TENISTAS BRASILEIROS

 

Bruno Soares e Jamie Murray conquistam título do ATP 500 de Washington
Brasileiro venceu u o 28o. trofeu da carreira e o 8o. ao lado de Murray

 

Bruno Soares e Jamie Murray conquistaram neste domingo o título do ATP 500 de Washington. Eles derrotaram o americano Mike Bryan e o francês Edouard Roger Vasselin, de virada, por 3/6 6/3 10-4, para conquistarem o segundo trofeu da temporada e o oitavo juntos. Para Bruno Soares, foi o 28o. título da carreira, em 55 finais disputadas.
"Tudo isso é muito legal. Foi uma baita semana pra gente. Começamos super bem a temporada de quadra rápida e agora com mais um ítulo de atp 500. Foi uma final duríssima. Começamos meio devagar, mas terminamos super bem, em um piso que a gente adora jogar. Tenho muita coisa positiva pra tirar daqui," analisou o brasileiro.
Além da conquista em Washington, Bruno comemorou os números impressionantes da carreira. "Estou muito feliz com com o 28o. título e a final número 55. São números que eu nunca sonhei em alcançar. Estou mto feliz com tudo isso. Agora vamos correr pra Toronto. A gente não para. Vamos tentar manter esse embalo para o Masters 1000."
Este foi o segundo trofeu da temporada para Bruno e Murray, que foram campeões no início do ano em Acapulco. Eles foram vice em Queen's e Doha. A dupla segue agora para o Masters 1000 de Toronto e o de Cincinnatti, antes de chegarem a Nova York, para a disputa do último Grand Slam da temporada, o US Open, onde foram campeões 2 anos atrás. Há dois anos eles também foram campeões de outro Grand Slam, o Australian Open.
A conquista em Washington coloca Bruno novamente no top 10. Ele estava na 14a. posição.
 
SOBRE BRUNO SOARES - Mineiro nascido em 27/02/1982, Bruno Soares é um dos principais nomes da história do Brasil. Ao ganhar o US Open nas duplas mistas, em 2012, se juntou ao seleto grupo de campeões de Grand Slam brasileiros, que inclui apenas Maria Esther Bueno, Gustavo Kuerten, Thomaz Koch e Marcelo Melo. Em 2014 repetiu a façanha conquistando o segundo título em Nova York. 
Em janeiro de 2016, no Australian Open, conseguiu o feito inédito de vencer o 1o. Grand Slam de duplas, com Jamie Murray e de conquistar também o trofeu nas duplas mistas, com Elena Vesnina, se tornando o primeiro brasileiro desde Maria Esther Bueno, em 1960 a vencer dois títulos no mesmo torneio.
Em setembro de 2016, ganhou o segundo Grand Slam de duplas, no US Open, em NY, se tornando a primeira parceria (com Jamie Murray), a vencer dois Slams no mesmo ano, desde os Irmãos Bryan em 2013.
No total, nas duplas Bruno tem 28 títulos de duplas no circuito e 27 vice-campeonatos e chegou ao 2o. posto no ranking mundial de duplas em 2016. É o 14o. atualmente. Encerrou a temporada 2016 como a dupla número um do mundo e a 2017, como a número 3.
O tenista que  tem a sua carreira gerenciada pela LinkinFirm, do ex-tenista profissional Marcio Torres, conta atualmente com os patrocínios da BMG, Angá Asset Management, Aliansce, Asics, Optimum Nutrition, Wilson, Sense Bikes.

 

 

Bruno Soares e Jamie Murray vencem outra e decidem título neste domingo em Washington
Brasileiro joga pelo 28o. trofeu da carreira e disputa a sua 55a. final

 

Bruno Soares e Jamie Murray decidem neste domingo, o título do ATP 500 de Washington. Depois de derrotarem Raven Klaasen e Michael Venus, neste sábado, por 7/5 7/6(2), eles tentam o segundo trofeu da temporada 2018, contra o vencedor do confronto entre Mike Bryan/Edouard Roger Vasselin x o ganhador do jogo entre Dodig/McLachlan e Kudla/Tiafoe. Esta será a 55a. final da carreira de Bruno Soares, que tem 27 títulos e 27 vice-campeonatos.
Campeões no início do ano em Acapulco (500) e vice em Queen's (500) e Doha (250), com Murray, Bruno espera sair de Washington com o trofeu desta vez e aproveitar o embalo que começou na temporada de grama. "A temporada de saibro foi muito difícil pra gente. Depois que terminou o saibro veio muita coisa que a gente gosta de jogar. Jogamos super bem Queen's (vice) e Wimbledon (quartas) e conseguimos voltar já com esse ritmo, em mais uma final de ATP 500. Vamos ver se a gente consegue ganhar agora, ao contrário de Queen's."
Esta também é a segunda vez que Bruno decide o título em Washington, tendo sido vice em 2008, com Kevin Ullyett.
O ATP 500 de Washington é o primeiro que Bruno e Murray disputam na temporada norte-americana, que culmina com o US Open, no fim de agosto. Há dois anos, em Nova York, Bruno e Murray conquistaram o segundo Grand Slam de duplas da carreira, depois de terem sido campeões do Australian Open, no início daquele mesmo 2016. De Washington eles seguem para Toronto e Cincinnati, antes de chegarem ao último Grand Slam do ano.
 
SOBRE BRUNO SOARES - Mineiro nascido em 27/02/1982, Bruno Soares é um dos principais nomes da história do Brasil. Ao ganhar o US Open nas duplas mistas, em 2012, se juntou ao seleto grupo de campeões de Grand Slam brasileiros, que inclui apenas Maria Esther Bueno, Gustavo Kuerten, Thomaz Koch e Marcelo Melo. Em 2014 repetiu a façanha conquistando o segundo título em Nova York. 
Em janeiro de 2016, no Australian Open, conseguiu o feito inédito de vencer o 1o. Grand Slam de duplas, com Jamie Murray e de conquistar também o trofeu nas duplas mistas, com Elena Vesnina, se tornando o primeiro brasileiro desde Maria Esther Bueno, em 1960 a vencer dois títulos no mesmo torneio.
Em setembro de 2016, ganhou o segundo Grand Slam de duplas, no US Open, em NY, se tornando a primeira parceria (com Jamie Murray), a vencer dois Slams no mesmo ano, desde os Irmãos Bryan em 2013.
No total, nas duplas Bruno tem 27 títulos de duplas no circuito e 27 vice-campeonatos e chegou ao 2o. posto no ranking mundial de duplas em 2016. É o 14o. atualmente. Encerrou a temporada 2016 como a dupla número um do mundo e a 2017, como a número 3.
O tenista que  tem a sua carreira gerenciada pela LinkinFirm, do ex-tenista profissional Marcio Torres, conta atualmente com os patrocínios da BMG, Angá Asset Management, Aliansce, Asics, Optimum Nutrition, Wilson, Sense Bikes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Voltar

 

HOME