TORNEIOS

 

 Matos e Zormann estão confirmados na Copa Correios, em Brasília

Torneio faz parte do Circuito Profissional da CBT e conta com uma premiação de R$ 20 mil

 

Brasília (DF), 15 de agosto de 2018 – Com uma premiação total de R$ 20 mil e transmissão da final pelo Bandsports, a próxima etapa do Circuito Profissional da Confederação Brasileira de Tênis, a Copa Correios, contará com alguns dos principais nomes da nova geração do tênis brasileiro. O gaúcho Rafael Matos, 492º colocado no ranking da ATP, e o paulista Marcelo Zormann, 732º colocado, receberam o wild card da CBT e estão confirmados no torneio, assim como o carioca Christian Oliveira, campeão da última etapa no Espírito Santo.
A Copa Correios será disputada de 23 a 26 de agosto, no Iate Clube De Brasília, no Distrito Federal. 
Rafael Matos foi vice-campeão da chave de duplas juvenil do US Open, em 2014, e é considerado um dos grandes nomes da nova geração. O gaúcho de 22 anos foi campeão do Future de São Paulo, em abril, e está buscando sua afirmação no profissional. 
"Acho muito bom a CBT promover esses torneios para quem está nos últimos anos do juvenil e começando no profissional ter a oportunidade de continuar competindo dentro do país, sem um custo tão alto para viajar para fora. A premiação alta também é boa para quem for bem investir depois para fazer uma gira de torneios fora. E a transmissão do Bandsports também é legal que promove e mostra um pouco do nosso trabalho para todo o Brasil", avaliou Matos.
Marcelo Zormann foi campeão da chave de duplas juvenil de Wimbledon, em 2014, e também é outro destaque da nova geração. O paulista de 22 anos foi vice-campeão do Future de Brasília, em maio, e tem boas lembranças da capital federal. 
"Acho muito legal essa iniciativa da CBT de promover esses torneios de grana por todo o Brasil, principalmente em lugares onde têm menos torneios e o pessoal tem mais dificuldade para viajar. Também é legal o fato de ajudar os tenistas da transição e alguns jogadores mais velhos, que estão buscando a carreira profissional, a terem algum incentivo financeiro para custear as viagens para fora. E a iniciativa de transmitir a final é ótima não só pela visibilidade do tênis, mas também para nós jogadores. A exposição da nossa imagem no Brasil também é boa para os patrocinadores", destacou Zormann.
O Circuito Profissional da CBT foi inaugurado com o Sesc Open, também em Brasília, no início do mês de agosto e teve o brasiliense Gilbert Klier como campeão da primeira etapa, que também distribuiu R$ 20 mil em premiação e teve a final transmitida pelo Bandsports. A segunda etapa, a Copa Espírito Santo, teve como vencedor o carioca Christian Oliveira, que ficou com o vice-campeonato no Sesc Open.
Também estão confirmados o Corpal Open Dourados (R$ 12 mil), em Dourados-MS, o Aberto do Madeira de Tênis 2018 (R$10 mil), em Porto Velho-RO, a Copa Vila Galé Eco Resort de Tênis Profissional (R$ 15 mil), no Cabo de Santo Agostinho-PE, e o Amapá Open (R$10 mil), em Macapá-AP.

 

A Confederação Brasileira de Tênis tem o patrocínio dos Correios e o co-patrocínio da Wilson, Peugeot e Companion SPORTS. Apoio do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e Ministério do Esporte. Siga tudo sobre a CBT em www.cbtenis.com.brwww.facebook.com/cbtoficialwww.twitter.com/cbteniswww.instagram.com/cbtoficial e www.flickr.com/cbtenis.

 



 

HOME