mais bem classificada da história no Brasil, atrás apenas de Maria Esther Bueno e Niege Dias. Atualmente é a 713a. colocada no ranking mundial.
Teliana conta com os patrocínios da Elemídia, Asics, Talento Olímpico Paraná 2020 e tem a sua carreira gerenciada pela LinkinFirm, do ex-tenista profissional Marcio Torres.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

Voltar

 

HOME